Hoje Macau 19 JUL 2012 #2655

  • View
    242

  • Download
    25

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição do Hoje Macau de 19 de Julho de 2012 • Ano X • N.º 2655

Text of Hoje Macau 19 JUL 2012 #2655

  • TEMPO AGUACEIROS OCASIONAIS MIN 27 MAX 32 HUMIDADE 55-95% CMBIOS EURO 9.5 BAHT 0.2 YUAN 1.2

    AGNCIA COMERCIAL PICO 28721006

    PUB

    MOP$10 DIRECTOR CARLOS MORAIS JOS QUINTA-FEIRA 19 DE JULHO DE 2012 ANO XI N 2655

    PUB

    Ter para ler

    AT AGORA BASTAVAM DOIS

    Audio a membrosdo Executivo scom cinco deputados

    PGINA 2

    IR DE MACAU AO VIETNAME

    Uma viagemsem hiptesede compra online

    PGINA 5

    APESAR DE ANTENEIROS

    TV Cabo quer novo contrato com Governo

    PGINA 6

    Os e-mails vindos a pblico na investigao norte-americana podiam ser o argumento de um filme. Com o grupo Sands como cenrio, o consultor jurdico Lus Melo a personagem idealista que sucumbe ao realismo de Macau. Heris e finais felizes s mesmo em Hollywood. PGINA 3

    A histria de Lus Melo, o outro advogado da RAEMna reportagem que ataca Leonel Alves

    Melo drama

  • 2 poltica quinta-feira 19.7.2012www.hojemacau.com.mo

    Ceclia Lincecilia.lin@hojemacau.com.mo

    Joana Freitasjoana.freitas@hojemacau.com.mo

    considerado pelos deputados o meio mais importante para monitorizar o Governo, mas agora limita--se a existir apenas pelo nome. A possibilidade de audio contemplada na Resoluo n 4/2000 sobre o Regulamento das Audies vai ser apenas possvel com a apresentao do pedido feita por cinco deputados. Note-se que, habitualmente, os pedi-dos de audio so sempre feitos apenas pela bancada democrata que congrega trs deputados e apoiados por Pereira Coutinho.

    Neste momento, segundo Au Kam San, est a ser estu-dada a hiptese de aumentar o limite para pedir uma audio a membros do Governo de dois para cinco deputados.

    INSATISFEITO com as jus-tificaes do jornal Ou Mun, que reagiu s acusaes da associao Novo Macau ale-gando nunca ter arrendado o 12 piso do prdio construdo no terreno cedido pelo Governo, o deputado Jos Pereira Coutinho interpelou o terreno na passada semana.

    Quer perceber se o Exe-cutivo vai investigar atravs da Direco dos Servios de Finanas (DSF) se o espao onde se encontra o Centro de Estudo do Desenvolvimento

    Resposta da Autoridade da Aviao Civil a Chan Meng KamO presidente da Autoridade de Aviao Civil (AAC), Chan Weng Hong, respondeu interpelao escrita do deputado Chan Meng Kam ontem, explicando a diversificao da captao de turistas e a abertura de rotas. Chan Weng Hong disse que no incio do desenvolvimento do sector da aviao civil, a maioria passageiros vinha de Taiwan. Hoje, o sector de aviao civil tem principalmente os viajantes internacionais: 35% de Taiwan, 29% de Continente e 35% de outras origens no mercado asitico. O trfego de passageiros nos primeiros cinco meses deste ano aumentou 7,5%, em comparao ao perodo homlogo. A aviao civil tambm vai expandir o negcio na provncia de Guangdong. A Air Macau tem a franquia de empresa de aviao at 2020, sem limite de desenvolvimento de rede de rotas. Chan Weng Hong no explicou foi como resolver a dvida da Sociedade do Aeroporto Internacional de Macau. - C.L.

    Aumentado limite de deputados para pedido de audio de membros do Executivo

    Venham mais cincoFong Chi Keong em formato viralNo plenrio da AL desta segunda-feira, os democratas Ng Kuok Cheong, Paul Chan Wai Chi e Au Kam Sam e Jos Pereira Coutinho foram acusados por Fong Chi Keong de no quererem o sucesso da poltica de um pas, dois sistemas. Esto sempre contra a deciso do Governo e do Governo Central, sempre a falar de conluios, mas nunca tm provas para acusar que isso exista entre o Governo e os empresrios. Os indirectos tambm representam o povo, no s os directos.Fong Chi Keong, que com mais esta interveno continua a somar pontos nas redes sociais o vdeo da circulou rapidamente pelo Facebook, pejado de comentrios crticos dos utilizadores -, diz mesmo que estes deputados tm de deixar a histria de 4 de Junho e olhar para o futuro. Florinda, no se preocupe, vou sempre apoi-la e defend-la, grita a dada altura Fong Chi Keong, falando para a secretria para a Administrao e Justia. Au Kam Sam defende que os democratas so os nicos que tm capacidade de pensar de forma individual, no sendo controlados por ningum.

    Coutinho quer ouvir Governo sobre alegado arrendamento feito pelo Ou Mun

    Qual o valor da renda mensal?de Qualidade dos Cidados de Macau est de facto a ser arrendado. E, a comprovar--se, quer saber qual o valor da renda mensal.

    A Novo Macau avanou que o jornal Ou Mun est a receber 120 mil patacas pela cedncia do espao, no ape-nas para pagamento de des-pesas mas de arrendamento. O problema que o terreno cedido pelo Governo ao jornal no permite arrendamentos.

    Por sua vez, o deputado Lee Chong Cheng, presidente

    do referido Centro, garantiu que as regras impostas pela Fundao Macau - que fi-nanciou a instituio em dez milhes de patacas - esto a ser cumpridas.

    O deputado Pereira Couti-nho pretende ainda perceber qual a poltica de apoio na concesso de terrenos aos outros jornais dirios chi-neses, ingleses e portugue-ses. Ou, caso no exista, se este foi um caso de ordem excepcional de concesso especial. - R.M.R.

    discutido na sexta-feira, em sede de comisso.

    Recorde-se, por exem-plo, que o conhecido caso das campas foi alvo de um pedido de audio da parte da bancada democrata, tambm sem sucesso.

    A Associao Novo Macau mostrou-se ontem contra esta alterao, que diz transformar o meio mais importante para fis-calizar o Executivo numa possibilidade sem valor, que existe apenas no nome.

    A associao, da qual faz parte o deputado Au Kam San, assegura que o trabalho de monitorizao um dos trabalhos mais importantes da Assembleia Legislativa (AL), um local onde se pode utilizar ape-nas as interpelaes e o debate como outras formas de fiscalizao.

    Mas, se as formas de in-

    terpelao oral e escrita podem ser apresentadas pe-los deputados, tm apenas respostas redundantes do Executivo. Pelo contrrio, o debate e a audio, espe-cialmente a audio, pode chamar os funcionrios a explicar os casos.

    Contudo, tanto o de-bate, como a audio tm de comear pelo apoio de metade dos deputados da AL, o que providencia a maior parte das vezes que isso seja um impedimento.

    NUNCA APROVADADesde a transferncia de soberania que nenhuma

    audio conseguiu ser aprovada. Ser que a po-ltica de Macau e a trans-parncia que o Governo tanto evoca no deixam qualquer assunto merecer uma audio?, pergunta Au Kam San.

    Houve diversos pedidos para audies, segundo o deputado, que eram do interesse do pblico mas foram rejeitados na AL. Isso mostra que os directos no conseguem reflectir a esperana dos cidados. Agora, com este aumento do limite para que um pedido de audio seja feito por pelo menos

    cinco deputados, significa que nunca vai ser possvel comear uma audio no futuro.

    O texto da proposta de alterao foi recebido pelo deputado Au Kam Sam nesta tera-feira e vai ser

    GON

    ALO

    LOBO

    PIN

    HEIR

    O

    GON

    ALO

    LOBO

    PIN

    HEIR

    O

  • 3polticaquinta-feira 19.7.2012 www.hojemacau.com.mo

    Segundo os e-mails apresentados pela investigao norte--americana, Alves e Melo travaram uma guerra dentro do universo Sands. O primeiro ficou, o segundo saiu

    Joana Freitasjoana.freitas@hojemacau.com.mo

    LUS Melo, ex-con-sultor jurdico da Venetian Macau, um nome que surge com frequncia nos e-mails citados na recente investigao apresentada pelo canal de TV norte--americano PBS, num caso de alegada corrupo da Sands China. Fontes ouvidas pelo Hoje Macau apontam que divergncias entre Melo e Leonel Alves - dois advo-gados do territrio que apa-recem citados na reportagem colocaram o ex-consultor da Venetian como hipottica

    O patro da Las Vegas Sands prepara mais uma possvel investida contra os democratas dos EUA. Desta vez, a luta no se faz via do-aes de dinheiro Sheldon Adelson apoia Romney, do Partido Republicano, nas presidenciais -, mas atravs da ameaa de processar o Comit do Partido Democrata porque os seus membros acusaram--no de ter uma estratgia de prostituio em Macau.

    A acusao foi feita pri-meiro por Steve Jacobs, ex--director executivo da Sands. Disse que Adelson autorizou pessoalmente uma rede de prostituio para os seus clientes nos casinos de Macau.

    Os democratas tero re-forado as acusaes, afir-mando que o magnata estava

    FOI dito num e-mail de Steve Jacobs que o contacto de Leonel Alves em Pequim Ng Lap Seng, empresrio de Macau e membro do territrio na Conferncia Poltica do Povo Chins. O seu nome aparece como sendo o in-termedirio entre Alves e as autoridades chinesas para resolver os diferendos sobre a venda dos apartamentos do Four Seasons. Mas quem o homem que Leonel Alves no confirma, nem desmente como sendo o seu intermedirio?

    Ng Lap Seng um empresrio considerado de sucesso no territrio, estando envolvido em diversas obras do sector imobilirio, como a infra-

    -estrutura do fecho da Baa da Praia Grande e a ponte Flor de Ltus. Membro da Comisso Eleitoral do Che-fe do Executivo, Ng Lap Seng foi tambm accionista e membro do Conselho de Administrao da TDM onde ficou com a posio de Edmund Ho, antes da transferncia de soberania. o dono do Hotel Fortuna e o rosto do Banco da China.

    O empresrio esteve ainda envolvido num es-cndalo das presidenciais norte-americanas de 1996, onde ter apoiado com centenas de milhares de dlares Bill Clinton, como candidato democrata uma curiosidade relativamente a Sheldon Adelson, que investe nos partidos repu-

    blicanos. O dinheiro ter sado do territrio atravs de uma conta do Banco da China, do qual ele faz parte.

    O empresrio nunca foi formalmente acusado, mas uma fotografia ao lado do casal Clinton comprova a cumplicidade entre o empresrio e o antigo pre-sidente dos EUA. Ng Lap Seng est ainda apontado como sendo o intermedirio para resolver o conflito da Sands com um empresrio de T