Cartilha Nova Classificacao de Fundos

  • View
    6

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Fundos de Investimento - ANBIMA

Text of Cartilha Nova Classificacao de Fundos

  • Cartilha da Nova Classifi cao de Fundos

  • 02

    Redao: Amanda Brum, Marcel Gomes, Marcelo Billi e Marineide Marques

    Edio e projeto grfi co: Nichos Comunicao

    Coordenao: Marcelo Billi

    Gerncia de Informaes: Hudson Bessa

    Superintendncia de Representao Tcnica: Valria Aras Coelho

    Presidente: Denise Pavarina

    Vice-Presidentes: Carlos Eduardo Andreoni Ambrsio, Carlos Massaru Takahashi, Gustavo Adolfo Funcia Murgel, Jos Olympio da Veiga Pereira, Pedro Lorenzini, Robert J. van Dijk, Srgio Cutolo dos Santos e Valdecyr Gomes

    Diretores: Alenir de Oliveira Romanello, Altamir Batista Mateus da Silva, Carlos Augusto Sa-lamonde, Carolina Lacerda, Celso Scaramuzza, Jair Ribeiro da Silva Neto, Luciane Ribeiro, Luiz Sorge, Luiz Fernando Figueiredo, Otvio Romagnolli Mendes, Richard Ziliotto, Saa Markus, Sylvio Arajo Fleury e Vital Meira de Menezes Junior

    Comit Executivo: Jos Carlos Doherty, Andr Mello, Ana Claudia Leoni, Guilherme Benaderet, Patrcia Herculano, Valria Aras Coelho, Marcelo Billi, Soraya Alves e Eliana Marino

    Rio de Janeiro: Avenida Repblica do Chile, 230, 13 andar CEP 20031-170 + 21 3814 3800

    So Paulo: Av. das Naes Unidas, 8501, 21 andar, CEP 05425-070 + 11 3471 4200

    www.anbima.com.br

    Expediente

  • 03

    ndice

    O que e para que serve a nova Classifi cao de Fundos? ..... 03

    A nova estrutura e a lgica do investimento ........................... 06

    Como a nova Classifi cao de Fundos ANBIMA te ajuda na orientao ao cliente? ............................................................ 08

    Simulao .............................................................................. 09

    Os trs nveis .......................................................................... 11

    Conhea cada um dos tipos de fundos ................................... 13

    Aes .................................................................................... 18

    Multimercado ........................................................................ 23

    Cambial ................................................................................. 28

    Resumo ................................................................................ 29

  • 04

    O que e para que serve a nova Classifi cao de Fundos?

    uma ferramenta criada para suportar uma deciso de investimento madura e consciente por parte dos investidores.

    Com a sofi sticao da indstria de fundos de investi-

    mento e a criao de inmeros produtos nos ltimos anos, tor-

    nou-se necessrio categorizar os fundos de forma que melhor se

    adequasse realidade. E isso que voc vai conhecer agora: a

    nova Classifi cao de Fundos da ANBIMA.

    Ela agrupa fundos de investimento com as mesmas

    caractersticas, identifi cando-os pelas suas estratgias e fatores

    de risco. Esse agrupamento facilita a comparao de performan-

    ce entre os diferentes fundos e auxilia o processo de deciso de

    investimento, alm de contribuir para aumentar a transparncia

    do mercado.

    A nova Classifi cao conta com trs nveis de detalha-

  • 05

    Investi dores e Pro ssionaisAgentes de

    Distribuio

    mento, que buscam refl etir a lgica do processo decisrio na hora

    de investir. Essa classifi cao foi inspirada nos padres interna-

    cionais, mas preserva as caractersticas da indstria brasileira. Sua

    criao contou com a contribuio de diversos atores importantes,

    como executivos do mercado de capitais, investidores, gerentes

    de agncias bancrias, profi ssionais das agncias de ranking e da

    equipe tcnica da ANBIMA.

  • 06

    A nova estrutura e a lgica do investimento

    Na nova Classifi cao de Fundos ANBIMA, os investimen-

    tos esto divididos em trs nveis sendo:

    1 Nvel: Classes de Ativos

    2 Nvel: Riscos

    3 Nvel: Estratgias de investimento

  • 07

    PRIMEIRO NVELClasse de Ativos que mais se adequa quele investidor.

    SEGUNDO NVELTipo de Gesto e Riscos, ou seja, o risco que o investidor est disposto a correr

    TERCEIRO NVELPrincipais Estratgias que se adequam aos objetivos e necessidades daquele investidor.

    O objetivo explicitar em cada nvel as estratgias e riscos associados a cada um dos fundos de investimentos disponveis em seu banco. A escolha feita no primeiro nvel leva a uma determinada direo no segundo nvel e assim por diante. Essa hierarquia cria um caminho que ajuda a orientar a deciso e conduz a um maior alinha-mento entre os anseios do investidor, suas restries e seu apetite ao risco, e os produtos disponveis para ele.

  • 08

    Como a nova Classifi cao de Fundos ANBIMA te ajuda na orientao ao cliente?

    Ao dividir os fundos em tipos ou categorias que ex-pressam objetivos, classes de ativos, riscos e estratgias similares, a classifi cao ajuda na comparao no apenas entre fundos, mas tambm permite compar-los com outras opes de investimento e benchmarks.

    Como a nova Classifi cao ANBIMA contribui para a transparncia do mercado?

    Segregar a diversidade de fundos oferecidos em tipos si-milares viabiliza tambm a construo de indicadores de captao e de rentabilidade que so fundamentais na anlise do desempenho dos fundos em relao mdia de mercado. Assim, a classifi cao tambm funciona como uma ferramenta de monitoramento da in-dstria de fundos.

  • 09

    O que pretende fazer com esse dinheiro?

    Qual o seu apetite ao risco?

    Quando precisa do dinheiro disponvel?

    Simulao

    Com a nova Classifi cao de Fundos, a deciso do inves-

    tidor se d em etapas. Cada escolha leva por um caminho e reduz

    o nmero de opes, o que facilita o processo. Veja na simulao a

    seguir que possvel indicar o melhor investimento a partir de trs

    perguntas:

  • 10

    Pretendo quitar o fi naciamento da minha casa

    No posso perder esse dinheiro

    Preciso do dinheiro em um ano, caso em 2016.

    Renda Fixa

    Durao Mdia

    Grau de Investimento

    2016

    2016

    2016

  • 11

    Primeiro nvel

    No primeiro nvel, os fundos esto agrupados por classe

    de ativos:

    1. Fundos de renda fi xa

    2. Fundos de aes

    3. Fundos multimercados

    4. Fundos cambiais.

    Segundo nvel

    Neste nvel, os fundos so classifi cados conforme o tipo

    de gesto (passiva ou ativa). Para a gesto ativa, a classifi cao

    desmembrada conforme a sensibilidade taxa de juros. Aqui esto:

    1. Fundos indexados

    2. Fundos ativos

    3. Fundos de investimento no exterior.

    Os trs nveis

  • 12

    Veja nas pginas 13 e 14 a descrio de cada um deles.

    Terceiro nvel

    Neste nvel os fundos so classifi cados de acordo com a

    estratgia do investidor. Enquadram-se aqui:

    1. Fundos soberanos

    2. Fundos com grau de investimento

    3. Fundos de crdito livre.

    Veja nas pginas 14, 15 e 16 a descrio de cada um

    deles.

  • 13

    Conhea cada um dos tipos de fundos de Renda Fixa

    Primeiro Nvel So trs tipos

    Renda Fixa Fundos que buscam retorno por meio de investimentos em ativos de renda fi xa (so aceitos ttulos sintetizados via derivativos), admi-

    RENDA FIXA

    SIMPLESSIMPLES

    PASSIVOPASSIVOPASSIVO

    ATIVO BAIXA DURAOATIVO MDIA DURAOATIVO ALTA DURAOATIVO LIVRE DURAOATIVO LIVRE DURAO

    INVESTIMENTO NO EXTERIOR

    RENDA FIXA SIMPLESRENDA FIXA SIMPLES

    NDICESNDICES

    SOBERANOGRAU DE INVESTIMENTOCRDITO LIVRE

    INVESTIMENTO EXTERIORDVIDA EXTERNA

  • 14

    tindo-se estratgias que impliquem risco de juros e de ndice de preos do mercado domstico. Excluem-se estratgias que impliquem exposio de moeda estrangeira ou de renda varivel (aes etc.). Devem manter, no mnimo, 80% da carteira em ttulos pblicos federais, ativos com baixo risco de crdito ou sintetizados, via derivativos, com registro e garantia das cmaras de compensao.

    Renda Fixa Crdito Livre Fundos que buscam retorno por meio de investimentos em ativos de renda fi xa, podendo manter mais de 20% da sua carteira em ttulos de mdio e alto risco de crdito (so aceitos ttulos sintetizados via derivativos), incluindo-se estratgias que impliquem risco de juros e de ndice de preos do mercado domstico. Excluem-se estratgias que impli-quem exposio de moeda estrangeira ou de renda varivel (aes etc.).

    Renda Fixa ndices Fundos que buscam seguir ou superar indicadores de desem-penho (benchmarks) que refl itam os movimentos de preos dos ttulos de renda fi xa, tais como o IMA Geral e seus subndices apurados pela ANBIMA (inclusive o IMA-S), por meio de investimentos em ativos de renda fi xa (ou ttulos sintetizados via derivativos), admitindo-se estratgias que impliquem risco de juros e de ndice de preos do mercado domstico. Excluem-se estratgias que impliquem exposio de moeda estrangeira ou de renda varivel (aes etc.).

    Segundo nvel

    O segundo nvel dos fundos de renda fi xa os classifi ca

    por tipo de gesto e os riscos associados a ela. So quatro grupos:

    Simples, Investimento no Exterior, Passivo e Ativo. Os trs primeiros

    so de gesto passiva, ou seja, investem em ativos usando um ndice

  • 15

    de referncia (benchmark), visando um desempenho prximo va-

    riao de tal indicador.

    Na gesto ativa, o gestor tem mais liberdade para com-

    por a carteira e busca rentabilidade superior ao um determinado n-

    dice de referncia, ou no se balizar em nenhum indicador. Na renda

    fi xa ativa, os fundos se dividem em graus de risco de mercado. Para

    medi-los, a ANBIMA utilizou o conceito de duration, ou de sensibili-

    dade s taxas de juros. So quatro tipos:

    Durao Baix