Concurso Pblico para provimento de cargos de Analista ... Especialidade Contabilidade Caderno

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Concurso Pblico para provimento de cargos de Analista ... Especialidade Contabilidade Caderno

N do CadernooN de Inscrioo

ASSINATURA DO CANDIDATON do Documentoo

Nome do Candidato

Concurso Pblico para provimento de cargos de

Fevereiro/2017

Colgio Sala Ordem

TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11 REGIOa

Quando autorizado pelo fiscalde sala, transcreva a fraseao lado, com sua caligrafiausual, no espao apropriadona Folha de Respostas.

INSTRUES

PROVA

Desenvolvimento sustentvel preserva os recursos para o futuro.

Conhecimentos Gerais

Conhecimentos Especficos

A C D E

- Verifique se este caderno:

- corresponde a sua opo de cargo.

- contm 70 questes, numeradas de 1 a 70.

Caso contrrio, reclame ao fiscal da sala um outro caderno.

No sero aceitas reclamaes posteriores.

- Para cada questo existe apenas UMAresposta certa.

- Leia cuidadosamente cada uma das questes e escolha a resposta certa.

- Essa resposta deve ser marcada na FOLHADE RESPOSTAS que voc recebeu.

- Procurar, na FOLHADE RESPOSTAS, o nmero da questo que voc est respondendo.

- Verificar no caderno de prova qual a letra (A,B,C,D,E) da resposta que voc escolheu.

- Marcar essa letra na FOLHADE RESPOSTAS, conforme o exemplo:

- Marque as respostas com caneta esferogrfica de material transparente de tinta preta ou azul. No ser permitida a utilizao de

lpis, lapiseira, marca-texto ou borracha durante a realizao da prova.

- Marque apenas uma letra para cada questo, mais de uma letra assinalada implicar anulao dessa questo.

- Responda a todas as questes.

- No ser permitida nenhuma espcie de consulta ou comunicao entre os candidatos, nem a utilizao de livros, anotaes,

impressos no permitidos ou mquina calculadora ou similar.

- Adurao da prova de 4 horas para responder a todas as questes objetivas e preencher a Folha de Respostas.

- Ao trmino da prova, chame o fiscal da sala e devolva todo o material recebido.

- Proibida a divulgao ou impresso parcial ou total da presente prova. Direitos Reservados.

VOC DEVE

ATENO

Concurso Pblico para provimento de cargos de

Analista Judicirio rea Apoio EspecializadoEspecialidade Contabilidade

Caderno de Prova F06, Tipo 001 MODELO

0000000000000000

TIPO001

00001 0001 0001

https://goo.gl/7zgKlB

2 TRT11-Conhecimentos Gerais1

CONHECIMENTOS GERAIS

Portugus

Ateno: Considere o texto abaixo para responder s questes de nmeros 1 a 5.

1

5

10

H um trao fundamental na histria indgena do rio Amazonas, cuja percepo necessria ao entendimento do

passado e do presente da regio. um fenmeno demogrfico e cultural de longa durao que acompanha os primeiros

duzentos anos da ocupao europeia e que ir resultar, em meados do sculo XVIII, numa realidade etnogrfica

substancialmente distinta da que havia sido observada pelos primeiros exploradores quinhentistas.

Trata-se do desaparecimento das naes que viviam ao longo do rio Amazonas e da sua substituio por novos contin-

gentes indgenas que foram sendo descidos dos afluentes para a calha amaznica pelos agentes da colonizao. Desapareci-

mento, em sentido tnico, o termo adequado, e ver-se- mais adiante de que forma ele se deu. Neste processo de despo-

voamento macio e repovoamento parcial, dois aspectos devem ser assinalados: a) o desaparecimento dos padres adaptati-

vos (demogrficos, organizacionais e ergolgicos) da populao original, que no chegam a se reconstituir, a no ser parcial-

mente, quando do povoamento induzido pelo colonizador; neste segundo momento ocorre b) a formao de um estrato que

chamaremos neo-indgena, inserido na sociedade colonial e marcado pelo desenraizamento e pela aculturao intertribal e

intertnica. Obs.: ergolgico: relativo ergologia, ramo da etnologia que estuda a cultura material.

(PORRO, Antnio. Histria indgena do alto e mdio Amazonas: sculos XVI a XVIII. In: CUNHA, Manuela C. (org). Histria dos ndios no Brasil. 2. ed. So Paulo, Companhia das Letras; Secretaria Municipal de Cultura; FAPESP,1998, p. 175)

1. Entende-se corretamente do trecho acima transcrito:

(A) Os exploradores quinhentistas e dos duzentos anos de vivncia na regio amaznica no foram competentes ao pesquisar o passado indgena, o que determinou graves equvocos na ocupao europeia.

(B) A existncia de um fenmeno demogrfico e cultural que se desenvolveu de especial modo estendido, no tempo e no

espao, provocou mudanas relevantes no processo inicial de ocupao europeia na Amaznia. (C) A migrao de certas naes indgenas que habitavam ao longo do rio Amazonas, em busca de melhores condies de

sobrevivncia, foi concomitante migrao de outros grupos para esse mesmo espao. (D) Em processo determinado pelo decurso da colonizao, desapareceram naes indgenas que viviam ao longo do rio

Amazonas e outros grupos de autctones foram formados, em ato e efeito de aculturao. (E) O desaparecimento, em sentido tnico, caracteriza-se por despovoamento em larga escala e sucessivo e imediato repo-

voamento, este em patente escala bem menor do que se teve no povoamento primeiro. 2. Infere-se corretamente do texto:

(A) trao essencial e determinante na histria de um povo aquele que ilumina no s o seu passado, mas tambm o seu presente.

(B) A histria de populaes autctones de um pas constituda de poucos fatos de relevo, o que exige percepo apurada

daquele que busca entender o passado anterior a um processo colonizador. (C) Da vivncia de duzentos anos de um determinado povo procede naturalmente uma realidade que implica desaparecimento

e surgimento de etnias. (D) Povos que vivem nas margens de rios so predestinados a migrar, quer em sua totalidade, quer de modo parcial e paulatino. (E) Processos de colonizao introduzem padres de adaptao no que se refere distribuio demogrfica, ao modo de

organizao social, ao modo de criar objetos , porque modelos de comportamento inexistem em grupos autctones. 3. Considerada a norma-padro da lngua, adequado o que se afirma em:

(A) (linhas 1 e 2) Redao alternativa do segmento cuja percepo necessria ao entendimento do passado e do presente da regio, que no prejudique nem seu sentido no contexto original, nem a correo gramatical, poderia ser percepo da qual depende necessariamente o entendimento do passado e do presente da regio.

(B) (linha 3) No contexto em que est empregada, a forma verbal ir resultar no adequada, pois a meno a meados do

sculo XVIII exigiria o uso de iria resultar. (C) (linha 4) A substituio da forma havia sido observada por teria sido observada no prejudica o sentido original da frase. (D) (linha 7) A colocao do pronome oblquo observada em ver-se- correta; essa mesclise restrita ao emprego do futuro

do presente. (E) (linha 9) O emprego do verbo auxiliar destacado em que no chegam a se reconstituir indica que haveria a possibilidade

de a ao denotada pelo verbo principal ter sido concluda.

Caderno de Prova F06, Tipo 001

Carla Gabola

TRT11-Conhecimentos Gerais1 3

4. (pargrafo 2) e ver-se- mais adiante de que forma ele se deu. Em conformidade com a norma-padro da lngua, substitui-se o segmento destacado por: (A) o modo que ele ocorreu.

(B) a feio que ele adquiriu.

(C) os traos de que ele revestiu.

(D) o perfil adotado a ele.

(E) o mtodo porque ele se processou. 5. Palavras utilizadas no texto motivaram as frases que seguem, que, entretanto, devem ser analisadas independentemente dele. A

que se apresenta em conformidade com as normas de concordncia : (A) Certamente podem ter havido entre os leitores-pesquisadores muitas dvidas sobre a magnitude do citado desapare-

cimento de naes indgenas que viviam ao longo do rio Amazonas. (B) Fenmenos demogrficos e culturais, em qualquer poca da histria da humanidade, sempre pde produzir efeitos insus-

peitados, e muitas vezes o fez. (C) O captulo evidencia que vrios aspectos da histria indgena amazonense devem merecer ainda cuidadosa reflexo,

porque, apesar da curiosidade que suscita, muito dela ainda permanece obscuro. (D) Grupos indgenas, principalmente inserido no contexto do rio Amazonas, vem chamando a ateno de pesquisadores de

distintas reas do saber, estudiosos que os julgam detentores de muitos segredos. (E) Adepto ou no desse entendimento sobre a formao de um estrato neo-indgena, especialistas em etnografia muito se

dedicam a interpretar os dados apresentados na pesquisa recm-publicada. Ateno: Considere o texto abaixo para responder s questes de nmeros 6 a 12.

1

5

10

15

Trs em cada quatro brasileiros se consideram catlicos. Pelas contas do Censo 2000, para uma populao total em

torno de 170 milhes de habitantes, o Brasil entra no sculo XXI aproximadamente com 125 milhes de catlicos decla-

rados, praticamente trs quartos da populao residente total.

Quer dizer que no incio do terceiro milnio ainda possvel a esse pas, o maior e mais populoso da Amrica cat-

lica, continuar ostentando com fundamento em dados estatsticos cientificamente controlados e religiosamente isentos sua

histrica posio de nao com hegemonia catlica, que um dia lhe valeu o desgastado ttulo que o aclama como o maior

pas catlico do mundo. Tradicionalmente autoaplicado por seus habitantes em conotaes que, a bem da verdade, sofrem

polarizaes e inflexes de toda espcie e grau, que vo do contentamento envaidecido sem ressalvas ao lamento

aborrecido sem reservas, a plaus