Informativo CPQ N° 64

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Informativo do Comitê Permanente de Qualidade ABIC

Text of Informativo CPQ N° 64

  • Edio 064 / Rio de Janeiro, 25 de julho de 2012

    Continua na prx. pgina

    Comit Permanente de Qualidade se rene em So Paulo e visita laboratrios credenciados

    Sr. Jos Guilherme Lima, membro do CPQ, Dr. Alexandre Lima, advogado da ABIC, Srs. Marco Antnio Campos e Wagner Paiva, membros do CPQ e Sra. Lilian Duarte Tcnica do Senai.

    Sr. Jos Guilherme Lima, observa ao microscpia amostras com impurezas, durante a visitao ao Senai

    Nos ltimos dias 17 e 18, o Comit Permanente de Qualidade, na presena dos membros Jos Guilherme Lima (Caf Campeo Ind. e Com. Ltda.), Wagner Paiva (Bibo Torref. e Moag. de Caf Ltda.) e Marco Antnio Campos (Caf Ita Ltda.), acompanhados do Presidente da ABIC, Sr. Amrico Sato, do Diretor Executivo, Sr. Nathan Herzskowicz e do Advogado Alexandre Lima e sua assistente Aline Marotti, se reuniram em So Paulo para discutir os assuntos referentes aos Programas de Pureza e Qualidade.

    Os integrantes aproveitaram para visitar dois laboratrios credenciados a ABIC: o Grupo de Avaliao de Caf GAC, responsvel pelas anlises de qualidade, e o SENAI, responsvel pelas anlises histolgicas e de pureza. A reunio se mostrou muito produtiva, e os membros muito satisfeitos com as instalaes e os trabalhos realizados pelos laboratrios.

    No primeiro dia, o grupo visitou o GAC e na ocasio a Coordenadora e provadora

    Gabriela Pariz realizou uma pequena demonstrao de como realizada a prova de xcara, com a participao ativa dos membros do Comit de Qualidade. Em sequncia, o grupo se deslocou ao Instituto Totum, que a empresa gerenciadora dos programas ABIC, para uma visita s suas instalaes. Tambm se reuniram com a CNP Servios, que a responsvel pela coleta das amostras dos programas da entidade, onde foram discutidos e avaliadas as metodologias utilizadas.

  • 2Sr. Wagner Paiva, observa ao lado da Tccnica Lilian amostras com impurezas,

    Abaixo, voc poder verificar algumas fotos das anlises do caf torrado e modo com a presena de impurezas / misturas.

    No dia seguinte, o grupo permaneceu em So Paulo e realizou uma visitao ao laboratrio Senai, responsvel pelas anlises histolgicas e de pureza. Durante a visitao, a Tcnica Lilian Duarte fez uma demonstrao das impurezas mais frequentes encontradas no caf torrado e modo, permitindo aos membros visualizarem-as no microscpio. Segundo Sr. Wagner Paiva,

    integrante do Comit Permanente de Qualidade, a visitao aos laboratrios foi engrandecedora e ratificou que no h como ter dvidas na constatao de impurezas respaldando as aplicaes das penalidades sancionadas pelo CPQ. Abaixo, voc poder verificar algumas fotos das anlises do caf torrado e modo com a presena de impurezas / misturas.

  • 3Reunio Regional no Paran surpreende com grande nmero de partici-pantes e parceiros.

    A ABIC realizou sua quinta Reunio Regional de 2012 no dia 11 de julho, em Londrina. Desta vez, a reunio contou com a presena de produtores, tcnicos do IAPAR, EMATER, industriais associados e no associados, Presidente e Diretores da ABIC e do SINDUSCAFE, alm de representantes do SEBRAE NACIONAL e do SEBRAE PARAN e da CAIXA ECONMICA FEDERAL (CAIXA).

    Amrico Sato Presidente da ABIC

    As Reunies Regionais fazem parte das aes e dos Projetos Estratgicos do Planejamento Estratgico 2012 da ABIC e tem por objetivo aproximar associados e entidade, de modo a permitir uma integrao efetiva, a compreenso dos problemas e das demandas regionais, a troca de experincias e a busca de ideias e iniciativas que ajudem as empresas na busca do sucesso e da recuperao da lucratividade nos seus negcios.

    Ewaldo Wachelke - Diretor Executivo Sinduscaf-PR

    A Reunio Regional do Paran foi muito rica em participao e sugestes, mostrando que as empresas esto maduras para enfrentar os desafios do mercado, e que esto unidas em torno da ABIC, por entenderem que esta unio o alimento que vai permitir o setor superar suas dificuldades e ganhar valor para o caf.

    Ao final da reunio o Presidente Amrico destacou alguns pontos importantes abordados na Reunio, entre eles: Unio do setor, Especializao, Diversificao, Produto que atenda o paladar do consumidor. Reforando que preciso valorizar o caf e o negcio.

    Participantes

    Ftima da Costa Lamar SEBRAE Nacional

    A prxima reunio ser realizada em Salvador BA, no dia 16 de agosto. Reservem esta data. fundamental que todos participem, produtores, industriais, associados e no associados, aproveitem a reunio para se informar das oportunidades que esto sendo criadas para conseguir

    recapitalizar-se e recomporem sua condio de operao lucrativa e de investimento em modernizao e inovao.

    A REUNIO REGIONAL ABERTA A TODOS OS SEGMENTOS DO AGRONEGCIO CAF.

    Maiores informaes entre em contato com monica@abic.com.br

  • 4INEXISTNCIA DE RELAO JURDICA ENTRE AS INDSTRIAS DE TORREFAO E MOAGEM DE CAF E OS CONSELHOS REGIONAIS DE QUMICA - CRQ.

    Coletas dos Programas ABIC.

    No ms de junho/2012, a ABIC realizou 175 coletas para os seus programas de certificao: Selo de Pureza, Programa de Qualidade, Cafs Sustentveis e Crculo de Caf de Qualidade.

    A ABIC realizou coleta nos seguintes estados: Os estados coletados foram: RJ (7), MG (61), ES (5), SP(27), GO (10), PE (7), RO (4), PR (44), MS (10)

    Marcas Novas Autorizadas ao Uso do Selo de Pureza

    Empresa: BRANCO PERES COM. ATACADISTA LTDA. (SP)Marca: Cocipa e Virada de Minas

    Entendimento consolidado no Judicirio no sentido de que ante a ausncia de reao qumica dirigida nas atividades de torrefao e moagem de caf, as empresas que a elas se dedicam no esto obrigadas a registro em Conselho Regional de Qumica, nem a contratar qumico para supervision-las.

    Apesar disso, os Conselhos Regionais de Qumica (CRQ) insistem em fiscalizar as instalaes das indstrias aplicando-lhes multas por supostas violaes a leis que no se aplicam a sua atividade. H, ainda, a imposio de cobranas de anuidades, constrangimentos ilegais e reiteradas prticas abusivas.

    A indstria Dicasa Indstria e Comrcio de Alimentos Ltda. com o suporte do Departamento Jurdico da ABIC ajuizou ao em face do Conselho Regional de Qumica da XII Regio no estado de Gois. No caso em comento, foi concedida pelo Juiz da 6 Vara Federal da Seo Judiciria de Gois a Antecipao dos Efeitos da Tutela com fulcro no art. 273 do Cdigo de Processo Civil.

    Isto significa que j no incio do processo foi determinado ao Conselho Regional de Qumica que se abstenha de promover qualquer ato coercitivo em desfavor da empresa,

    tendente cobrana de dbito exigido por meio de fatura ou a obrigao de manter profissional de Qumica em seu quadro de empregados e, via de consequncia, inscrever-se no Conselho de Qumica.

    A deciso ainda no definitiva, mas foi concedida tendo em vista a plausibilidade do direito e a verossimilhana dos fatos alegados. Em breve, a sentena judicial ir consolidar a inexistncia da relao jurdica entre a indstria do ramo de caf e o Conselho de Qumica. Esta mais uma iniciativa da ABIC que visa dar publicidade e proteger o direito das indstrias de torrefao e moagem.

    PARTICIPE DO 20 ENCAF

    Ainda no se inscreveu? Ento no perca tempo:ACESSE o site da ABIC - www.abic.com.br -, clique no banner do evento e FAA j SuA INSCRIO!

  • 5PQC - Programa de Qualidade do Caf - Novas Certificaes

    Empresa: Caf Nmero Um Ltda. (ES)Marca: Caf Extra Forte Alto VcuoCategoria: Tradicional

    Empresa: Caf Nmero Um Ltda. (ES)Marca: Pacaembu SuperiorCategoria: Superior

    Empresa: Caf Nmero Um Ltda. (ES)

    Marca: Pacaembu TradicionalCategoria: Tradicional

    Empresa: Ind. Com E Exp. de Caf Moraes Ltda. (SP)Marca: Moraes Vcuo Puro TradicionalCategoria: Tradicional

    Empresa: Reserva Natural Industria e Comrcio LTDA EPP (SP)Marca: Reserva Natural

    - Stio So Francisco Tradicional Extra-fortCategoria: Tradicional

    Empresa: RG Internacional Comrcio de Roupas, Eletrnicos e Acessrios (RJ)Marca: Erupa Gourmet Torrado e ModoCategoria: Gourmet

    Abaixo, descrevemos em nmeros a evoluo dos programas de certificao ABIC: Selo de Pureza, Programa de Qualidade, Cafs Sustentveis e Crculo do Caf

    de Qualidade.

    Se voc ainda no tem uma dessas certificaes, deseja certificar mais produtos ou possui alguma dvida em

    relao aos programas, entre em contato conosco atravs do e-mail aline@abic.com.br que estaremos prontos para lhe auxiliar.

    Programas de Certificao ABIC

    SPA - Selo de Pureza PQC - Programa de Qualidade PQC - Segmentao de Produtos

    PCS - Programa Cafs Sustentveis CCQ - Circulo de Caf de Qualidade ABIC - Departamento QualidadeContato: Aline CamposTelefone: (21) 2206-6151E-mail: aline@abic.com.br Gerenciadora Instituto TotumContato: Patricia GuimaraesTelefone: (11) 3372-9574E-mail: pguimaraes@institutoto-tum.com.br

  • 6Empresas No Associadas com Impurezas / Misturas.Abaixo, transcrevemos as principais adulteraes com suas respectivas marcas e locais de coleta. Essas marcas estaro destacadas em amarelo na tabela a seguir:

    Merecem destaques as seguintes adulteraes: Marca: Paladar (Porto Firme/ MG) 15,78% Milho + 5,01% Cascas e PausDados da Coleta: Coletado no estabelecimento Pereira em 19/04/2012End.: RUA CONSELHEIRO LAFAIETE 09 - CATAS ALTAS DA NORUEGA / MG

    Marca: Caseiro Mineiro (Coimbra / MG) 11,13% Milho .Dados da Coleta: Coletado no estabelecimento Castro Filho Ltda. em 18/04/2012.End.: R: RUA BATISTA DE OLIVEIRA,42 - JUIZ DE FORA / MG

    Marca: Rural (Ervalia / MG) 8,71% Milho + 2,21% Cascas e PausDados da Coleta: Coletado no estabelecimento Soc. Comercial de Alimentos em 28/04/2012.End.: RUA.ANGELO RIBEIRO MIRANDA ,502 - ESPERA FELIZ / MG

    Receita com Caf

    Pensando neste friozinho, separamos para voc uma receita especial para acompanhar aquele delicioso cafezinho da tarde, um Bolo de Chocolate com Caf, que tal?.