CITAÇOES 2011.2

  • View
    224

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

normas de citações

Text of CITAÇOES 2011.2

  • PROCEDIMENTOS PARA APRESENTAO E NORMALIZAO DE TRABALHOS ACADMICOS: CITAOMaria Bernadete Martins Alves; Marili I. Lopes.Adaptado pela Equipe do Programa de Monitoria em Metodologia do Trabalho Cientfico (UFRN DEBIB)

  • CitaoNBR 10520/2002

  • O que CITAO???

    Meno, no texto, de uma informao extrada de outra fonte(NBR 10520, 2002, p. 1)

  • Por que fazer uma CITAO??? Para dar credibilidade ao trabalho cientfico; Fornecer informaes a respeito dos trabalhos desenvolvidos na rea de pesquisa;

    Fornecer exemplos de pontos de vista semelhantes ou divergentes sobre o assunto objeto de sua pesquisa.

  • Formas de uma CITAOCITAOINDIRETADIRETACurta LongaInserida na sentena ou fora da sentena

  • CITAO DIRETA a transcrio ou cpia de um pargrafo, uma frase ou uma expresso, usando exatamente as mesmas palavras usadas pelo autor do trabalho consultado. Nesse caso, repete-se palavra por palavra e estas devem vir, obrigatoriamente entre aspas duplas, ou com destaque grfico, seguidas da indicao da fonte consultada.

  • CITAO DIRETA e suas particularidadesCitao Direta Curta (at 3 linhas): Estas citaes devem ser inseridas no prprio corpo do texto destacadas entre aspas duplas ( ).

    Lopes e Batista (2000, p. 32) confirmam os argumentos anteriores ao declararem que a mudana de rumo das atividades realizadas preocupante

    Muitos estudantes e professores pensam que esto fazendo pesquisa quando na verdade esto apenas fazendo um relatrio com algumas notas de rodap. (MCGREGOR, 1999, p. 1).

    AutoresAno e pgina AutorAno e pgina

  • Citao Direta Longa (mais de 3 linhas): Devem ser destacadas com um recuo de 4 cm da margem esquerda com um tipo de letra menor do que a utilizada no texto, sem as aspas e com espaamento simples. (NBR 10520, 2002, p. 2).

    O comportamento dos cientistas muda a medida que ele avana em seu projeto de pesquisa e que certos padres de comportamento esto associados e so afetados pelos diversos estgios da pesquisa. De modo direto ou indireto o comportamento afetado pela tarefa desempenhada nos estgios de pesquisa, pela informao procurada [...] e, pela habilidade do pesquisador em perceber a relevncia da informao para o tpico ou questo da pesquisa. (SILVA et al., 1998, p. 34).Margem4cmCITAO DIRETA e suas particularidades

  • Sinais em CITAES DIRETASOs colchetes so usados para indicar interrupes ou supresses do texto [...], acrscimos ou comentrios [ ], dvida [?], nfase indica espanto,admirao ou perplexidade [!]; ou destaque [sem grifo do autor no original, grifo meu, etc].

    Exemplo

    Assim como a psicanlise empresta seus conceitos [para auxiliar] a biblioteconomia a desvendar caminhos que a levaro ao entendimento da dinmica [...], produzir mudanas benficas [?] instrumentalizando seus profissionais na tarefa impossvel [!] de educar, de formar sujeitos capazes de se auto suprirem de saber. (MENDES; CRUZ; CURTY, 2005, p. 18, sem grifo no original).

  • CITAO INDIRETA a transcrio das idias de um autor usando as prprias palavras. Ao contrrio da citao direta, a citao indireta deve ser encorajada, pois a maneira que o pesquisador tem de ler, compreender e gerar conhecimento a partir do conhecimento de outros autores.

  • Como fazer uma CITAO INDIRETA?Leia e releia o texto original at que seja capaz de reescrev-lo com suas prprias palavras;No use aspas ( ) nas Citaes Indiretas;Anote os dados referentes a fonte: sobrenome do autor seguido do ano de publicao da obra;Faa a referncia no final do trabalho.

  • CITAO INDIRETABorba ressalta que no contexto escolar, se faz necessrio conscientizar essa comunidade da importncia que a biblioteca tem para todos. (ex. 1);

    De acordo com Borba (1999) no contexto escolar se faz necessrio conscientizar essa comunidade da importncia que a biblioteca escolar tem para todos. (ex.2);

  • CITAO INDIRETANo contexto escolar se faz necessrio conscientizar essa comunidade da importncia que a biblioteca escolar tem para todos (BORBA, 1999). (ex.3);

    BORBA, Maria do Socorro de Azevedo. Interesses de leitura dos adolescentes: a contribuio da escola e da biblioteca. Natal : EDUFRN, 1999

  • O que uma CITAO DE CITAO??? a citao de um texto que tivemos acesso a partir de outro documento.

    No texto:Leedy (1988 apud RICHARDSON, 1991, p. 417) compartilha deste ponto de vista ao afirmar os estudantes esto enganados quando acreditam que eles esto fazendo pesquisa, quando de fato eles esto apenas transferindo informao factual [...].

    Na lista de referncias: Faz-se a referncia do documento consultado. RICHARDSON, Jean. Even high school students can do real research. Catholic Library world, p. 414-418, may.-jun. 1991

    No rodap: a referncia do autor citado opcional

  • CITAO de textos traduzidosQuando a citao incluir texto traduzido pelo autor, devemos citar aps a chamada da citao, a expresso traduo nossa, entre parnteses.

    No texto: A ansiedade de biblioteca caracterizada como um sentimento negativo, uma incerteza que causa uma desordem mental nos estudantes, quando estes usam a biblioteca, desconhecendo a organizao de seus recursos (MELLON, 1986, p. 163, traduo nossa).

    Na lista de referncias:MELLON, Constance A. Library anxiety: a grounded theory and its development. College & Research Libraries, v. 47, p. 161-165, mar. 1986.

  • CITAO de informao verbalOs dados obtidos por informao verbal (palestras, entrevistas, debates, aulas, etc) devem ser mencionados no texto seguidos da expresso (informao verbal) entre parnteses. Os dados disponveis sobre a fonte devem ser mencionados apenas em notas de rodap.

    No texto:A nova reviso da AACR2, em folhas soltas, estar disponvel para venda em setembro deste ano (informao verbal) 1

    Em nota de rodap__________________________ 1Noticia fornecida pela Prof. Maria Teresa Reis Mendes na aula final da disciplina Catalogao, na Escola de Biblioteconomia da Universidade do Rio de Janeiro, em agosto de 2004.

  • FalasFalas com at 3 linhas:

    Indagados sobre a qualidade dos cursos de graduao, cerca de 70% dos entrevistados afirmam ser insuficientes. O entrevistado 1, por exemplo, afirma que a graduao foi insuficiente, no sendo possvel ter condies de formar para a prtica. necessrio uma formao generalista e um pensa crtico

    Falas com mais de 3 linhas:

    Veja-se, a ttulo de ilustrao, o que diz o entrevistado 2No tinha nenhuma motivao para trabalhar em hospital, no. Nunca pensei em trabalhar em hospital. [...]. Trabalhava no interior e pedi transferncia. Depois de muita batalha, consegui. Quando cheguei aqui, me colocaram quatro opes de trabalho, cada uma mais complicada que a outra. [...]. Foi difcil no comeo.

  • Sistemas de ChamadaAutor-data: indica-se a fonte, pelo sobrenome do autor, nome da instituio responsvel ou pelo ttulo, seguidos da data de publicao do documento, separados por vrgula e entre parnteses, citao indireta. Para as citaes diretas, inclui-se a indicao de pgina. (NBR10520, 2002, p. 4).Exemplos:

    Citao Direta: fazendo um relatrio com algumas notas de rodap. (MCGREGOR, 1999, p. 1).

    Citao Indireta: Neste texto, o papel do bibliotecrio ganha importncia como educador (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 2000).

  • As indicaes de autoria includos no texto devem ser feitas em letras maisculas e minsculas, indicando-se a data e pginas entre parnteses.

    Um autor: Segundo Moraes (1993)Dois autores: Segundo Moraes e Souza (1997)Trs autores: Dudziak, Gabriel e Villela (2000)Mais de trs autores: Belkin et al. (1982, p. 76)Entrada pelo ttulo: O desenvolvimento... (1998)Entidade: Comisso das comunidades europias (2002)

    Sistemas de Chamada

  • Sistemas de ChamadaAs indicaes de autoria (entre parnteses) devem vir em letras maisculas seguidas da data e pginas.

    Um autor: (MCGREGOR, 1999, p. 1).Dois autores: (MORAES; SOUZA, 1997)Trs autores: (DUDZIAK; GABRIEL; VILLELA, 2000)Mais de trs autores: (BELKIN et al., 2002)Entrada pelo ttulo: (O DESENVOLVIMENTO..., 2002)Entidades: (COMISSO DAS COMUNIDADES EUROPIAS, 2002).

  • Numrico: as citaes devem ter uma numerao nica e consecutiva colocadas acima do texto, em expoente, entre parnteses, alinhada ao texto.

    No texto: fazendo um relatrio com algumas notas de rodap 1

    Em nota de rodap: _____________ 1 MCGREGOR, 1999, p. 9.

    Sistemas de Chamada

  • Notas de RodapLocalizam-se na margem inferior da mesma pgina;Separadas do texto por um trao contnuo de 3 cm (NBR 14724, 2005, p.8);Digitadas em espao simples e fonte menor do que a usada para o texto; Sua numerao feita em algarismos arbicos e seqencial para todo o documento; As linhas subseqentes devem ser alinhadas abaixo da primeira letra da primeira palavra, de modo a destacar o expoente; A primeira citao de uma obra, obrigatoriamente deve ter sua referncia completa.

  • EXPRESSES LATINASIbidem ibid. [ na mesma obra] - Usado quando se faz vrias citaes seguidas, de um mesmo documento. 5 Silva, 1980, p.120 6 Ibid., p.132

    Idem Id. [ do mesmo autor] - Obras diferentes do mesmo autor. 5 Silva, 1980, p. 132 6 Id., 1992, p. 132

    Opus citatum op. cit. [obra citada] - Refere-se obra citada anteriormente, pgina diferente, quando houver intercalao de outras notas. 5 Silva, 1980, p.23 6 Pereira, 1991, p.213 7 Silva, op. cit., p. 93

    Locus citatum loc. cit. [lugar citado] - Refere-se a mesma pgina de uma obra citada anteriormente, quando houver intercalao de outras notas. 5 Silva, 1995, p. 120 6 Pereira, 199