of 54 /54
ELENEILDES SOUZA DO CARMO MARIA GORETTI SERRA PLANEJAMENTO DA ATIVIDADE DE INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA PARA SIGNIFICAR O ENSINO DE HISTÓRIA Rafael Jambeiro 27/03/2012

INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

Embed Size (px)

Text of INTERVENÇÃO PEDAGÓGICA

ELENEILDES SOUZA DO CARMO MARIA GORETTI SERRA

PLANEJAMENTO DA ATIVIDADE DE INTERVENO PEDAGGICA PARA SIGNIFICAR O ENSINO DE HISTRIA

Rafael Jambeiro

27/03/2012

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA UNEB/EAD POLO - DE RAFAEL JAMBEIRO DISCIPLINA HISTRIA DO BRASIL II PROFESSORA FORMADORA: TELMA SOUZA TUTORA A DISTNCIA RITA CRISTINA COELHO TUTORA PRESENCIAL LUDIMILA OLIVEIRA BARROS Discentes Eleneildes Souza do Carmo G 19. Maria Goretti Carmo SerraPLANEJAMENTO DA ATIVIDADE DE INTERVENO PEDAGGICA PARA SIGNIFICAR O ENSINO DE HISTRIATrabalho exigido pela disciplina Oficina de Ensino de Histria II pela Universidade do Estado da Bahia, como avaliao parcial, sobre a orientao do professora formadora: Luciana Martins.

Rafael Jambeiro

27/03/2012

PLANEJAMENTO DA ATIVIDADE DE INTERVENO PEDAGGICA PARA SIGNIFICAR O ENSINO DE HISTRIA UNIDADE DE ENSINO: Escola municipal Ana Lcia Magalhes ENSINO: Mdio SRIE: 1 ano N DE ALUNOS DO ENSINO BSICO ENGAJADOS NA PESQUISA: 35 a 40

TEMA A SER TRABALHADO: A HISTRIA DO MUNICPIO DE RAFAEL JAMBEIRO

OBJETIVO GERAL: Resgatar a histria local, bem como a relao passado e presente, constituindo ento possibilidade tericas metodolgicas capazes de desenvolver no educando as habilidades de iniciao pesquisa, compreenso e transmisso do conhecimento sobre determinadas realidades mais prximas.

OBJETIVOS ESPECFICOS: Explorar a histria local Conhecer os aspectos mais comuns relacionando passado e presente, com o intuito de introduzir no educando o desejo de tornar-se um cidado ativo modificador da realidade desta comunidade. Constituir no educando a ideia de que a histria feita de pessoas comuns e que todos fazem parte integrante dela.

COMPETNCIAS QUE PRETENDEMOS ALCANAR:

Baseando-se nos novos conceitos de ensino aprendizagem vigentes que destacou a aprendizagem significativa, como uma das mais eficazes formas de engajar os educando na construo do conhecimento dentro do espao escolar, busca-se desenvolver no discente o desejo de conhecer, modificar e construir a historia local a partir de suas habilidades afim de enriquecer sua cultura e preserva-la. Bem como, contribuir, para a melhoria da qualidade do ensino fundamental II.

HABILIDADES:

Despertar o interesse de valorizao da cultura e historia local no educando.

PROCEDIMENTOS METODOLGICOS DETALHAMENTO DA PROPOSTA DE INTERVENO PEDAGGICA COM SUAS ETAPAS:

1 ETAPA: Slide de apresentao da historia local com dados informativos. 2 ETAPA: Discusso do tema e diviso de grupos de pesquisas. 3 ETAPA: Pesquisa de campo orientada em monumentos histricos e atravs de personagens da comunidade. 4 ETAPA: Aula interativa sobre os dados levantados na pesquisa de campo. 5 ETAPA: Apresentao da histria local contada atravs de fantoches.

AVALIAO DA APRENDIZAGEM

A avaliao se dar de forma continua, verificando os resultados do processo de ensino-aprendizagem, observando diariamente o engajamento do educando nas atividades propostas e sua evoluo no decorrer do projeto. (Pesquisa de campo orientada, participao na historia contada, Interatividade).

RECURSO: Slide Documentos e registros histricos. Fantoches. Monumentos histricos. Material impresso Fantoches.

CONCLUSO De acordo com as pesquisas aplicadas acerca do tema Histria local insta destacar que sempre valioso e engrandecedor qualquer estudo voltado para a disciplina de Histria, especialmente a histria local. Entretanto, neste contexto notrio a falta de investimentos pedaggicos no sentido de inserir, com mais nfase, no currculo escolar a histria do municpio de Rafael Jambeiro. Ao aplicar o projeto percebemos o interesse do prprio educando em buscar as informaes sobre sua cultura, formao social e poltica bem como o empenho em interpretar os personagens que representam a sua histria. Percebemos ao longo do projeto a valorizao espontnea das descobertas acerca do tema. Dessa forma, se tornou um projeto de valioso teor pedaggico tanto para o educando quanto para ns uma vez que superou nossas expectativas.

REFERNCIAS Santana, Eddy. Rafael jambeiro: sua historia e seu povo/Eddy Santana Salvador: empresa grfica da Bahia, 2009. MUNICIPAL, Biblioteca. DIRETOR, Plano.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Valorizar a importncia de estudar a historia local enfatizando as profundas relaes polticas, social e cultural que guardamos ao longo da historia. OBJETIVOS ESPECFICOS Estabelecer relaes entre passado e presente, discutindo mudanas e permanncia nas relaes sociais. Fazer uma ponte entre o contedo e sua vida cotidiana por meio de estudos da historia local. CONTEDO Rafael Jambeiro: sua histria, costumes e organizao poltica e social. METODOLOGIA Aula explicativa com exposio de slide com dados informativos sobre a histria local. RECURSOS DIDTICOS Slide, pen-drive, data-show, quadro de giz. AVALIAO A partir da interatividade em sala de aula, avaliar no aluno a sua intimidade com o tema.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL

Orientar o aluno a explorar as fontes histricas da melhor forma possvel no sentido de colher informaes sobre personagens histricos que contriburam ou contribuem para a construo da nossa histria.OBJETIVOS ESPECFICOS Realizar uma pesquisa orientada com personagens que ajudam a construir a histria local. CONTEDO Pesquisa sobre personagens histricos de Rafael Jambeiro. METODOLOGIA

Pesquisa de Campo Orientada.RECURSOS DIDTICOS Fontes histricas (pessoas e livros), caneta, papel, mquinas fotogrficas. AVALIAO A partir da interatividade em grupo, avaliar no aluno o seu interesse em pesquisar o tema e a sua percepo sobre o assunto.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Incentivar o aluno na busca de informaes sobre monumentos histricos que refletem na construo da nossa histria local. OBJETIVOS ESPECFICOS Realizar uma pesquisa orientada em monumentos histricos que refletem informaes sobre a histria local.

CONTEDOPesquisa sobre monumentos histricos de Rafael Jambeiro. METODOLOGIA Pesquisa de Campo Orientada. RECURSOS DIDTICOS Fontes histricas (monumentos, pessoas e livros), caneta, papel, mquinas fotogrficas. AVALIAO Avaliar no aluno o seu interesse em pesquisar o tema e a sua percepo sobre o assunto a partir da interatividade em grupo.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Valorizar a importncia de estudar a historia local enfatizando as profundas relaes polticas, social e cultural que guardamos ao longo da historia. OBJETIVOS ESPECFICOS Estabelecer relaes entre passado e presente, discutindo mudanas e permanncia nas relaes sociais. CONTEDO

Construo da histria local em fantoches.METODOLOGIA Aula interativa com a construo das falas dos personagens, possibilitando a interdisciplinaridade com outras disciplinas. RECURSOS DIDTICOS Papel, caneta, mquina fotogrfica, computador e material impresso. AVALIAO Avaliar a capacidade de transformao da histria em discurso em primeira pessoa, bem como a percepo das caractersticas fsicas e comportamentais dos personagens escolhidos.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Acompanhar o grupo nas realizaes de ensaios da historia dos personagens, observando o desempenho de cada aluno e comparando o nvel de crescimento no decorrer do projeto. OBJETIVOS ESPECFICOS Observar a criatividade, interatividade espontaneidade e a desenvoltura com a interpretao. CONTEDO Ensaio da histria local em fantoches. METODOLOGIA Aula de observao. RECURSOS DIDTICOS Mquina fotogrfica, fantoches. AVALIAO Avaliar a interatividade e espontaneidade.

PLANO DE AULAOBJETIVO GERAL Socializar dados colhidos na pesquisa de campo. OBJETIVOS ESPECFICOS Exposio e discusso sobre personagens histricos que ajudaram a construir a historia local. CONTEDO Exposio de dados colhidos na pesquisa de campo. METODOLOGIA Aula expositiva e interativa. RECURSOS DIDTICOS Slide, fotografia, linguagem oral e escrita, livro. AVALIAO Avaliar a capacidade de absoro do conhecimento histrico e sua importncia na formao da sociedade Jambeirense.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Socializar dados colhidos na pesquisa de campo. OBJETIVOS ESPECFICOS Exposio e discusso sobre personagens histricos e monumentos histricos. CONTEDO Exposio de dados colhidos na pesquisa de campo. METODOLOGIA Aula expositiva e interativa. RECURSOS DIDTICOS Mural, fotografia, linguagem oral e escrita, livro e bandeira. AVALIAO Avaliar a capacidade de absoro do conhecimento histrico e sua importncia na formao da sociedade Jambeirense.

PLANO DE AULA OBJETIVO GERAL Transmisso dos dados colhidos da pesquisa de campo de forma ldica. OBJETIVOS ESPECFICOS Transformar dados da histria local utilizando habilidades teatrais. CONTEDO Apresentao da histria local com fantoches. METODOLOGIA Aula interativa. RECURSOS DIDTICOS Linguagem oral e fantoches.

AVALIAOAvaliar as habilidades oral e criativa de cada aluno e sua capacidade de absoro do conhecimento histrico.

RAFAEL JAMBEIROSUA HISTRIA, COSTUMES, ORGANIZAO POLTICA E SOCIAL

DR. RAFAEL JAMBEIRO

PELOS SERVIOS PRESTADOS A ESSE POVO SOFRIDO, A CIDADE DE RAFAEL JAMBEIRO MERECIDAMENTE LEVA O SEU NOME.

A CIDADE DE RAFAEL JAMBEIRO FOI EMANCIPADA EM 09 DE MAIO DE 1985

TEM UMA EXTENSO TERRITORIAL DE

1.234,248 Km

POPULAO DE 22.614 HABITANTES

O MUNICPIO FAZ DIVISO COM ST ESTEVO, IPECAET, IPIR, IA, CASTRO ALVES E ST TEREZINHA

SUA ECONOMIA BASEADA NA CRIAO DE BOVINOS, CAPRINOS, OUVINOS, SUNOS, AVES... ...E NO CULTIVO DE

FEIJO, MILHO, FUMOE MANDIOCA.

MANIFESTAES CULTURAIS

ELEIO DA RAINHA DA VAQUEIJADA

ELEIO DA RAINHA DA MICARETA

DCADA DE 1970

AS MICARETAS

MICARETA DE 1988

LEVADA ELTRICA 2008

BAILE FANTASIA

7 DE SETEMBRO

Dcada de 1980

ACORDA SO JOO

2004

MEMRIA

DR. RAFAEL JOS JAMBEIRO

Mdico e Poltico

MANOEL CONI (Sr. Muliquinho) Delegado e Comerciante

ILZA DOS SANTOSA BARBOSA Tabeli de Notas

ANTONIO ARAJO DOS SANTOS (BRITO)Poltico e Farmacutico

DONA CECLIA Lavradora e aposentada

MARCIANO SERRA Primeiro Prefeito Municipal

JOS COSTA DA TRINDADESegundo Prefeito Municipal

ALCIDES SAMPAIO DE OLIVEIRA

Terceiro Prefeito Municipal

JOELDEVAL DE SOUZA DO CARMO

Prefeito atual

HISTRIAS E ENCANTOS DO NOSSA DO POVO DA TERRA NOSSO

POVO

RAFAEL JAMBEIRO-BA

RAFAEL JAMBEIRO-BA

Julho de 2008

Julho de 2008