Click here to load reader

Hemograma e Anemias

  • View
    163

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

SLIDES

Text of Hemograma e Anemias

HEMOGRAMACurso: Biomedicina 7 Bloco Maria das Graas M. S. Leo Patrcia Virna S. Leo

O HEMOGRAMASrie Vermelha Srie Branca Plaquetas

ERITROGRAMA no GV(mm3), Ht(%), Hb(g%) VCM(fl), HCM(pg), CHCM(g/dl), RDW

HEMOGRAMA

LEUCOGRAMA no GB, diferencial

PLAQUETAS

ERITROGRAMAHEMATOSCOPIA ALTERAES MORFOLGICAS Anisocitose Microcitose Macrocitose Poiquilocitose Esferocitose Eliptocitose Acantocitose Hemcias em alvo Hemcias falciformes, drepancitos Hipocromia Policromatofilia

Srie Vermelha

Os glbulos vermelhos so corpsculos vermelhos do sangue. Um milmetro cbico do sangue contm cerca de cinco milhes de corpsculos ou glbulos vermelhos, chamados tambm de eritrcitos ou hemcias.

Uma variao de 4 a 6 milhes considerada normal e uma de 8 milhes pode ser encontrada em indivduos que vivem em regies de grande altitude. Esse nmero pode ser menor que 1 milho em caso de anemia grave. Os glbulos vermelhos contm hemoglobina, a qual responsvel pelo transporte de oxignio para os tecidos.

Alteraes morfolgicas:

a) Quanto a colorao Hipocromia:hemcias menos coradas do que o normal. Observa-se na hematoscopia uma aumento do halo central da hemcia. Hipercromia: a hemoglobina est aumentada; Policromatfila: alta concentrao de hemoglobina;

Policromasia: Presena simultnea de eritrcitos azulados (eritrcitos jovens) com eritrcitos normais. Presente em tratamento com ferro, sangramento, hemlise, hipxia acentuada. Poiquilocitose: Varia o geral das formas das hem cias ue normalmente se apresentam em uma forma circular e com um halo central claro.

b)Quanto ao tamanho

Macrocitose: Hemcias acima de 100 u3 (adulto). Est Associada Deficincia de itamina B12, Quimioterapia, Doena Heptica, Hipotireoidismo e Mieloma Microcitose:Hemcias abaixo de 80 u3 (adulto) Est Associada Deficincia de Ferro, Talassemias e Anemias Sideroblsticas. Anisocitose: diferena no tamanho das hemcias.

c) Quanto a forma

Poiquilocitose: variao na forma;

Eli t it

:

Hemcias elpticas e ovaladas, que ocorrem na ovolacitose hereditria. Podem tambm ser encontradas em anemias carenciais e mais raramente nas talassemias e outras anemias.

Esfer it s: Hemcia pequena de forma esfrica e hipercorada que aparece a esferocitose hereditrias e nas anemias hemolticas auto-imunes.

Dacricitos Hemcias em forma de lgrima. Ocorrem provavelmente por retardo da sada da medula ssea. Presente na metaplasia mielide, na anemia megaloblstica, nas tatassemias e na esplenomegalia. Cod citos: Clulas em forma de alvo. Ocorre um excesso de membrana, fazendo com que a hemoglobina se distribua em um anel perifrico, com uma zona densa central. Encontradas nas talassemias, na hemoglobina C, ictercia obstrutiva e na doena heptica severa.

Esquizcitos:Fragmentos de hemcias de tamanhos diferentes e com formas bizarras. Observados em muitos casos de prteses valvulares e vasculares, microangiopatias, sndrome hemoltica urmica, nos casos de queimaduras graves.

Estomatcitos: Eritrcitos em forma de estmago, presentes na Estomatocitose hereditria, alcoolismo, cirrose heptica, alteraes na bomba de Na e K.

Drepan citos: Hemcias em forma de foice, caracterstica da anemia falciforme. Acant citos:Hemcias pequenas com projees irregulares. Presente na betalipoproteinemia hereditria e outras dislipidemias, na cirrose heptica, na hepatite do recmnascido, na anemia hemoltica, aps esplenectomia e aps administrao de heparina.

Anemia- Sinais e Sintomas

Palidez Fadigabilidade Dor em membros inferiores Dispnia aos esforos Taquicardia Angina Cefalia Tonturas Irritabilidade

Classificao pela Patognese

Perda sangnea muito recente Anemia por carncia de ferro (Anemia Ferropnica) Anemia por carncia de itamina B12 e cido Flico Anemia das doenas crnicas Anemias por defeitos genticos Anemias por destruio perifrica dos eritrcitos Anemias decorrentes de doenas da medula ssea

Perda Sangunea Muito RecenteAnemia Hipocrmica MicrocticaPerda sangnea crnica perda de FERRO maior que a sua absoro e reserva hemcias so produzidas com pouca hemoglobina

Perda Sangunea Muito RecenteAnemia Ps-Hemorrgica

Sangue remanescente normal Rpida hemorragia: plasma reposto de 1 a 3 dias, porm h baixa concentrao de hemcias

Carncia de FerroAnemia FerropnicaCausas: dieta carente, dieta lctea, verminoses, perdas hemorrgicas, gestaes repetidas. Deficincia na Sntese de Hb

Carncia de FerroAnemia Ferropnicaferro HEME porfirina GLOBINA

Hemoglobina

Anemia MegaloblsticaPor deficincia de Vit B12 ou de cido Flico So distrbios provocados pela sntese comprometida do DNA. A diviso celular lenta, porm o desenvolvimento citoplasmtico progride normalmente, de modo que clulas megaloblsticas tendem a ser grandes, com uma proporo aumentada de RNA em relao ao DNA.

Transportam O2, porm so mais frgeis

Carncia de Vitamina B12Anemia PerniciosaVitamina B12

proliferao dos glbulos do sangue integridade das clulas nervosas Causa: gastrite atrfica, absoro inadequada glossite dormncias e falta de sensibilidade nas extremidades deteriorao mental irreversvel

Anemia das doenas crnicas o seqestro de Ferro nas clulas da medula ssea, bao e fgado, devido a patogenias: infeces, neoplasias, dematites bolhosas, cirurgias ou traumas extensos e inflamaes no trato digestivo.

Anemias por Defeitos Genticosanemia de clulas falciformes talassemias esferocitose deficincia de glicose 6P (favismo)

desidrogenase

Anemia FalciformeTroca de um aa polar (GLU) por um apolar (VAL) na cadeia F. Hb S A hemoglobina em baixa quantidade de oxignio se precipita em cristais longos dentro da hemcia FORMA DE FOICE

Anemia FalciformeEssa forma menos solvel e danifica a membrana celular clula mais frgil hemlise Ocorre principalmente na populao negra (0,3-1%) Doena homozigota recessiva Durante toda a vida, crises de dor e susceptibilidade aumentada para infeces reduzida tendncia a contrair Malria 1. Crise de Dor 2. Ictercia 3. Sndrome Mo-p 4. Infeces 5. lcera de Perna

Talassemiaferro HEME porfirina GLOBINA

Hemoglobina

Deficincia na Sntese de Hb

TalassemiaSntese desequilibrada de globina quantidades menores de Hb funcionante Talassemia E (defeito na formao das cadeias E) Talassemia F (defeito na formao das cadeias F) Trao talassmico: Heterozigotos elevada prevalncia nos povos do mediterrneo, sendo a doena gentica mais comum em todo o mundo. Talassemias Menores (apenas um gene):discreta anemia Talassemias Maiores (dois genes): anemia severa, ictercia, deformidades sseas e esplenomegalia.

Esferocitose

Doena autossmica dominante em 75% dos casos As hemcias se formam pequenas e esfricas, no podem ser comprimidas (no possuem a estrutura flexvel normal) leve compresso hemlise

FavismoDeficincia de glicose-6-fosfato-desidrogenaseEnzima Marcapasso do Ciclo das Pentoses Produo de NadPH (poder redutor) Mantm o Glutatio reduzido Detoxificao do Perxido de Hidrognio Carncia hemcias sensveis oxidao Hemlise

Anemias por Agresso Perifrica aos Eritrcitos

Malria: reproduo do Plasmodium sp. nas hmacias e seu posterior rompimento. anemias hemolticas imunolgicas: reao auto-imune contra hemceas

Anemias Decorrentes de Doenas da Medula ssea

Anemia Aplstica: falta de medula ssea funcionate: leso das clulas primitivas da eritropoese. Pode ter como causa o uso de drogas, a hepatite viral e a exposio radiao ionizante. Leucemias e Tumores na Medula

Srie BrancaParte do hemograma onde so evidenciados indcios de infeces das mais diversas causas ou infeces, sejam: virais, bacterianas ou parasitrias.

Glbulos BrancosVrios tipos, responsveis pela defesa imunitria e presentes em todos os animais que contenham lquidos circulantes. Atuam na defesa do organismo atravs da fagocitose e da produo de anticorpos. - So nucleados. Os ncleos so de vrias formas (polimorfismo nuclear); Emitem pseudpodes; -Os glbulos brancos so produzidos no tecido mielide e no linfideHomens e Mulheres: 5.000 a 10.000 leuccitos/ L de sangue.

Obs.: - Leucopenia: a diminuio do nmero de glbulos brancos no sangue; - Leucocitose: o aumento de glbulos brancos no sangue. Ex.: em infeces; - Leucemia: o aumento exagerado de glbulos brancos no sangue, podendo ir alm de 100 mil por mm de sangue.

Glbulos brancos ou leuccitos

Agranulcitos Linfcito Moncito Granulcitos Basfilo Neutrfilo Eosinfilo

Classificao dos leuc citosGranul citos (apresentam grnulos no citoplasma) Agranul citos (no apresentam grnulos no citoplasma)

Neutr filoCaracterstica geral Ncleo geralmente trilobulado.

Eosin filoNcleo bilobulado

Bas filoGrnulos citoplasmticos muito grandes, chegando a mascarar o ncleo

Linf citoNcleo muito condensado, ocupando quase toda a clula Linfcitos T auxiliares ou clulas de memria imunolgica orientam os linfcitos B na produo de anticorpos; linfcitos T supressores determinam o momento de parar a produo dos anticorpos; linfcitos T citotxicos que produzem substncias que mudam a permeabilidade das clulas invasoras (bactrias) ou de clulas cancerosas, provocando sua morte. Linfcitos B, que formaro os plasmcitos do tecido conjuntivo, so os responsveis pela produo de anticorpos especficos

Mon citoNcleo em forma de rim ou ferradura

y

Funo

Fagocitar elementos estranhos ao organismo

Fagocitar apenas determinados elementos. Em doenas alrgicas ou provocadas por parasitas intestinais h aumento do nmero dessas clulas

Liberar heparina (anticoagulante) e histamina (substncia vasodilatadora liberada em processos alrgicos)

Fagocitar bactrias, vrus e fungos

Neutr filo

Eosin filo

Bas filo

Linf cito

Mon cito

N aproximado em