Click here to load reader

Flavia Carvalho Faria

  • View
    238

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Flavia Carvalho Faria

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

    PS-GRADUAO EM LINGUSTICA

    DOUTORADO EM LINGUSTICA

    FLVIA CARVALHO FARIA

    "ASPECTOS RELEVANTES DO POSSESSIVO NO PROCESSO

    DE AQUISIO DO PORTUGUS BRASILEIRO"

    JUIZ DE FORA

    AGOSTO 2012

  • UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA

    PS-GRADUAO EM LINGUSTICA

    DOUTORADO EM LINGUSTICA

    FLVIA CARVALHO FARIA

    "ASPECTOS RELEVANTES DO POSSESSIVO NO PROCESSO

    DE AQUISIO DO PORTUGUS BRASILEIRO"

    Tese apresentada ao programa de ps-

    graduao em lingustica da Faculdade de

    Letras da UFJF como parte dos requisitos

    parciais para obteno do ttulo de doutor

    em lingustica.

    Orientadora: ProfaDr

    aMaria Cristina Name

    JUIZ DE FORA

    AGOSTO 2012

  • inesquecvel tia Zez.

  • AGRADECIMENTOS

    A Deus, meu guia.

    Professora Cristina, pela orientao, pela dedicao e, acima de tudo, por ter acreditado no

    meu projeto.

    Coordenao do Programa de Ps-Graduao de Lingustica da UFJF, professoras Cristina

    e Luciana, e secretria Rosngela, pela competncia e pelo reconhecimento.

    CAPES, pelo apoio financeiro.

    Aos colegas do PPG de Lingustica, por compartilharem de tantas alegrias e s vezes, at an-

    gstias.

    s responsveis pelas creches, pelo interesse demonstrado e pela disponibilidade.

    s crianas que participaram das atividades experimentais, pelo aprendizado e pelos bons

    momentos; a seus pais, pela compreenso e pela colaborao.

    Aos meus sobrinhos Tiago e Lucas e s minhas sobrinhas e afilhadas Jlia e Las, por serem

    to especiais e inspiradores.

    A minha madrinha Cristina e ao meu padrinho de corao Edgar, pelo incentivo, pelo exem-

    plo e pelo suporte tcnico.

    Ao meu marido Alexandre, pela motivao e, sobretudo, pelo grande interesse.

    Aos meus pais, por terem me mostrado o caminho.

    Aos meus filhos, por serem a melhor parte da minha vida.

    Tia Zez, que viu o que ningum via, acreditou no impossvel e me ajudou a chegar aqui.

  • Languages are the best mirror of the human

    mind.

    (Leibniz)

  • RESUMO

    A tese investiga os aspectos do pronome possessivo relevantes para sua aquisio no

    portugus brasileiro (PB) e se desenvolve dentro de uma perspectiva psicolingustica da aqui-

    sio da lngua materna. Assume-se, de acordo com o Programa Minimalista (Chomsky, 1995

    e obras posteriores) uma gramtica universal (GU) inata correspondente ao estado inicial da

    aquisio da linguagem e a concepo de uma lngua I (interna) composta por um sistema

    computacional e um lxico. Assume-se, tambm, modelos de processamento que explique

    como a criana adquire esse lxico: o Bootstrapping Fonolgico (Morgan & Demuth, 1996;

    Christophe et al., 1997), que considera que, antes de adquirir um lxico, a criana faz uso de

    habilidades perceptuais para segmentar informaes do input em unidades lingusticas, e o

    Bootstrapping Sinttico (Gleitman, 1990; 1994), segundo o qual a criana usa dados da estru-

    tura sinttica para deduzir o significado das palavras. Dessa forma, pode-se dizer que a crian-

    a em processo de aquisio do PB identifica o possessivo atravs de uma anlise perceptual

    do fluxo da fala e, uma vez disponvel no lxico, o sistema computacional opera sobre seus

    traos formais, relacionando-o numa estrutura hierrquica correspondente a uma expresso

    lingustica. Tais itens so identificados na interface fnica atravs de um tratamento estatstico

    da fala recebida no input e seus traos semnticos/formais so adquiridos via processamento

    na interface semntica. O possessivo, apesar de se tratar de um elemento de comportamento

    complexo, surge relativamente cedo na produo inicial da criana, se comparado a outros

    itens determinantes. Em PB, tal elemento apresenta variao semntica de acordo com as pos-

    sibilidades de posicionamento na sentena, o que motivou uma proposta de diviso categorial

    dos pronomes possessivos em dois tipos: pronomes possessivos antepostos ao nome so de-

    terminantes e, portanto, considerados itens funcionais, enquanto os pospostos so adjetivos e,

    nesta tese, considerados itens semifuncionais. A fim de verificar a importncia, para a aquisi-

    o do pronome possessivo, de aspectos (i) fonolgicos, como sua forma fnica, (ii) semnti-

    cos, como a relevncia do trao de posse e (iii) sintticos, como posicionamento na sentena,

    foram realizados trs experimentos cujos resultados sugerem que a criana aos 11 meses de

    idade sensvel forma fnica do pronome possessivo e, aos 3 anos e meio, sensvel ao seu

    trao de posse, assim como ao posicionamento destequando anteposto em SN adjetivado.

    Palavras-chave: Pronome Possessivo; Aquisio da Linguagem; Categoria Semifuncional.

  • ABSTRACT

    This thesis investigates relevant aspects of the acquisition of the possessive

    pronounsby Brazilian children in a psycholinguistic view of language acquisition. According

    to Minimalism Program (Chomsky, 1995 and subsequent works) an innate Universal Gram-

    mar (UG) corresponding to the initial state of language acquisition and the conception of I-

    language (internal) - that consists of a lexicon and a computational system are assumed. We

    also assume Phonological Bootstrapping Model (Morgan & Demuth, 1996; Christophe et al.,

    1997), that explains how children acquire the lexicon using perceptual abilities to segment the

    input data into linguistic units, and Syntactic Bootstrapping Model (Gleitman, 1990; 1994).

    According to this model, children use information from syntactic structure to deduce the

    meaning of the words. We hypothesized that children acquiring BP identify the possessive

    pronouns through perceptual analysis of speech and, once they are available in the lexicon,

    the computational system operates on their formal features correlating them into a hierarchical

    structure as a linguistic expression. The possessives are identified in the phonologi-

    cal interface by a statistical analysis of speech and the semantic features are acquired via pro-

    cessing in the semantic interface. Despite the possessive behavior being considered complex,

    this pronouns appear before other functional items in children early production. Because pos-

    sessive pronoun semantic value changes according to its position in a sentence, we propose a

    categorical division of it into two types: functional and semi-functional items. Three experi-

    ments were conducted in order to verify phonological, semantic and syntactic aspects of pos-

    sessive pronouns learning. The results suggest that children at 11 months are sensitive to their

    phonetic forms, at 3 years are sensitive to their semantic possession features as well as to

    their syntactic position in DP.

    Keywords: Possessive Pronoun; Language Acquisition; Semi-functional Category.

  • LISTA DE QUADROS

    Quadro 1 - Resumo das propriedades associadas com os trs tipos de possessivos como

    proposto em Cardinaletti (apud Alexiadou et al., 2007)........................................................... 39

  • LISTA DE GRFICOS

    Grfico 1 - Mdia do tempo de olhar nas condies Gramatical e Agramatical (Exp. 1) ........ 68

    Grfico 2 - Porcentagem de acertos totais em cada condio Poss X Indef (Piloto) ............... 75

    Grfico 3 - Porcentagem total de acertos por condio Poss X Indef (Exp. 2) ........................ 78

    Grfico 4 - Porcentagem de acerto por condio Cong X Incong (Exp. 3) .............................. 86

  • SUMRIO

    1 INTRODUO: ....................................................................................................... 13

    1.1 HIPTESE DE TRABALHO ....................................................................................................... 14

    1.2 OBJETIVOS .................................................................................................................................. 14

    1.3 DESENVOLVIMENTO DA TESE .............................................................................................. 15

    2 CARACTERIZAO GERAL DOS POSSESSIVOS ......................................... 17

    2.1 CATEGORIAS FUNCIONAL E LEXICAL ................................................................................ 17

    2.1.1 OS POSSESSIVOS COMO DETERMINANTES .................................................................................. 18

    2.1.2 POSSESSIVOS DETERMINANTES E POSSESSIVOS ADJETIVOS ................................................. 19

    2.2 A CATEGORIA SEMILEXICAL ................................................................................................. 26

    2.2.1 UMA NOVA PROPOSTA ...................................................................................................................... 28

    2.3 CARACTERIZAO SINTTICA DO POSSESSIVO .............................................................. 30

    2.4 A SENSIBILIDADE AOS POSSESSIVOS .................................................................................. 42

    2.5 CONCLUSO ............................................................................................................................... 47

    3 FUNDAMENTAO TERICA: MODELOS DE LNGUA E DE

    PROCESSAMENTO PARA A AQUISIO DA LINGUAGEM ............................... 49

    3.1 A CONCILIAO DE UM MODELO DE LNGUA E UM MODELO DE PROCESSAMENTO

    LINGUSTICO ....................................................................................................................