Click here to load reader

Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia

  • View
    44.186

  • Download
    3

Embed Size (px)

Text of Imperialismo - Neocolonialismo - Partilha da África e da Ásia

  • 1. Evandro Albuquerque de Andrade Imperialismo

2. Conceito Termo empregado para caracterizar a expanso ou tendncia de ampliao poltica e econmica de uma nao. Os meios utilizados para a consecuo desses objetivos so variados, indo das negociaes anexao ou conquista de territrios, da obteno de protetorados concesso de monoplios e controle de mercado. 3. contexto 2 Revoluo Industrial avanos tecnolgicos expressivos que levam as potncias industriais a disputarem mercados consumidores, reas fornecedoras de matria prima, para escoamento de capital e populao excedente. Capitalismo financeiro ou monopolista - o sistema bancrio e as grandes corporaes financeiras tornam-se dominantes e passam a controlar as demais atividades. Crises cclicas de superproduo (Taylorismo) e queda dos preos 2 metade do sculo XIX (ou seja, depois de 1850). 4. Levar o progresso e a civilizao a estes povos inferiores uma espcie de dever moral dos europeus! "Toma o fardo do Homem Branco, as guerras selvagens da paz. Enche o estmago da fome e faz com que cesse a doena. E quando estiver mais prximo nessa busca em favor de outrem, v como a indolncia e a loucura pag arrunam tuas esperanas". (poeta ingls Rudyard Kipling) O fardo do homem branco 5. O que os europeus queriam? Aplicar o capital excedente; Encontrar mo-de-obra barata para suas indstrias; Desenvolver um mercado consumidor para seus produtos; Encontrar uma vlvula de escape para o excedente populacional da Europa; 6. Fatores econmicos Capitalismo Financeiro (monopolista) Fim da livre concorrncia e surgimento de grandes conglomerados industriais Cartis acordo entre grandes empresas para controlar os preos do mercado (oligoplio) - Formados por empresas independentes, que fazem produtos semelhantes e tm acordos para dominar o mercado desses produtos. Por exemplo: fabricas de veculos, empresas de tabacos, de explorao de petrleo, etc. Acordo para Controle do Mercado A D F C B E 7. Fatores econmicos Capitalismo Financeiro (monopolista) trustes empresas que abrem mo de sua independncia permitido e se unem para constituir uma nica organizao. Os trustes podem ser: - nivelado: constitudo por empresas que trabalham com o mesmo ramo de produtos. Por exemplo, empresas de laticnios, Kaiser e Ambev. - Vertical: formado por empresa que cuidam de todo processo de produo: desde a material-prima at o resultado completado. 8. Fatores econmicos Capitalismo Financeiro - (monopolista) Holdings empresas (geralmente bancos) que tomam o controle acionrio de vrias indstrias e empresas, atuando coordenadamente para controlar o mercado. A Controle Acionrio B C D 9. Caractersticas Sculos XV e XVI - Colonialismo Benefcio do Estado Pacto Colonial Busca por metais preciosos e matrias-primas Pequena Imigrao Difuso do Cristianismo como justificativa Sculo XIX - Neocolonialismo Benefcio da alta burguesia Busca de matrias-primas, mercado consumidor e mo-de-obra barata Incentivo imigrao Difuso da Civilizao como justificativa 10. A partilha da frica Conferncia de Berlim: (1884-1885) = diviso que no respeitou, nem a histria, nem as relaes tnicas e mesmo familiares dos povos do Continente. Fronteiras artificiais 90 % do territrio ocupado Proibio de empreendimentos industriais evitar concorrncia Introduo do capitalismo e do cristianismo Fim do modo de vida tradicional das populaes africanas 11. Tipos de Colonizao Inglesa colnia da coroa grande autonomia. - protetorados: reis locais escolhidos indiretamente ou comissrios. Francesa governador geral local com a superviso do Ministrio das Colnias. 12. sia Oriente Mdio disputado pela Inglaterra, Frana e Rssia Enfraquecimento do Imprio Otomano Petrleo e passagem para o extremo Oriente ndia controlada pela Inglaterra Apoio das elites locais Guerra do pio na China Tratado de Nanquim (1842) Hong Kong Diviso da China em esferas de influncia Inglaterra, Frana, Alemanha, Rssia, Estados Unidos e Japo China (1) assustada face aos avanos dos britnicos (2), alemes (3), russos (4), franceses (5) e, inclusivamente, da nova potncia do Oriente, o Japo (6). 13. EUA e Japo EUA Doutrina Monroe (1823) reservava as Amricas para os EUA desejo de controlar os mercados latino- americanos Intervenes no Caribe e Amrica Central Intervenes no Pacfico Filipinas e Japo Japo Era Meiji Abertura dos portos a partir de 1853 Imperialismo secundrio na China, Coria e Formosa

Search related