Click here to load reader

Caramujo achatina fulica

  • View
    732

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Caramujo achatina fulica

  • 1. BIOLOGIA ECONTROLE DEMOLUSCOS(Achatinafulica)

2. CARAMUJO GIGANTE AFRICANO?CARAMUJO GIGANTE AFRICANO? Moluscosterrestres, tropical,nativo do Leste dafrica 3. COMO FORAM INTRODUZIDOS?COMO FORAM INTRODUZIDOS? Em 1988, na cidade deCuritiba, atravs de uma feiraagropecuria, com a intenode incentivar a criao eposteriormente acomercializao de sua carne Atualmente, tal prtica proibida por Lei de CrimesAmbientais nmero 9.605 de12/02/98 4. CARACTERSTICAS E HBITOSCARACTERSTICAS E HBITOS 10 a 12 cm decomprimento at 500 g de peso olhos nas pontas doschifres maiores sensores de olfato noschifres menores aparelho genital dolado da boca 5. CARACTERSTICAS E HBITOSCARACTERSTICAS E HBITOS concha em forma de espiral logo abaixo da concha existem 3 orifcios poronde saem o ar, fezes e urina corpo composto de cabea e o restante sops so hermafroditas possuem hbitos noturnos so muito prolferos chegando a colocar 200ovos em cada postura 6. CARACTERSTICAS E HBITOS A cpula se d cerca de 4 vezes/ano, levandocerca de 16 dias para a postura, quandoenterram os ovos de 5 a 6 cm de profundidade A ecloso dos ovos demora cerca de 15 dias Atingem a maturidade sexual aos 5 meses deidade So ativos tambm no inverno 7. CARACTERSTICAS E HBITOS O tempo mdio devida do indivduodesta espcie, noBrasil, de 2 anos 8. RISCOS Este caramujo reservatrio daAngiostrongiliase, causada pelonematide(verme) Angiostrongilus costarricencespodendo causar uma leso meningoenceflicaou abdominal O verme pode perfurar a parede intestinal,causando hemorragias 9. RISCOS Na realidade, omolusco (caramujo) o hospedeirointermedirio, sendoos roedores urbanosos hospedeirosdefinitivos ereservatrios daverminose e o homemum hospedeiroeventual 10. SINTOMAS DAANGIOSTRONGILIASEABDOMINAL Dor abdominal,vmitos Febre prolongada Falta de apetite Tumores 11. SINTOMAS DAANGIOSTRONGILIASEMENINGOENCEFLICA Rigidez na nuca Dor de cabeaintermitente Dormncias diversas Cegueira, pelo fato doverme poder migrarpara os olhos 12. CONTROLE Catao manual e freqente, com luvas ou sacos plsticos Incinerao Eliminao dos ovos, queimando-os ou fervendo-os Eliminao dos caramujos com cloro (1 parte para 3 degua) e a seguir destruir as conchas, esmagar e depoisenterrar, para evitar que conchas abandonadas se tornemreservatrios de gua, propiciando a proliferao demosquitos No se deve permitira ao de crianas nacatao 13. CONTROLE Iscas: podem ser usadas cascas de legumes,material orgnico de origem vegetal, sempreumedecidos, colocados noite e retiradospela manh Pode-se utilizar tambm pedaos de rebocode parede com caiao 14. OBSERVAO Alm do risco das eventuais doenas citadas,ainda existem os prejuzos econmicos com adevastao das plantaes 15. FIMTreinamento desenvolvido pelos Departamentos Tcnico ede Comunicao da Astral Franqueadora

Search related