CALOGÊNESE EM Annona glabra L. ANNONACEAE

  • View
    226

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of CALOGÊNESE EM Annona glabra L. ANNONACEAE

  • FUNDAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDNIA

    Ncleo de Cincias e Tecnologia

    Programa de Mestrado em Desenvolvimento Regional

    e Meio Ambiente

    CALOGNESE EM Annona glabra L. ANNONACEAE

    ANDRINA GUIMARES SILVA BRAGA

    Porto Velho (RO)

    2012

  • FUNDAO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDNIA

    Ncleo de Cincias e Tecnologia

    CALOGNESE EM Annona glabra L. ANNONACEAE

    ANDRINA GUIMARES SILVA BRAGA

    Orientador: Prof. Dr. Maurcio Reginaldo Alves dos Santos

    Dissertao de Mestrado apresentada junto ao Programa de Ps-Graduao em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente, rea de Concentrao em Ambiente, Sade e Sustentabilidade, para obteno do ttulo de Mestre em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente.

    Porto Velho (RO)

    2012

  • ANDRINA GUIMARES SILVA BRAGA

    CALOGNESE EM Annona glabra L. ANNONACEAE

    Comisso Examinadora

    _______________________________________ Dr. Maurcio Reginaldo Alves dos Santos

    Orientador Fundao Universidade Federal de Rondnia/Embrapa Rondnia

    ________________________________________ Dra. Maria das Graas Rodrigues Ferreira

    Titular Embrapa Rondnia

    __________________________________________ Dr. Alexandre Martins Abdo dos Passos

    Titular Fundao Universidade Federal de Rondnia/Embrapa Rondnia

    ____________________________________________ Dra. Carolina Rodrigues da Costa Doria

    Suplente Fundao Universidade Federal de Rondnia

    Porto Velho, 27 de Agosto de 2012.

    Resultado: Aprovada.

  • D E D I C A T R I A Dedico a Deus, presena divina em minha vida, e ao meu querido e amado esposo Paulo Leandro Braga.

  • AGRADECIMENTOS

    Agradeo a Deus pela vida, grandes conquistas e oportunidades concedidas;

    minha famlia, base da minha vida;

    Ao meu orientador Dr. Maurcio Reginaldo Alves dos Santos, por ter aceitado me

    orientar no Programa de Ps-Graduao da Universidade, por seus ensinamentos,

    pacincia dispensada e seu exemplo como professor e pesquisador;

    Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuria (Embrapa) pela oportunidade de

    estgio e pelo suporte fsico e material no desenvolvimento desta pesquisa;

    Coordenao de Aperfeioamento de Pessoal de Nvel Superior (CAPES) pelo

    suporte financeiro durante o mestrado;

    coordenao, corpo docente e funcionrios do Programa de Ps-Graduao em

    Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente da Fundao Universidade Federal de

    Rondnia;

    Aos meus queridos pais, Sebastio e Alcilene, presena especial em minha vida;

    minha maninha, Adriele, pelo apoio e amizade;

    Ao meu grande amigo M. Renato Abreu Lima pela solidariedade, respeito, apoio e

    amizade verdadeira;

    s minhas queridas sogra e cunhada, Adelina e Ana Paula Braga, pelo respeito,

    companheirismo, risadas e conselhos;

    Ao Tcnico do Laboratrio de Biotecnologia Vegetal Tiego, pela ajuda prestada em

    todo o desenvolvimento do trabalho.

    s meninas do laboratrio de Biotecnologia Vegetal, Daniele, Eloisa, Jaqueline,

    Josilene, Laiza, Milene, Sandra e Smela, obrigada pelas conversas, risadas, diverso e

    conselhos.

    Ao Engenheiro Florestal Francisco Airton dos Santos pela disponibilizao de tempo e

    ajuda ao manusear o GPS.

    E aqueles que contriburam direta ou indiretamente com este trabalho, sou muito grata!.

  • Ficha catalogrfica elaborada por: Daniela Maciel

    CRB 638/11

    B813c Braga, Andrina Guimares Silva.

    Calognese em Annona glabra L. Annonaceae / Andrina Guimares Silva Braga. -- 201.

    46f. : il.

    Orientadora: Maurcio Reginaldo Alves dos Santos. Dissertao (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente)

    rea de Concentrao em Ambiente, Sade e Sustentabilidade, Universidade Federal de Rondnia, Porto Velho. Banca: Dra. Maria das Graas Rodrigues Ferreira, Dr. Alexandre Martins Abdo dos Passos, Dra. Carolina Rodrigues da Costa Doria

    1. Desenvolvimento Rural. 2. Sistemas Agroflorestais. 3. Agroecologia. 4. Solo Indicadores de qualidade. 5. Rondnia. I. Ttulo.

    CDD (21.ed.) 571.538

  • EPGRAFE

    Sucesso uma questo de no desistir, e fracasso uma questo de desistir cedo demais. (Walter Burke).

  • LISTA DE TABELAS

    Tabela 1. Anlise de varincia referente aos tratamentos de desinfestao de

    explantes foliares de A. glabra. Porto Velho-RO, Embrapa-Rondnia, 2012.

    30

    Tabela 2. Anlise de varincia referente aos efeitos dos reguladores de

    crescimento TDZ e 2,4-D na calognese em explantes foliares de A. glabra. Porto

    Velho-RO, Embrapa-Rondnia, 2012.

    33

  • LISTA DE FIGURAS

    Figura 1. Planta da espcie A. glabra, no campo experimental da Embrapa-RO. Foto: Andrina Guimares Silva Braga.

    18

    Figura 2. Flor de A. glabra, (A) uma fechada e duas que sofreram aborto. (B) Flor iniciando a sua abertura. Foto: Andrina Guimares Silva Braga.

    19

    Figura 3. Folhas de A. glabra. (A) Adaxial. (B) Abaxial. Foto: Andrina Guimares Silva Braga. .

    19

    Figura 4. Fruto verde de A. glabra. Foto: Laiza Nunes Limana.

    20

    Figura 5. Efeito das combinaes de tempo de imerso e concentrao de hipoclorito de clcio na desinfestao de explantes foliares de A. glabra. Porto Velho-RO, Embrapa Rondnia, 2012.

    31

    Figura 6. Desenvolvimento dos segmentos foliares, quanto induo de calos. Avaliao em sete dias (A); avaliao em 14 dias (B); explante com 21 dias (C) e com 28 dias de inoculao (D) e calo com mais de 28 dias (E). Foto: Andrina Guimares Silva Braga.

    37

  • RESUMO

    BRAGA, A.G.S. Calognese em Annona glabra L. Annonaceae. Dissertao (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente). 2012. 46f. Porto Velho. Fundao Universidade Federal de Rondnia. 2012. Annona glabra L. uma espcie nativa da Amrica Tropical, muito utilizada como porta enxerto, devido tolerncia do sistema radicular a condies de excesso de umidade no solo e induo de nanismo, possuindo potencial fitofarmacolgico, apresentando propriedades antibactericidas, antifngicas, inseticidas e citotxicas. A propagao tradicional desta espcie limitada devido transmisso de doenas no mtodo de estaquia e variabilidade gentica da propagao por sementes. O objetivo deste trabalho foi realizar o estabelecimento in vitro de explantes de A. glabra L. e promover a induo e formao de calos friveis em explantes foliares com a utilizao de combinaes de reguladores de crescimento, visando contribuir com o futuro estabelecimento de um protocolo de completo micropropagao da espcie. Foram coletadas folhas jovens, no campo experimental da Embrapa-Rondnia, os quais foram submetidos a teste de desinfestao com imerso em hipoclorito de clcio a 5 e 10% (p/v), por 15 e 30 minutos. Aps a desinfestao, as folhas foram segmentados em fragmentos de 1 cm2, os quais foram inoculados em meio Murashige & Skoog modificado com metade das concentraes de nutrientes e sem regulador de crescimento. Sete dias aps, foi avaliada a porcentagem de contaminao dos explantes. Para a induo de calos foi empregada a mesma metodologia, sendo que os fragmentos foliares foram inoculados em meio MS contendo uma combinao fatorial de 2,4-D (0, 2, 4 e 8 mg.L-1) e TDZ (0, 2, 4 e 8 mg.L-1). Os cultivos foram mantidos no escuro, em sala de crescimento, a 24 2C. Aos 28 dias foi realizada a avaliao quanto induo de calos. A desinfestao mais eficiente foi a imerso em hipoclorito de clcio a 10% por 30 minutos, resultando em 90% de desinfestao dos explantes. A maior porcentagem de induo de calos foi de 100% nos tratamentos com 4 e 8 mg.L-1 de TDZ, na ausncia de 2,4-D. Assim, recomenda-se o TDZ a 4mg.L-1 para a induo de calos em explantes foliares da espcie A. glabra. Palavras-chave: Micropropagao; Reguladores de Crescimento Vegetal; Cultura de Tecidos Vegetais.

  • ABSTRACT

    BRAGA, A.G.S. Calogenesis in Annona glabra L. Annonaceae. Dissertao (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente). 2012. 46f. Porto Velho. Fundao Universidade Federal de Rondnia. 2012. Annona glabra L. is popularly known as araticunzeiro-do-brejo and is an Amazonian species native of Tropical America with wide geographic distribution. The traditional propagation of this species is limited by transmission of diseases in cuttings and genetic variability in seed propagation. The objective of this study was the in vitro establishment of A. glabra L. and to promote the induction and formation of friable callus in leaf explants aiming the achievement of a micropropagation protocol of this species. Young leaves were collected from trees at the experimental field of Embrapa Rondonia and submitted to disinfection tests using immersion in calcium hypochlorite solution at 5 and 10% (w/v) during 15 and 30 minutes. After disinfection, leaves were cut in 1 cm2 fragments which were inoculated in Murashige & Skoog medium modified with half the concentration of nutrients and without growth regulators. Seven days after, the percentage of contamination was evaluated. For callus induction the same methodology was used and the leaf explants were inoculated in MS medium with factorial combination of 2,4-D (0, 2, 4, and 8 mg.L-1) and TDZ (0, 2, 4, and 8 mg.L-1). All the cultures were incubated in a growth chamber at 24 2C in the dark. Forty-nine days after the induction of callus was evaluated. The most efficient disinfection was obtained with immersion in c