of 28 /28
Equipe: Equipe: Diego Raimundo Diego Raimundo Márcia Rocha Márcia Rocha Monique de Jesus Monique de Jesus São Luís – MA 2010

indutores 2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ARTIGO EM PPT(POWER POINT) SOBRE INDUTORES.

Text of indutores 2

Equipe: Diego Raimundo Mrcia Rocha Monique de Jesus So Lus MA 2010

INDUTORES

LEI DE FARADAYO fenmeno da induo eletromagntica foi descoberto por Michael Faraday no ano de 1831. Os estudos e as experincias por ele realizadas revelaram que a fora eletromotriz induzida, surge sempre quando ocorre variao do fluxo magntico no condutor ou circuito.

Surge ento a Lei de Faraday da induo eletromagntica que escrita da seguinte forma: forma:

TENSO NA BOBINA

LEI DE LENZO fsico russo Heinrich Lenz publicou em 1834, um trabalho que veio complementar a Lei de Faraday. A Lei de Lenz como passou a ficar conhecida,estabeleceu de forma universal o sentido da fem induzida.

Princpio da Conservao de Energia

Esta simulao mostra a induo de correntes eltricas devido a fluxo magntico variveis no tempo. tempo.

Enunciado da Lei de Lenz: Lenz: Uma variao de fluxo gera uma fem induzida num condutor com o qual se concatena, cujo sentido tal que a corrente induzida cria um fluxo que tende a anular a variao do fluxo indutor.

Consequentemente, o fenmeno da induo magntica deve ser expresso, matematicamente, pelo sinal (-) na equao de (Faraday. Faraday.

Caso o condutor seja enrolado sob a forma de uma bobina de N espiras, tem-se:

INDUTOR um elemento de circuito de dois terminais que se ope a qualquer alterao na corrente eltrica. composto de um condutor em espiral enrolado em um ncleo de suporte cujo material pode ser magntico ou no-magntico. O indutor mais comum uma bobina feita de fio enrolado.

INDUTNCIAA caracterstica de um circuito eltrico que se ope a mudanas na corrente. A reao (oposio) causada pela criao ou destruio de um campo magntico. Quando a corrente comea a fluir, linhas magnticas de fora so criadas. Essas linhas de fora cortam o condutor induzindo uma fora eletromotriz contrria em direo oposta corrente.

A unidade da indutncia eltrica o henry ( smbolo H),definido como valor da indutncia de uma bobina quando a corrente variando razo de um ampre por segundo produz uma tenso induzida de um volt. volt.

AUTOAUTO-INDUTNCIAAo fechar o interruptor, a corrente produz um fluxo magntico atravs da rea englobada pela espira do circuito. Quando a corrente aumenta em direo a seu valor final, esse fluxo magntico varia com o tempo e induz uma fem na espira.

Pela lei de Lenz, o campo eltrico Lenz, induzido nos fios deve ter direo oposta da corrente provocada pela fem de bateria e essa fem em oposio provoca um aumento gradual na corrente. corrente.

A fem auto-induzida sempre autoproporcional taxa temporal de variao da corrente. corrente.

TIPOS DE INDUTORES

Equivalentes prticos

Smbolos Aparncia Testes Tipos e valores mais comuns

SMBOLOS DE INDUTORES

APARNCIAFixa:

Varivel:

TESTESAs principais falhas nos indutores so: Curtos-circuitos ocorridos enrolamentos das bobinas. entre os

Circuitos abertos devido a fatores como excessos de correntes, sobre-aquecimentos e tempo de uso.

TIPOS

TENSO INDUZIDAA indutncia de um indutor tambm uma medida da taxa de variao de fluxo no seu interior em funo da variao da corrente aplicada, ou seja:

A tenso no indutor sempre tem uma polaridade que se ope a fonte que a gerou, e portanto a notao a seguir ser usada a partir deste ponto: ponto:

Se a corrente no indutor deixar de variar num determinado instante, a tenso induzida entre seus terminais ser zero. No caso de circuitos de corrente contnua, aps os efeitos transientes terem cessado (di/dt = 0), a tenso induzida dada por: di/

TRANSIENTES EM CIRCUITOS RL: FASE DE ARMAZENAMENTO

AGRADECIMENTOAgradecemos a todos aquele que se fizeram presente nesta noite, tornando assim possvel a apresentao deste trabalho.