APRESENTA‡ƒO Effective concentrations of garlic distillate (Allium sativum) for.pptx

  • View
    218

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of APRESENTA‡ƒO Effective concentrations of garlic distillate (Allium sativum) for.pptx

Slide 1

Effective concentrations of garlic distillate (Allium sativum) for the control of Tetranychus urticae (Tetranychidae)

Attia1, K. L. Grissa A. C. Mailleux, G. Lognay, S. Heuskin, S. Mayoufi4 & T. Hance1 Earth and Life Institute Biodiversity Research Centre, Universit Catholique de Louvain, Louvain-la-Neuve, Belgique2 Laboratoire dEntomologie-acarologie. Institut National Agronomique de Tunisie, Tunis, Tunisia3 Unit de Chimie analytique, Gembloux Agro-Bio Tech., Universit de Lige, Passage de D ports, Gembloux, Belgique4 Bioxtract, Gembloux Agro-Bio Tech, Universit de Lige, Passage des Dports, Gembloux, Belgique (Tetranychidae)Journal Applied Entomology 136 (2012) 302312 Qualis Capes: B11CONCETRAES EFICAZES DE DESTILADO DE ALHO PARA CONTROLE DO CARO RAJADOIntroduo1900 - caro-rajado, Tetranychus urticaeDiversidade de plantas hospedeirasAcaricida qumicoResistncia

--Tem sido relatado espcies hospedeiras em todo o mundo--utilizao de alguns acaricidas selectivos, tais como os organofosforados, carbamatos, dicofol, hexitiazox, clofentezina, abamectina, bifentrina e clorfenapir --Algumas populaes desenvolveram resistncia alguns produtos qumica utilizados para seu controle, --Assim, a utilizao de inseticidas qumicos devem ser rejeitada, tanto por sua ineficincia como por razes ecolgicas. 2IntroduoPlantas produzem substncias que funcionam como mecanismo de defesaModo de ao dos produtos qumicos naturaisPoluio baixa ou inexistenteNo so txicos para o homem

MULTIAO: evitar a alimentao, atividades repelentes, a muda e a inibio da respirao, crescimento e reduo da fecundidade, e interrupo da cutcula Esta combinao de mltiplos modos de ao vantajoso, porque atrasa o desenvolvimento de resistncia entre as populaes de pragas de artrpodes 3Introduoleos EssenciaisEfeito repelenteFitotoxicidadeAlternativa: pesticidas qumicosDabrowski e Seredynska (2007) propriedades acaricidas de extrato aquoso de alho

Os leos essenciais tm curta atividade residual e so menos persistentes do que pesticidas convencionais, porque eles tendem a ser volteis e so sensveis temperatura e degradao por luz UVPESQUISAS tm demonstrado efeitos repelentes aos caros para vrios diferente leos essenciais. Enquanto leos essenciais podem ser eficazes contra certas pragas artrpode, uma preocupao associada com a sua utilizao a possibilidade de leso planta ou fitotoxicidade IMPORTNCIA DA CONCENTRAO DO EXTRATO!!

Alho tambm um repelente de uso humano contra carrapatos4IntroduoEstudos dos efeitos biolgicos e fisiolgicos do alho Compostos de enxofreAlicina: com ao do calor: dissulfetos de alila (77%)Atividade acaricida

Atividade contra vrias bactrias e fungos PESQUISAS REFERENTE A ATIVIDADE ACARICIDA TEM RECEBIDO MENOR ATENO5ObjetivoAvaliar a eficcia de destilados de alho sobre a fecundidade e as taxas de mortalidade de T. urticae. Determinar com preciso a concentrao mais eficiente.Composio qumica do A. sativum

Anlise de 21 concentraes diferentes do extrato de alho foi realizada. Composio qumica do A. destilado sativum foi caracterizado por de alto desempenho de fase reversa cromatografia lquida acoplada com fotodiodo matriz de deteco, GC / MS e rpida GC-FID, contra padres autnticos (normas, BioExtract), a vali-datar a sua utilizao no manejo de 6ObjetivoAvaliar a eficcia de destilados de alho sobre a fecundidade e as taxas de mortalidade de T. urticae. Determinar com preciso a concentrao mais eficiente.Composio qumica do A. sativum

Anlise de 21 concentraes diferentes do extrato de alho foi realizada. Composio qumica do A. destilado sativum foi caracterizado por de alto desempenho de fase reversa cromatografia lquida acoplada com fotodiodo matriz de deteco, GC / MS e rpida GC-FID, contra padres autnticos (normas, BioExtract), a vali-datar a sua utilizao no manejo de 7Material e MtodosColeta de caros pomares de citros na Tunsia Transferido para um ambiente controlado (Laboratrio da Pesquisa em Biodiversidade - Blgica)

8Metodologia

Para cada tratamento foram utilizadas = 25 caros5 repetiesA estirpe foi criado em folhas de feijo folhas colocado em placas de petri e algodo umedecido com gua (Phaseolus vulgaris) em placas de Petri (Over-Meer 1985). Apenas Adultos jovens (24 h de idade) do sexo feminino foram escolhidas para o bioensaio.9Metodologia

Cultivado no norte da Tunisia --Alho orgnicoO alho (A. sativum) (var. Cristo) utilizada para este estudo foi cultivado em Hammamet, no norte de Tunisia, e estava livre de qualquer tratamento qumico (produtos orgnicos). As amostras foram alho colhido, classificado para a uniformidade e inspecionada para garantir a ausncia de defeitos, antes de sendo armazenado -2 C at anlise10HidrodestilaoDestilao a vapor do extrato de alho

Foi realizado destilao a vapor do extrato de alho a partir de 10 kg de dentes de alho por hidrodestilao para 3 h utilizando um aparelho do tipo Clevenger e foi diluda 1:100 em etanol absoluto.11Tratamentos7,49, 8,24, 9, 9,72, 10,44, 11,23, 11,99, 12,69, 13,5, 14,2 e 14,97 mg/l21 concentraes de destilado de alho0,36 0,74 1,49 2,25 2,99, 3,74, 4,5, 5,24, 5,99, 6,75foram 21 concentraes de destilado alho (0,36, 0,74, 1,49, 2,25, 2,99, 3,74, 4,5, 5,24, 5,99, 6,75, 7,49, 8,24, 9, 9,72, 10,44, 11,23, 11,99, 12,69, 13,5, 14,2 e 14,97 mg / l) durante um tempo de exposio de 1,5 min.12Aplicao destilado de alho

Potter spray towerCada tratamento foi aplicado pelo tempo de 1,5 minutosControle: gua com lcool 50cmPara pulverizar os caros sobre os discos de folha a uma presso de 1,4 bar no 20 2 C. A distncia entre o bocal de pulverizador as folhas foi de 50 cm. Os testes foram repetidos cinco vezes por concentrao. Os testes de controlo foram conduzidas utilizando gua e etanol13Metodologia: mortalidadeAps 72hs= foi verificado a mortalidade Taxa mortalidade=Nmero de bitosMdia de bitos do controleNmero total de fmeasPara cada concentrao, foi calculado a taxa de mortalidade (nmero de bitos significa ps-tratamento menos a mdia do nmero de mortes no controlo) a dividir pelo nmero total de fmeas em o incio dos testes (25 do sexo feminino). Cada tratamento foi repetido cinco vezes, e o nmero mdio de mortes foi calculada a partir das cinco repeties. A distribuio das taxas de mortalidade foi melhor ajuste com uma curva sigmoidal (Log probit).

14Fecundidade

0,36 e 0,74 mg/l

Concentraes sub letais Concentraes sub-letais (0,36 e 0,74 mg / l) foram usado para testar o efeito do vapor de destilado de alho fecundidade das fmeas (25 fmeas). Aps pulverizao, cada fmea foi transferida para um disco de folha de feijo (diamametro = 15 mm) para verificar se h fecundidade. O nmero de ovos postos pelas fmeas tratadas foi gravado para uma periodo de 12 dias antes de ser destrudo15Anlises QumicasAnlise GC/MS Anlise GC rpidaAnlise HPLCAnlise CG/MSCromatografia Gasosa com espectrmetro de massa

17Cromatografia rpida

Thermo AS 3000 autosampler18HPLCCromatografia lquida de alto desempenho

De acordo com Mondy et ai.(2001), HPLC mais conveniente para a anlise de compostos volteis de alho e permite quantificao simultnea de alicina e a diferenciao degrupos txonmicos de espciesAllium.

19Material e MtodosEstatstica:DL50 e DL90 : Programa StatPlus 2009, AnalystSoft Inc

DL= DOSE LETAL

20RESULTADOS E DISCUSSO

Recorded (n) and predicted (; probit model) mortality of Tetranychus urticae females exposed to increasing concentrations of garlic distillate. Each data point represents the per cent mortality of 25 females.

13,5 mg/l7,49 mg/lConcentraes subletais 0,36 mg/l 0,74 mg/lRegistro (n) e previso(-; modelo probit) da mortalidade de Tetranychus urticae fmeas expostos a concentraes crescentes de alho destilado. Cada ponto de dados representa a porcentagem de mortalidade de 25 de fmeas.Depois de 72 h, todos os caros no grupo de controlo ainda estavam vivo. Algumas mortalidade foram observados a 0,36 e 0,74 mg / l de alho destilado, e foi atividade acaricida reforada com concentraes crescentes.A mortalidade de fmeas aumentou com o aumento concentraes de destilado alho, o que demonstra que o produto da destilao txico. LD 50 e LD 90 e sim CD concentrao letal, CD 50 para matar 50% da populao a concentrao seria 7,43 mg/l e CD90 13,5 mg/l.

22Mean (+SE) cumulative numbers of eggs laid by female Tetranychusurticae following treatment with a 0.36- or 0.74-mg/l garlicdistillate, or treatment with a control solution (water and ethanol).

A mdia (+ EP) nmeros cumulativos de postura de ovos de fmeas de Tetranychus Urticae tratamento com um ou 0.36- 0,74 mg / l destilado de alho e tratamento com uma soluo de controle (gua e etanol).Fecundidade foi claramente afetado por baixas concentraes de extrato (tabela 1, fi g. 2). Os valores mximos para o nmero acumulado de ovos foram significantemente reduzida em relao ao controle para ambas as concentraes do extrato (0,36 e 0,74 mg / l) (tabela 1), enquanto os outros dois parmetros no foram estatisticamente diferentes.Embora a concentrao mais baixa (0,36 e 0,74 mg / l) no afeta a sobrevivncia das fmeas, porm afeta a fecundidade em comparao controle.Trabalho de resistencia de acaros em tomate com altos teores de acilaucares produzindo antixenose = reduzindo o numero de ovos viaveis e tempo de vida.

23Comparison between the cumulative numbers of eggs laidby the females treated with the two solutions of garlic distillate (0.36and 0.74 mg/l) and with the control solution.

A comparao entre os nmeros cumulativos de ovos ovipositados pelas fmeas tratadas com as duas solues de alho destilado (0,36? E 0,74 mg / l) e com a soluo de controle.Parmetros: M, o valor de patamar que indica o nmero mximo deprole; h, a encostaQuantos ovos cada femea ovipositou acumulados em 12 dias de analise24

Major constituents of garlic distillate and their relative proportions in the pure disti