Click here to load reader

JORNAL DF NEWS

  • View
    222

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

JORNAL DE BRASILIA E ENTORNO

Text of JORNAL DF NEWS

  • DF e Entorno, 05/08 a 05/09/2015 - Fone: (61) 8238-7565 / Ano II - Edio N. 20

    PRB COMEMORA 10 ANOS

    Prefeitura de guas Lin-das entrega certi cados a 140 alunos do Pronatec

    >> GOIS Pg 04Dilma Rousseff sanciona o projeto de lei complementar que libera os recursos dos de-psitos judiciais aos estados e ao DF.

    >> POLTICA Pg 05

    A (Aneel) aprovou a abertura de audincia pblica sobre a pro-posta de um desconto de 18% na bandeira tarifria vermelha.

    >> ECONMIA Pg 04

    A Cmara dos Deputados realizou uma sesso solene para comemorar os 10 anos de fundao do Partido Republicano Brasileiro (PRB). O evento reuniu lideranas polticas, militantes, e o Jornalista Vicente Barreto estava presente.

    DF e Entorno, 05/08 a 05/09/2015 - Fone: (61) 8238-7565 / Ano II - Edio N. 20

    Pg 02

  • Diretora GeralVicente Barreto Bandeira

    RedaoFlvio Rabelo Chaves

    JornalistaClaudi Lopes - DRT 1020/PA

    FotgrafoCarlos Eduardo

    AdvogadosClaudmery Pinheiro Silva/Hlio Jr

    Diagramao Claudiane Pinheiro

    Web Desingner Claudiomar Pinheiro

    JORNAL DF NEWS LTDA CNPJ: 01.603.844/0001-90

    Telefone (61) 4103-4042 (61) 8238-7565

    C 05 Lote 09 Sala 205 - Taguatinga Centro Brasilia- DF . Cep: 72010-050

    E-mail: [email protected] www.facebook.com/vicentesousa.barreto

    www.issuu.com/estacaonews www.facebook.com/vicentesousa.barreto

    CIDADES DE DISTRIBUIO:

    BrasliaPlano Piloto Gama Taguatinga Brazlndia Sobradinho Planaltina Parano Ncleo Bandeirante Ceilndia Guar Cruzeiro Samambaia Santa Maria So Sebastio Recanto das Emas Lago Sul Riacho Fundo Lago Norte Candangolndia guas Claras Riacho Fundo II Sudoeste/Octogonal Varjo Park Way SCIA Sobradinho II Jardim Botnico Itapo SIA Vicente Pires Fercal Asa Sul Asa Norte Granja do Torto Noroeste SIG SMU Vila Planalto Vila Telebraslia Cidade Estrutural SobradinhoTaquariParanoPlanaltina DF e GO.GoisGoinia Aparecida de Goinia Anpolis Rio Verde Luzinia guas Lindas de Gois Valparaso de Gois Trindade FormosaNovo Gama Itumbiara Jata Catalo Senador Canedo Planaltina Caldas Novas Goiansia Santo Antnio do Descoberto Cidade Ocidental Mineiros

    EDITORIAL

    Tirando o governo atual, qual-quer pessoa com um mnimo de conhecimento de economia e nanas, v tranquilamente os sinais da crise por todos os lados. No precisa nem ler revistas e relatrios de consul-torias especializadas, basta fazer suas compras mensais em qualquer supermercado, concorda? O artigo O Fim do Brasil, pu-blicado pela consultoria Em-piricus, provocou um grande alvoroo no mercado, mas na verdade ele simplesmente lis-tou as anlises e concluses que j vinham sendo comen-tadas em diversos ambientes empresariais. A crise econmica de 2015 pro-vocar inevitavelmente um forte ajuste na cotao do Dlar e ou-tras moedas fortes como o Euro, queira o futuro governo ou no. No caso da inteligncia prevalecer, esse reajuste se dar de forma o -cial. A continuar a poltica de se ta-par o sol com a peneira, que temos visto nos ltimos anos, o reajuste se dar atravs do cmbio negro.

    02 05/08 a 05/09/2015

    (61) 8238-7565

    >Cmara dos DeputadosEm sesso solene, PRB comemora seus 10 anosA Cmara dos Deputados re-alizou uma sesso solene para comemorar os 10 anos de fundao do Partido Republi-cano Brasileiro (PRB). O even-to reuniu lideranas polticas, militantes, personalidades e autoridades de todo o pas em uma grande festa no Plenrio da Casa. O evento foi iniciado com a exibio de vdeo insti-tucional no qual os lderes do partido falaram sobre os mo-mentos marcantes da histria da legenda, desde a colheita de assinaturas para sua cria-o.A solenidade foi conduzida pelo secretrio de comunicao da Cmara dos Deputados, CleberVerde, que empronunciamen-to, a rmou que a trajetria do PRB ao longo desses 10 anos traz consigo muitas experin-cias. preciso olhar para a nossa histria para que possa-mos aprender com o passado. A partir da, ser possvel cons-truir um presente com aes concretas que nos levem a um futuro melhor. Um exemplo de homem pblico, que nos mostrou um jeito simples e ho-nesto de fazer poltica foi Jos Alencar, nosso eterno presi-

    Os motivos para a crise econmica de 2015

    JORNALISTAVicente Barreto Bandeira

    dente de honra, que mesmo no auge de sua doena, falava no tenho medo da morte, mas sim da desonra, disse o deputado. A fora do PRB ao longo des-ses 10 anos foi destacada pelo lder da sigla na Cmara, de-putado federal Celso Russo-manno. Ele elencou o tama-nho da bancada republicana e as conquistas obtidas pela le-genda nesse curto perodo de existncia, deixando para trs partidos j consolidados no ce-nrio poltico nacional.O crescimento do PRB se d pela dedicao do presidente Marcos Pereira, que no me-diu esforos para alavancar a sigla em todo o pas. O PRB um navio com um bom capi-to. Sem o empenho dos mi-litantes e liados tambm no seramos o que somos e nem estaramos na posio que MARYANNA OLIVEIRA / C-MARA DOS DEPUTADOS ocu-pamos. No vamos parar por a, vamos fazer muito mais e mostrar ao povo brasileiro que o PRB um partido decente, com um esprito democrtico e que luta para fazer do Brasil um pas melhor, disse.

    FORA NACIONALO presidente nacional do PRB, o advogado Marcos Pereira, destacou que os nmeros do PRB fazem da legenda, um partido de fora nacional. So-mos 21 deputados federais, 32 estaduais, vrios secretrios estaduais, 79 prefeitos e 1204 vereadores. Ocupamos posi-es de destaque no Brasil,

    como o Ministrio do Esporte. Em 2016, vamos disputar nos-sa terceira eleio municipal, e vamos crescer ainda mais, a rmou.

    21 deputados federais fa-zem parte da bancada do

    partido na Cmara

    O presidente nacional do PRB, Marcos Pereira, participou da solenidade.

  • 0305/08 a 05/09/2015

    Age s de ne as desocupaesHoje, a Agncia de Fisca-lizao do Distrito Fede-ral (Age s) de ne o Plano de Desobstruo da Orla do Lago Parano, que, como publicado na tera-feira pelo J ornal de Braslia, comea na prxima semana.De acordo com a matria, a autarquia ainda no havia es-peci cado o dia de incio do processo de desocupao da orla.Ela informou apenas que a retirada de construes e

    instalaes erguidas na rea de Preservao Permanente (APP) do Lago Parano, em uma faixa de 30 metros a par-tir da margem, comearia pela QL 12 do Lago Sul, onde est localizada a Pennsula dos Mi-nistros, e pela QL 2 do Lago Norte. Segundo a Age s, o plano ser realizado em trs etapas. A primeira abrange as reas que so, quase que totalmente, ocupadas pelos brasilienses. Para isso, a autarquia ter 120

    dias para liberar a margem.Em seguida, ser a vez das reas parcialmente ocupadas e, por m, o restante da orla, ou seja, os locais com o menor acesso dos visitantes. Na se-gunda etapa, a Age s ter 240 dias para nalizar toda a ao e, na terceira, 480. Moradores se mantm divididos sobre a questo, mas a Age s atuar para liberar a rea ao pblico.

    Fonte: jornaldebrasilia/Apoio: JDN

    Desemprego em disparadaA taxa de desemprego deu umsalto em julho, chegando a pa-tamares acima dos previstos por analistas.O ndice cou em 7,5% nas seis principais regies metro-politanas do Pas, o maior nvel para o ms desde 2009, se-gundo informou ontem o Ins-tituto Brasileiro de Geogra a eEstatstica (IBGE).Em julho de 2014, a desocupa-o era bem menor, de 4,9%. Nunca houve um avano anual to intenso em toda a Pesqui-saMensal de Emprego (PME), iniciada em 2002. A taxa de desocupao cos-tuma crescer no primeiro tri-mestre, quando trabalhadores temporrios contratados nas festas de m de ano so dis-pensados. Aps maro, a ten-dncia de alta atenua.Chama a ateno a acelera-o da taxa, que no se inter-rompeu depois do primeiro tri-mestre. Continuou crescendo, a rmou Adriana Beringuy, tc-nica da Coordenao de Traba-lho e Rendimento do rgo.

    SURPRESAA rapidez da deteriorao do mercado de trabalho surpre-endeu analistas, que espera-vam uma taxa de desemprego de, no mximo, 7,3% para o

    ndice sobe para 7,5% em julho, ms em que 662 mil pessoas entraram na la por uma vaga.ms. A taxa de julho mostra o desemprego andando mais rpido do que o nosso pior ce-nrio, resumiu o economista Marcel Caparoz, da RC Consul-tores. muito rpido, repetiuele, que projeta uma taxa de 8% no m do ano.Para a economista-chefe da ARX Investimentos, Solange Srour, a crise poltica o novo fator que eleva a velocidade das demisses. H um pro-cesso agudo de elevao das dispensas por parte das em-presas e no h perspectiva de melhora da economia at 2016, dado que muitos es-pecialistas avaliam que o PIB (Produto Interno Bruto) tam-bm cair, embora menos do que 2015, comentou.NECESSIDADEAlm das dispensas, h umaalta intensa na busca por em-prego.Ao todo, nas seis regies pes-quisadas (So Paulo, Rio, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Porto Alegre), 662 mil pessoas entraram na la por uma vaga, alta de 56% em relao a julho de 2014, resultado sem prece-dente na pesquisa.As demisses, por outro lado, somaram 206 mil.O que provavelmente est acontecendo que as pesso-

    as sentem mais necessidade de buscar emprego, explicou Adriana, do IBGE.A queda na renda tem um pesoimportante na deciso de mais e mais pessoas procurarem emprego.Emjulho ante igual ms de 2014, o rendimento mdio dos trabalhadores caiu 2,4% (para R$ 2.170,70), a sexta retrao consecutiva nessa compara-o. Essa necessidade parece bater porta de um nmero cada vez maior de brasileiros. Na l-tima tera- feira, uma feira de

    emprego causou confuso na zona oeste do Rio de Janeiro. Havia oferta de cerca de dois mil postos, mas mais de 20 mil foram entregar seus currculospara vagas de caixa de super-mercado, segurana, auxiliar de escritrio.O resultado foram las enor-mes e um empurra-empurra na abertura dos portes.Os jovens entre 18 e 24 anos esto frente dessa multido. At o ano passado, eles po-diam se dedi