Líderes, Líderes Femininas e Reforma nós temos o que é ...deres, Líderes... · Despesas Globais

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Líderes, Líderes Femininas e Reforma nós temos o que é ...deres, Líderes... · Despesas...

Lderes, Lderes

Femininas e Reforma

ns temos o que

preciso?

Linda McLoughlin LeadershipWorks

Setembro de 2007

CONFIANA NAS INSTITUIES IRLANDESAS

An Garda Siochana - Guardies da Paz da Irlanda

Catholic Church in Ireland - Igreja Catlica na Irlanda

Judicial System - Judicirio

Press, Radio, TV jouranlist in Ireland - Imprensa irlandesa

Politicians in Dail Eireann - Polticos do Parlamento Irlands

Irish Banking Industry Sistema Bancrio Irlands Azul: Confia completamente

Vermelho: Confia relativamente

Despesas Globais em 2005 ( em bilhes de dlares) Educao bsica para todas as pessoas do mundo 6

Cosmticos nos Estados Unidos 8

gua e sistema de saneamento bsico para todas as pessoas do mundo 9

Sorvete na Europa 11

Cuidados na rea de sade reprodutiva para todas as mulheres do mundo 12

Perfumes na Europa e nos Estados Unidos 12

Ateno bsica e nutrio para todas as pessoas no mundo 13

Alimentao de animais domsticos na Europa e nos Estados Unidos 27

Entretenimento empresarial no Japo 45

Cigarro na Europa 60

Bebidas alcolicas na Europa 205

Drogas em todo o mundo 600

Despesas militares em todo o mundo 980

Quanto custaria?

CONCLUSES DA OCDE

A Liderana primordialmente

importante:

em sociedades diversificadas

em sociedades deScentralizadas

em pocas de ampla reforma

Era

Cientfica

Era dos

Relacionamentos

LDERES versus GERENTES

Os lderes tm seu prprio histrico de

mudanas... Eles sabem o que

verdadeiramente adaptvel e podem invocar sua

capacidade de ser slido no cerne e flexvel nas

bordas para gerenci-lo.

Katharine Tyler Scott

CRIAO DE VALOR PBLICO

Os servidores pblicos no so nem clrigos

nem mrtires... Mas, exploradores

comissionados pela sociedade para buscar o

valor pblico. Sua responsabilidade tica

mais importante proceder a essa busca de

forma consciente.

Mark Moore

LITERATURA SOBRE LIDERANA PBLICA

Os lderes devero concentrar-se sobre o

qu?

Em que medida a liderana faz diferena?

Os lderes nascem, mas no se criam?

Qual o melhor estilo a se usar?

As concluses da MRG sobre Gnero

Mais moderados

Estveis

Capazes de trabalhar sob

presso

Abordagem mais tradicional

para a soluo de problemas

Minimizam riscos aprendendo

com o passado

Tidos como:

As concluses da MRG sobre Gnero

Fazem menos esforo para controlar

as emoes

Trabalham com energia e entusiasmo

Expressam o que pensam e sentem

Mais nfase sobre definio de

metas, cumprimento de prazos e

monitoramento do trabalho

Tidas como:

MRG e LEA

Atravessando o teto de vidro

As mulheres que alcanam posies

executivas tendem a ter viso mais geral e

ampla e a assumir mais riscos do que

outras lderes em geral.

A Percepo dos Pares

Uma Grande Diferena

Mulheres eficazes: Aquelas que

buscam e valorizam as vises dos

outros

Homens eficazes: Consultar no

importante

EM RESUMO

Tarefa versus Estratgia

Expressividade versus Moderao

As Percepes dos Chefes

Esteretipos Tradicionais

Homens eficazes

Buscam posies de autoridade

Utilizam estratgias prticas e rpidas

Abordagem forte, adaptvel e competitiva

Mulheres eficazes

Adaptam-se s necessidades dos outros

Demonstram preocupao pelos outros

DIFERENA DE ORIENTAO E DE GNERO

Os orientandos de mentores foram melhor

recompensados financeiramente do que os de

mentoras.

(Dreher e Cox 1996)

Os orientandos homens de mentoras apresentaram o

mais baixo ndice geral de promoo.

(Ragins e Cotton 1995)

ANLISE DA EFICCIA DA LIDERANA

Management Research Group (MRG)

Primeiras 24 melhores posies no diagnstico do Centre for

Creative Leadership (Centro de Liderana Criativa)

Feedback comportamental em 22 escalas

5 grupos:

1. Criar uma viso

2. Desenvolver seguidores

3. Implementar a viso

4. Alcanar resultados

5. Trabalhar em equipe

NOSSA AMOSTRAGEM

530+ gerentes do setor pblico irlands

Servio pblico, rgo, governo local e setores

de sade

Nveis snior a mdio

Histricos administrativo, profissional e tcnico

Pergunta chave n 1

Os lderes pblicos irlandeses so avessos a

risco?

Tradicional 75%

Inovao 40%

Estratgico 50%

Autoridade 70%

Prprio 50%

Pergunta chave n 2

Falta carisma aos lderes pblicos irlandeses?

Entusiasmo 40%

Persuaso 40%

Moderao55%

Extroverso55%

Cooperao 70%

Pergunta chave n 3

Os lderes pblicos irlandeses trabalham em

equipe?

Consensual 45%

Empatia 60%

Pergunta chave n 4

Os lderes pblicos irlandeses tm expectativas baixas?

Produo 40%

Foco gerencial 40%

Dominante 50%

Controle 70%

Feedback 50%

COMPORTAMENTOS MAIS FREQUENTES

RELATADOS POR SERVIDORES PBLICOS IRLANDESES

Tradicional: Estudar os problemas luz das melhores prticas.

Estruturao: Adoo de abordagens sistemticas e organizadas.

Moderao: Esforar-se para controlar as emoes e manter uma conduta pessoal discreta.

Autoridade: Demonstrar lealdade organizacional e respeito aos superiores.

COMPORTAMENTOS POUCO FREQUENTES

RELATADOS POR SERVIDORES PBLICOS

IRLANDESES

Inovador: Estar disposto a correr riscos e considerar abordagens novas e nunca antes testadas.

Persuasivo: Criar comprometimento ao convencer os outros.

Entusiasmo: Trabalhar com energia, intensidade e expresso emocional.

Alcanar resultados: Adotar uma orientao firme para a conquista de objetivos e definir padres.

No pain, no gain

Sem dor, no h resultado

Parece haver uma tendncia humana

universal de se planejar as aes de forma

a permanecer no controle unilateral; para

maximizar ganhos; para minimizar

perdas; para suprimir sentimentos

negativos e ser o mais racional

possvel.

Argyris