COMERCIALIZA‡ƒO AGRCOLA

  • View
    80

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of COMERCIALIZA‡ƒO AGRCOLA

  • COMERCIALIZAO AGRCOLA 1

    UNIVERSIDADE TECNOLGICA FEDERAL DO PARANPR

    Ministrio da Educao Universidade Tecnolgica Federal do Paran Campus Pato Branco Curso de Agronomia

    COMERCIALIZAO AGRCOLA

    JUDAS TADEU GRASSI MENDESi - Professor titular da UFPR - Phd em Economia Rural pela Ohio State University

    Autorizao de uso:

    Prof. MIGUEL ANGELO PERONDI Disciplina de Economia e Desenvolvimento Agrcola 3 ano da Agronomia

    Pato Branco - PR 2007

    i O autor contou com a inestimvel contribuio da professora VANIA DI ADDRIO GUIMARES, pela sua participao tcnica e na editorao.

  • COMERCIALIZAO AGRCOLA 2

    SUMRIO

    1 - INTRODUO............................................................................................ 04 1.1 - Justificativa do estudo da comercializao................................................. 04 1.2 - Evoluo do sistema de comercializao.................................................... 05 1.3 - Conceitos bsicos........................................................................................ 06 1.4 - O agribusiness brasileiro............................................................................. 07 1.5 - A comercializao e o desenvolvimento.................................................... 13 1.6 - O papel da comercializao........................................................................ 15 1.7 - Dualismo tecnolgico na comercializao................................................. 15 1.8 - A comercializao nos pases em desenvolvimento................................... 16 1.9 - Caractersticas da produo e do mercado agrcola.................................... 17 2 - MTODOS DE ANLISE DA COMERCIALIZAO......................... 17 2.1 - Anlise funcional........................................................................................ 17 2.1.1 - Funes de troca.......................................................................... 17 2.1.2 - Funes fsicas............................................................................. 18 2.1.3 - Funes auxiliares....................................................................... 30 2.2 - Anlise institucional................................................................................... 38 2.2.1 - O ramo de distribuio de alimentos no Brasil........................... 39 2.2.2 - Integrao horizontal e vertical................................................... 41 2.3 - Anlise estrutural....................................................................................... 42 2.3.1 - Estrutura de mercado................................................................... 42 2.3.2 - Conduta de mercado.................................................................... 52 2.3.3 - Eficincia do mercado................................................................. 53 2.3.4 - Processo de comercializao....................................................... 53 2.3.5 - Canal de comercializao............................................................ 54 3 - CUSTOS, MARGENS E MARKUPS DE COMERCIALIZAO... 57 3.1 - Custos de comercializao......................................................................... 57 3.2 - Margens de comercializao...................................................................... 57 3.2.1 - Margem bruta de comercializao............................................... 57 3.2.2 - Margem lquita de comercializao............................................. 57 3.3 - Markup de comercializao........................................................................ 60 3.4 - Fatores que afetam a margem de comercializao..................................... 61 3.5 - Anlise grfica das margens....................................................................... 62 3.6 - A conta(despesas) da comercializao no tempo................................... 66 4 - ANLISE DE PREOS AGRCOLAS.................................................... 67 4.1 - Caracterstica bsica dos preos agrcolas................................................. 67 4.2 - Funes dos preos agrcolas..................................................................... 67 4.3 - Anlise temporal dos preos agrcolas....................................................... 68 4.3.1 - Anlise de tendncia.................................................................... 68 4.3.2 - Anlise de sazonalidade dos preos............................................ 71 4.3.3 - Anlise dos ciclos........................................................................ 80 4.3.4 - Anlise de aleatoriedade.............................................................. 80 5 - ALTERNATIVAS OU ESTRATGIAS DE COMERCIALIZAO.. 81 6 MERCADO A TERMO.............................................................................. 86 7 POLTICAS DE MERCADO AGRCOLA............................................... 94

  • COMERCIALIZAO AGRCOLA 3

    PREFACIO 1a EDIO

    A presente apostila tem como objetivo fornecer um material didtico, ainda que parcial, para consulta e estudo dos estudantes e profissionais em cincias agrrias, em especial da UFPr.

    O autor pretende, em futuro breve, detalhar e expandir esse material tranformando-o em um livro-texto que melhor atenda as reais necessidades dos interessados em aperfeioar seus conhecimentos neste importante campo.

    A abordagem da comercializao agrcola est subdividida, neste trabalho, em sete partes. A primeira, considerada como uma introduo, analisa aspectos como justificativa do estudo da comercializao, evoluo do sistema de comercializao, conceitos bsicos, importncia do agribusiness, a comercializao e o desenvolvimento econmico, papel da comercializao, dualismo tecnolgico na comercializao, a comercializao nos pases em desenvolvimento e caractersticas da produo agrcola e do mercado agrcola. A segunda parte aborda os mtodos de anlise da comercializao, tais como funcional, institucional e estrutural. A terceira analisa os custos e margens de comercializao. A quarta faz uma anlise de comportamento de preos. A quinta parte enfoca as alternativas ou estratgias de comercializao. A sexta se preocupa com o mercado a termo: Hedging; e a stima analisa as polticas de mercado.

    Curitiba, 1996.

    O AUTOR

  • COMERCIALIZAO AGRCOLA 4

    1 - INTRODUO

    1.1 - JUSTIFICATIVA DO ESTUDO DA COMERCIALIZAO

    Entre as vrias situaes que levam gerao e implementao de um programa de desenvolvimento agrcola esto o desajuste entre o crescimento da demanda e o da produo e o desequilbrio entre a produo para o mercado interno e a do externo. Esta falta de resposta da produo ante uma demanda crescente pode ser devido a: falta de incentivos econmicos (relao preo-custo), escassez de recursos, caractersticas estruturais (desajuste na estrutura de propriedade da terra), estabilidade monetria, e sistema de comercializao ineficientes.

    O sistema de comercializao inclui desde a existncia de uma rodovia ou ferrovia, ao estabelecimento e funcionamento de um poder comprador, ou a instalao de uma planta agroindustrial ou de um centro de armazenamento.

    Este aspecto de extraordinria importncia e muitas vezes constitui um dos principais pontos para a expanso da produo nos pases subdesenvolvidos. Com efeito, pode existir demanda efetiva e condies de disponibilidade de recursos, tcnica e capacidade empresarial para fazer crescer a oferta com relao a essa demanda. Mas, geograficamente, o crescimento da demanda pode estar concentrado em um ponto (zonas urbanas) e o crescimento da oferta em outro (zonas rurais), freqentemente muito distanciadas dos centros de consumo, e sem as conexes fsicas e comerciais adequadas entre elas. E, nesta situao, a oferta no crescer, ainda que haja uma adequada relao preos-custos e no existam obstculos do tipo institucional para impossibilidade de comunicao.

    Este fato que vale, em geral, para todo tipo de produo, adquire uma extraordinria importncia na produo agrcola. Nesta, por exemplo, a demanda de certos produtos pode crescer menos que sua oferta e, alm disso, ainda que demanda e produo cresam igualmente nos mesmos perodos, a grande perecibilidade dos produtos agropecurios faz com que no possam ser enviados dos centros de produo aos centros de consumo se no h meios de transporte adequados e rpidos, ou se no os submete a certos processos de transformao que aumentam sua durabilidade.

    Isto explica o extraordinrio efeito dinmico e mutiplicativo do processo de desenvolvimento que tem, para certas regies agrcolas, a construo de um rodovia ou ferrovia, a instalao de um frigorfico ou de uma indstria de processamento de frutas ou a industrializao do leite.

    Em todos estes casos existiam condies de demanda efetiva e oferta latente, mas faltava o meio adequado de comunicao entre elas. E apenas este meio se instala e comea a funcionar, a oferta se desenvolve quase que automaticamente.

  • COMERCIALIZAO AGRCOLA 5

    Neste assunto vale a pena mencionar que no s a falta de meios fsicos de comunicao, industrializao ou razes de armazenamento que pode constituir um obstculo ao maior desenvolvimento da produo agropecuria. O funcionamento ineficiente do sistema de comercializao, ainda que existam os meios fsicos, pode atuar no mesmo sentido. Falta, por exemplo, de recursos econmicos suficientes, prprios ou obtidos em forma de crdito, do poder comprador, pode inibir o crescimento da produo, ainda que todas as demais condies favorveis sejam dadas. Da mesma forma, pode atuar um poder comprador do tipo monopsnico para o mercado interno ou a exportao que pretenda deprimir os preos que obtm os produtos em seu prprio benefcio, ou um poder comprador que no consiga regular os preos de modo a evitar as excessivas flutuaes destes, dando assim, insegurana aos produtores.

    1.2 - EVOLUO DO SISTEMA DA COMERCIALIZAO

    A