Informativo CPQ N° 67

  • View
    220

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo do Comitê Permanente de Qualidade da Associação Brasileira da Indústria de Café - CPQ - ABIC

Text of Informativo CPQ N° 67

  • Edio 067 / Rio de Janeiro, 29 de outubro de 2012

    Programa Cafs Sustentveis do Brasil.

    ABIC introduz Caf Tradicional no PCS.A partir de agora o Programa de Sustentabilidade da ABIC PCS passa a contemplar a categoria Tradicional em seus critrios de elegibilidade.

    Com essa mudana os cafs com nota mnima de 4,5 pontos podem passar a receber o selo do PCS.

    Basta que a empresa possua o Programa de Qualidade do Caf, declare que pelo menos 60% do blend do

    produto a ser certificado de origem sustentvel e apresente comprovao de compra que ateste que a matria prima de origem sustentvel (4C, UTZ, Rainforest, Caccer, BSCA,etc)

    A ABIC acredita que com esta mudana o segmento ser ainda mais estimulado, porque o segmento de cafs sustentveis ainda pequeno no Brasil, pouco mais de 1% do nmero de

    sacas industrializadas.O PCS hoje conta com 16 empresas e 41 marcas.

    Aproveite essa oportunidade para ampliar seu mercado, certificando seu produto Tradicional no PCS!

    Maiores informaes,entre em contato atravs do e-mail aline@abic.com.br ou (21) 2206-6151.

    Melhores da Qualidade PQC

    Durante o Encaf a ABIC ir premiar as empresas que se destacaram na qualidade do caf em 2012, no mbito do PQC - Programa de Qualidade do Cafe.

    So cafs que alcanaram maior nota de avaliao

    da qualidade global nas categorias Tradicional, Superior e Gourmet.

    Estamos preparando uma edio especial do Informativo CPQ para anunciarmos os produtos vencedores.

    Pode-se destacar que nesse ano, vrias marcas obtiveram as mesmas notas de qualidade global, o que traduz melhora da qualidade e maior valor agregado ao produto em diversas empresas.

  • 2Relatrio Internacional de Tendncias do Caf

    Conforme o Relatrio Internacional de Tendncias do Caf publicado pelo Bureau de Inteligncia Competitiva do Caf o aumento do consumo de caf, principalmente no segmento gourmet, surge como uma oportunidade para os cafeicultores brasileiros. As grandes empresas do setor, em decorrncia das novas demandas dos consumidores por produtos diferenciados, necessitam adquirir sua matria prima de fontes sustentveis.

    Os governos dos principais pases produtores de caf continuam a estimular a produo do gro. As aes incluem: auxilio financeiro, disponibilizao de linhas de crdito, renovao do parque cafeeiro e a assistncia tcnica aos produtores. Alm disso, tm-se intensificado as parcerias entre empresas privadas e cafeicultores em diversos pases para aumentar a produo e a qualidade dos gros.

    Cresce o interesse dos pases produtores em agregar valor ao produto. Em diversas localidades so observadas atitudes como o aumento da produo de gros diferenciados, o incentivo s exportaes de gros torrados e modos e atividades estratgicas para promover as marcas de caf de cada pas. O estimulo ao consumo da bebida em pases produtores tambm observado.

    Abaixo, selecionamos algumas aes que descrevem este novo cenrio da indstria / varejo de caf:

    A adaptao s novas tendncias um desafio para as indstrias de caf, onde a crescente demanda e exigncia por qualidade so os principais motivadores. Os investimentos tm vrios destinos como a aquisio de novas plantas produtivas, maquinrio

    e contratao de funcionrios especializados. Tambm crescente o interesse das torrefadoras pela busca de parcerias com outras empresas do setor ou de setores diferentes como, a eletrnica. Essas parcerias possibilitam uma expanso mais rpida de empresas de menor porte, que se beneficiam pelo mercado j conquistado pela outra. J a formao de joint ventures entre torrefadoras e empresas de outros segmentos como a eletrnica tem possibilitado o avano tecnolgico das mesmas como, por exemplo, o desenvolvimento de mquinas de caf em cpsulas. Tambm grande a preocupao das companhias na divulgao de seus produtos. Desta forma, o investimento em marketing substancial nos gastos de uma torrefadora de grande porte.Dentro do contexto de transformao das torrefadoras, o interesse por opes mais saudveis para os consumidores grande. Assim, as companhias buscam, como estratgia de mercado, promover os benefcios que o caf oferece sade humana. Nessa linha, recentemente, diversas empresas passaram a utilizar extrato de caf verde em muitos de seus produtos. O motivo da novidade que, diferentemente do caf torrado e modo, o extrato preserva certos cidos presentes no caf, que auxiliam na perda de peso.

    A Federao dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro lanou o Projeto "Amantes do Caf", com o objetivo de fornecer conhecimento relacionado ao mundo do caf aos consumidores. Com a sofisticao do consumo de caf cresce a curiosidade dos consumidores e a necessidade de fornecer-lhes maiores informaes sobre a bebida, formas de preparo e sobre a sua origem. A proposta

    que o Projeto se expanda para mais cidades na Regio do Cerrado e que no futuro alcance o cenrio nacional.

    A rede de cafeterias americana investe na parceria com a BikeCaffe, franquia britnica de cafeterias que utiliza bicicletas motorizadas como principal formato de comercializao, para expandir seu negcio na Jamaica.

    Marcos Reis Maia, diretor de Pesquisa e Informao da ABIC, afirma que os brasileiros esto consumindo mais xcaras de caf por dia e diversificando o formato de consumo do produto, como caf espresso, cappuccinos e outras combinaes com leite. Estes novos formatos esto aumentando a demanda por caf de alta qualidade, principalmente pela classe mdia emergente, que adquire gosto por gros de qualidade superior que so oferecidos em lojas refinadas por todo o Brasil.

    Conforme dados da ABIC, o consumo de caf no Brasil foi de 20 milhes de sacas, no perodo entre abril de 2011 a abril de 2012, representando um aumento de 3% no consumo nacional quando comparado ao perodo anterior. O pas o maior produtor mundial de caf e segundo maior consumidor, consumindo cerca de 40% do que produz. A indstria nacional espera que o pas ultrapasse em pouco tempo o maior consumidor, os Estados Unidos.

    Fonte: O Bureau de Inteligncia Competitiva do Caf.

  • 3Sindicafe-MG completa 50 anosNo ltimo dia 19 de outubro o Sindicato da Indstria do Caf do Estado de Minas Gerais (Sindicaf) festejou os 50 anos da entidade. Na ocasio, foi inaugurada uma galeria de retratos dos ex-presidentes. Todos eles lutaram continu-amente para melhorar a quali-dade do caf produzido em Minas e aumentar o nmero dos consumidores da bebi-da, lembrou o presidente do Sindicaf Ricardo de Souza Silveira.O secretrio de Estado de Agricultura, Pecuria e Abastecimento, Elmiro Nascimento, que representou o governador Anastsia no evento, adiantou que Belo Horizonte ser a sede da prxima reunio da Organizao Internacional do

    Caf (OIC), em setembro do ano que vem. O secretrio explicou que h um ms foi a Londres disputar a chance de sediar o encontro com Honduras e Vietn. Mas ambos os pases gentilmente retiraram sua candidatura ao saber que Minas Gerais tambm concorreria.

    A Associao Brasileira da Indstria de Caf parabeniza o Sindicato da Indstria de Caf de Minas Gerais, esperando que os prximos 50 anos sejam tambm de brilhante e efetiva atuao.

    Coletas dos Programas ABIC.

    No ms de setembro/2012, a ABIC realizou 169 coletas para os seus programas de certificao: Selo de Pureza, Programa de Qualidade, Cafs Sustentveis e Crculo de Caf de Qualidade.

    Os estados coletados foram: RJ (4), MG (69), ES (2), BA (38), SP(32), GO (15), PR (9),

    Da esquerda para direita: Ricardo de Souza Silveira (Presidente do Sindicafe-MG), Alves do Nascimento (Secretrio de Estado de Agricultura, Pecuria e Abastecimento), Amrico Sato (Presidente ABIC), Lauro Arajo ( Caf 3 Coraes), Vicente Lima ( Caf 3 Coraes), Arlindo Porto Neto (Vice Presidente da CEMIG)

  • 4Abaixo, descrevemos em nmeros a evoluo dos programas de certificao ABIC: Selo de Pureza, Programa de Qualidade, Cafs Sustentveis e Crculo do Caf de Qualidade.

    Programas de Certificao ABIC

    SPA - Selo de Pureza PQC - Programa de Qualidade PQC - Segmentao de Produtos

    PCS - Programa Cafs Sustentveis CCQ - Circulo de Caf de Qualidade ABIC - Departamento QualidadeContato: Aline CamposTelefone: (21) 2206-6151E-mail: aline@abic.com.br Gerenciadora Instituto TotumContato: Patricia GuimaraesTelefone: (11) 3372-9574E-mail: pguimaraes@institutoto-tum.com.br

    Novas certificaes no Programa de Qualidade do Caf - PQC

    Empresa: Indstria e Comrcio Villa Caf Ltda (MG)Marca: Villa Caf Espresso Categoria: Gourmet

    Empresa: MF Indstria Paulista de Caf Ltda Epp (SP)Marca: Made in Brazil Gourmet Categoria: Gourmet

    100% Arbica

    |Dura

    Mdia

  • 5Decises do Comit Permanente de Qualidade.Empresas Associadas com Impurezas

    No houve penalidade entre os associados no ltimo perodo

    Marcas Novas Autoriza-das ao Uso do Selo de Pureza

    Empresa: Icalg - Ind. e Com. de Alimentos Giammarino Ltda. (BA)Marca: Padim

    Empresa: Spezzo Ind. e Com. de Alims Ltda. (RS)Marca: Boa Escolha

    Empresa: FLORAO ALIMENTOS LTDA. (PR)Marca: Da Casa

    Uso Indevido do Selo de Pureza ABIC

    No houve notificaes no perodo

    Uso Indevido do Selo Cafs do Brasil

    No houve notificaes no perodo

    Uso Imitativo do Selo de Pureza ABIC

    No houve notificaes no perodo

    O caf enquadra-se como um produto pr-medido, ou seja, a sua quantidade determinada sem que o consumidor acompanhe o processo de medio.

    Sendo assim, o Instituto de Pesos e Medidas (IPEM), que um rgo delegado do INMETRO, o responsvel pela fiscalizao. Os fiscais desse rgo coletam amostras dos produtos para anlise em seus laboratrios a fim de verificar se a quantidade contida no produto corresponde quela declarada na embalagem.

    Caso o produto apresente quantidade menor que a indicada na embalagem, o rgo encaminha um auto de infrao ao responsvel da empresa para que elabore

    uma defesa