Jornal digital 4717 qui-23072015

  • View
    33

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Jornal digital 4717 qui-23072015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXV EDIO N 4.717 QUINTA-FEIRA, 23 DE JULHO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 18 13 Sol e aumento de nuvens de manh. Pancadas de chuva tarde e noite. Previso para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Segurana Geral Prefeitovistoria obras naSade Mulhersofregrave acidentede moto PMdistribuicestas bsicas aentidades Sombrio SC 449 Boa Ao 4Pgina 11Pgina 13Pgina Secretaria democratiza educao especial So Joo do Sul 3Pgina C M Y CM MY CY CMY K Rodape_Jeronimo_medeiros.pdf 3 13/05/2015 15:12:20
  2. 2. Poltica Jarbas Vieira Correio do Sul Quinta-feira, 23 de julho de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO Nosso objetivo diminuir a incerteza da economia ao anunciar uma meta que ns consideramos alcanvel e segura. Com isso se ajuda a orientar as decises dos agentes econmicos, empresrios, trabalhadores e famlias. Ele disse: Ministro da Fazenda, Joaquim Levy, ao anunciar a reduo da meta fiscal de 2015. Jusa se diz injustiado por deciso do TCE E m entrevista ao progra- ma Correio Notcias, da Rdio 93 FM, o ex-pre- feito de Sombrio, Professor Jusa (PP), manifestou contrariedade pela forma com que o Tribunal de ContasdoEstadoavaliouascontas de seu ltimo ano de governo. Almdenotertidodireitoafazer uma defesa oral no plenrio do Tribunal,porumproblematcnico do TCE que no o intimou para tal, o progressista alega que casos semelhantes ao seu, com dficit em valores percentuais maiores, tiveram aprovao dos conse- lheiros. Os casos em tela so os De aniversrio amanh, 24 de julho, o secretrio de Obras de Sombrio, Carlinhos Gomes (PMDB), ganhou de presente alguns dias de sol, ou pelo menos sem chuva, para dar sequncia a obras em Sombrio, como a fina- lizao da rua Caetano Lumertz. Viemos dar uma olhada nessa obraeagorasaiocomoCarlinhos para dar servio, o presente o tempobomqueelerecebeudeSo Pedro,demim,vemtrabalhopara que a gente melhore as estradas e ruas dos Bairros e do interior e d continuidade nestas do Centro que ficaram muito paradas neste chuvoso ms. Mas vale desejar feliz aniversrio a este guri traba- (48) 3522-3777 Metade do dcimo adiantada PrefeitodePassodeTorres,JuarezGodinho(DEM)nodivulgou,mas pagou a metade do 13 salrio dos servidores ainda no ms de junho, re- sultadodoplanejamentofinanceiroexecutadonaAdministrao.Apesar da queda na arrecadao, os prefeitos da regio, em sua maioria, esto conseguindo dar conta do recado, cumprindo com as suas obrigaes. das prefeituras de Florianpolis, onde o ex-prefeito e hoje senador Drio Berger (PMDB) deixou um O sol como presente Amesc PrefeitodeMaracaj,Wagner da Rosa (PMDB), ser o anfitrio de mais uma reunio itinerante da Amesc, em comemorao a MaracajFest, que inicia hoje. O encontro dos prefeitos, progra- mado para as 18 horas, contar com uma palestra sobre licencia- mento ambiental municipal com Guilherme Dallacosta. at que estamos falando de Tribu- nais diferentes, mas no, o mesmo Tribunal que deu parecer pela aprovao das contas de Lages e Florianpolis pede a rejeio das contas de Sombrio, comenta o progressista. Jusa impetrou um agravo de instrumento no TCE paratentarreverterasituao,mas sabequeaschancessodiminutas. Outra ao ser uma explanao aos vereadores do PP a respeito do caso, para que os mesmos tentem convencer os demais a aprovarem suas contas na sesso que ainda no tem data prevista para acontecer. Caso a rejeio seja confirmada, o ex-prefeito deve ingressar na justia comum assim como fez o ex-prefeito de Ararangu, Primo Menegalli, em caso que teve desfecho favorvel, cerca de sete anos depois. dficit de 7,5%; e de Lages, onde o ex-prefeito Renato Oliveira (PP) encerrou 2012 com um dficit or- amentrio ainda maior: 11,77%. Quando encerrei meu mandato tinha certeza que o Tribunal daria parecer pela rejeio das minhas contas, porm, quando vi estes doiscasos,meenchideesperana, j que o dficit deixado na minha gesto era bem menor (2,83%). Estes prefeitos tiveram direito a defesa oral e sensibilizaram os Conselheiros, argumentando que investiram mais em Sade e Edu- cao do que a lei determinava, o mesmo que fizemos aqui. Parece lhadorequetemmeajudadomuito afrente da Secretaria, disse o pre- feito Znio Cardoso (PMDB), que o acompanhou na visita a obra ao lado do engenheiro Ramon Biten- court, e da Secretria de Sade, GislaneCunha(PSD),queestava junto deles, pois antes haviam visitado a reforma da Unidade de Sade Central.
  3. 3. com material didtico dife- renciado para desenvolver a coordenao motora e a viso, alm do aprendizado tcnico. Muitos joguinhos so utilizados para estimu- lar o seu conhecimento, explicaRosilei.Aprofessora completa ao afirmar que precisoentenderoslimites de um aluno especial. A compreenso do seu coti- diano fundamental para que possamos alcanar resultados, define. Aintegraoeoprofissiona- lismo so essenciais para quenasaoconhecimento, avalia Solange. Thuani Santos, de 6 anos, moradora da comu- nidade de Olho Dgua, quetemsndromedeDowe hiperatividade,umexem- plo de que no h mais diferenas no mundo de hoje e o respeito algo que se aprende desde cedo. Ela frequentao1anodaescola Serto do Pirituba. O seu anjo da guarda Rosilei Savi, sua professora exclu- sivaeinclusiva.Nohpre- conceitos nem brincadeiras demaugostocomamenina, que cria sorrisos to incr- veis durante o seu perodo na escola que faz mudar o humor do mais profundo e rancoroso ser. A alegria e a vontade de estudar evidente e comovente em Thuani. Ela uma prin- cesa. O progresso lento, mas verdadeiro. Trabalho mais de sete mil habitan- tes trata suas crianas, adolescentes e adultos com qualquer tipo de especiali- dadecomextremaateno. RepresentantesdaSecreta- ria de Educao propem uma srie de atividades especficas e servios to ou mais avanados quanto os de uma instituio de ensino particular. So sete professoresespecficospara atender cerca de 20 alunos espalhados em vrias esco- las e creches da rede.At o fim do semestre, mais trs educadoresforamcontrata- dos em carter temporrio. O grupo atende uma srie de especialidades, entre deficincias auditivas, vi- suais, fsicas, mentais, hi- peratividade e sndromes. Os portadores dessas ne- cessidades tm o direito de frequentaroensinoregular. No privamos ningum e todos so recebidos de braos e coraes abertos. Realizamos um trabalho especial e focado. Em mui- tos casos h um professor paraumalunodestegrupo. Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 23 de julho de 2015 Da redao um trabalho feito com amor Educao Especial > SO JOO DO SUL Oavano da apren- dizagem pode ser considerado algo trivial paraamaioriadosalunose seuspaisnoensinoregular, mas,quandoumaquesto compreendidaporumestu- dante especial aps meses incessantes de trabalho do professor, este aluno com algum tipo de sndrome ou dificuldadefsicaoumental, transforma o processo do ano letivo em comemora- o. Todo pequeno avano to bem vindo quanto um prmio da loteria. Quando percebo que uma criana ou adolescente consegue dobrar uma folha de papel, algo que no conseguia, re- sume o esforo de uma am- pla equipe envolvida, su- blinha Solange Sala Broca, diretoradoNcleodeApoio Pedaggico(Nape)eReforo Escolar da Secretaria de Educao da prefeitura de So Joo do Sul. O municpio de pouco Citao de Solange Sala Broca, diretora do Ncleo de Apoio Pedaggico e Reforo Escolar, sobre alunos com necessidades especficas Apoio na escola Thuani com a professora que acompanha bem de perto seu desenvolvimento > JACINTO MACHADO Imagine um concurso em que o candidato no precisasematarestudan- do para passar, e que a prova de lamber os bei- os.Poiseleexiste,eacon- tecenestaquinta-feira,em Jacinto Machado. At hoje ainda pos- svel se inscrever para participar do 1 Concurso Descobrindo os Sabores da Banarroz, que vai pre- miar as melhores receitas tendo como base o arroz ou a banana. Cada pes- soa pode se inscrever nas duas categorias, j que o objetivo divulgar e pro- mover os produtos feitos comasprincipaisculturas produzidasnomunicpioe proporcionar s geraes atuais, conhecer e experi- mentar os pratos tradicio- nais elaborados com estes alimentos. A inscrio pode ser feita na Secretaria de In- dstria,ComrcioeTurismo ou na Casa do Agricultor (Epagri).Almdeapresentar a receita, o mestre-cuca es- creve um pequeno histrico sobre ela, contando, por exemplo,seumareceitade famlia ou uma criao sua. Amanh,diaemqueJa- cinto Machado completa 57 anos de emancipao, s 19 horas, os candidatos levam ospratosprontosparaserem provados por cinco jurados, que tero a rdua misso de degustar todas as delcias e escolher as trs melhores de cada categoria. O resultado ser anunciado na hora. O concurso foi promovido pela Comisso Organizadora da 5Banarroz,queacontecede 6a9deagostonomunicpio. Na sexta-feira, a co- memorao pelo anivers- rio continua com a quarta edio da Feira na Praa Saberes e Sabores, das 8 s 17 horas, na Praa Capito Jorge Tramontin. A realizao do Go- verno do Municpio, atravs Concurso premia receitas com arroz e banana da Secretaria Municipal de Indstria, Comrcio e Turismo, em parceria com aEpagri,FeiradaAgricul- tura Familiar, Secretaria Municipal de Agricultura e Irrigao,Art&Jam. Segundo os organiza- dores, a feira vai contar com algumas novidades que eles preferem no adiantar para aguar a curiosidade do pblico. Esperamos a todos para saborear as delcias da agricultura familiar e um delicioso ch.Apreciar um belo artesanato, tirar suas dvidas com as Pastorais da Sade, da Criana, Se- cretaria da Sade e ouvir uma boa msica com a ART&JAM - Talentos da terra, frisa o diretor inte- rino deTurismo,Angerson Zanatta. Durante a feira have- r troca-troca de objetos diversos. Cada um pode levar algo que no utili- ze mais, para trocar por outro. Adrieli Brognoli Da- gostin,28,frequentaasala de reforo pedaggico da Secretaria de Educao. Ela tem baixa viso, mas a sua deficincia no a impediu de se formar no ensino mdio, participar de uma srie de oficinas e receber condecoraes como uma das estudantes mais aplicadas de So Joo do Sul e regio. J participou de seminrios e congressos em Joinville e

Recommended

View more >