103
António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

António Albano Baptista Moreira

DIREÇÃO E LIDERANÇA

Page 2: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Aula 1 – 14/02/2014

Apresentação pessoalA disciplinaOrganizaçãoExpectativasCalendárioFilmeGestão, quais os desafios ?

OBJETIVOS

Page 3: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Dados do professor

António Albano Baptista Moreira

http://www.antonioabmoreira.adm.brprofantonioabmoreira@[email protected] antonioabmoreira antonioabmoreiraaabmoreira

http://www.antonioabamoreira.wordpress.com

Page 4: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Apresentação• Formado em Administração e Pós Graduado em Gestão Estratégica;• Executivo Sênior de TI em Multinacionais de Classe Mundial;• Instrutor do Sebrae para o EAD e cursos de Empreendedorismo;• Coordenador do Curso Gestão Estratégica de Pequenas e Médias Empresas;• Professor de Empreendedorismo

e Gestão;• Coordenador de EAD;• Consultor de TI, Gestão e BI;• Palestrante;• Cineasta, roteirista e fotografo.

Page 5: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Contrato

Objetivos comuns, quais?OrganizaçãoIntegraçãoParticipaçãoCrescimentoResultados a atingir?

Page 6: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Metodologia

Aulas expositivas com apoio de slides e quadro, filmes, estudo de casos, trabalhos individuais, filmes e debates.

Page 7: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Material de apoio

Cópias de apostilas, indicação de capítulos de livros, sites, etc.

Uso do site, da OPET, meu ou públicoLogin e senhaComo usar

Page 8: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Ao final o que levaremos ?APRESENTAÇÕES

VISÃO DA DISCIPLINA

FUNCIONAMENTO

O PROCESSO DA GESTÃO

INFORMAÇÕES

LIDERANÇA

Page 9: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

De que se trata ...Nesta disciplina, o aluno irá se familiarizar com aspectos de relacionamento interpessoal e gerenciamento de equipes a fim de torná-lo capaz de identificar aspectos comportamentais, reconhecendo as diferenças individuais para poder agir de forma assertiva como líder. Por meio da apresentação e discussão integrada dos conceitos e fundamentos sobre autoconhecimento, percepção, relacionamento interpessoal, estilos e técnicas de liderança, motivação e comunicação, bem como por intermédio de dinâmicas de grupo e resoluções de casos práticos empresariais em sala de aula. O aluno saberá diferenciar o comportamento gerencial do organizacional, conseguindo compreender as especificidades de estilos e diferenças situacionais na prática de gerenciar pessoas nas organizações; identificando características de relacionamento que são importantes para o administrador moderno.

Page 10: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

CompetênciasNº Descrição Nível

1

Estabelecer práticas gerenciais e de liderança, a partir do entendimento das características das pessoas e das equipes e que sejam coerentes com os objetivos e cultura da empresa.

F

2

Identificar atitudes e comportamentos que permitam construir relacionamentos profissionais conquistando a confiança do outro, por meio do auto-conhecimento e empatia, visando aperfeiçoar o gerenciamento de pessoas nas organizações empresariais.

N

3Comunicar-se de forma eficaz e eficiente no ambiente organizacional, a fim de aprimorar o relacionamento e o gerenciamento de pessoas nas empresas.

N

4

Identificar o processo de mudança organizacional, de modo que possa adaptar-se às mudanças e também contribuir para as mudanças necessárias a atender os objetivos das áreas e da empresa.

I

5Tomar decisões, considerando a importância da informação e os ambientes de decisão, para solucionar problemas organizacionais.

I

Page 11: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

6 Desenvolver um plano individual que agregue valor na Organização em posições de liderança

N

7 Ser capaz de liderar pessoas com foco na formação de equipes.

N

8

Possibilitar aos gestores de linha (clientes internos) o desenvolvimento necessário de sua equipe com foco no equilíbrio entre valor humano e disciplina.

I

9

Demonstrar aos lideres da empresa que liderança não se aprende e sim se desenvolve com base no equilíbrio de gestão, na ética, no valor dos bons resultados visando lucratividade com sustentabilidade da organização.

I

10Abordar processos de trabalho em equipe com sincronia, sinergia, motivação foco nos resultados do trabalho de equipe.

I

Page 12: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Apoio bibliográfico

Page 13: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Apoio bibliográfico Bibliografia ComplementarReferência ExemplaresALBRECHT, Karl. Agregando valor a negociação. São Paulo: Makron Books,1995. 20 PO

HUNG, Tom. Qualidade começa em mim: manual neurolinguístico deliderança e comunicação. Osasco: Novo Século, 2002. 5 PO

HALL, Calvin S; LINDZEY, Gardner; CAMPBELL, John B. Teorias dapersonalidade. 4. ed. Porto Alegre: Artmed, 2000.20 PO

BERGAMINI, Cecília Whytaker. Motivação nas Organizações. 4 ed. São Paulo:Atlas, 1997.8 PO

COVEY, Stephen R. Liderança Baseada em Princípios. 10 ed. Rio de Janeiro:Elsevier, 2002.7 PO

Page 14: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Apoio bibliográfico - Livros de trabalho

TÍTULO AUTOR/EDITORA

O monge e o executivo James C. Hunter

Page 15: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Nossos encontros

Page 16: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Nossos encontros

Page 17: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 18: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

DATA Nºs COMPETÊNCIAS AVALIADAS INSTRUMENTOS DE AVALIAÇÃO

28/02/2014 LEITURAS/COMPETÊNCIAS 1 E 2 TRABALHO INDIVIDUAL CHTAE 3 horas

28/03/2014 COMPETÊNCIAS 1 A 6 INDIVIDUAL ESCRTIA

21/03/2014 COMPETÊNCIAS 1 A 6 TRABALHO INDIVIDUAL CHTAE 3 HRS

11/04/2014 COMPETÊNCIAS 6 E 7 TRABALHO EM EQUIPE CHTAE 4 hrs

16/05/2014 COMPETÊNCIAS 1 A 10 TRABALHO EQUIPE CHTAE 4 HORAS

23/05/2014 COMPETÊNCIAS 7 A 10 INDIVIDUAL ESCRTIA

Page 19: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Material adicional

Page 20: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Na internet ...

Page 21: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Retomando ...

Page 22: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Você sabia que ....?

Page 23: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

E AGORA JOSÉ ?

Page 24: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Debate

O que o filme impacta nas nossa vidas?O que impacta profissionalmente?Qual a importância dos dados mostrados para

o marketing?Como é pensar mudanças?O que vem a ser estar preparado?

Page 25: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Mudanças estão

acontecendo muito rápido !

Page 26: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 27: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 29: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 30: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Vamos tentar responder

O que está por trás de tudo isso ?

Simples, o ser humano !

Page 31: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

“Todo o ser humano é movido por uma dualidade constante, precisa ser uma estrela solitária e pertencer a um grupo vitorioso”

Ernest Becker

Page 32: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 33: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

AmarSer amadoSer reconhecidoDeixar um legado

Page 34: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

CADA UM ACHA SUA TURMA

Page 35: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Um propósito, um sentido sem comando, uma identificação !

Page 36: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

36

PÁSSAROS COM A MESMA PLUMAGEMVOAM EM BANDO

Page 37: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

O que responder

O que é gestão?Importância da tecnologia da gestão?Ciclos da gestão?Processo de gestão?Processo de planejamento?

Page 38: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Vamos ao conteúdo

GENERALIDADESSOBRE

ADMINISTRAÇÃO

Page 39: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Nova economia X Velha economia ?Nova empresa X Velha empresa ?

Nova gestão X Velha gestão ?Novo consumidor X Velho consumidor ?

Novo administrador X Velho administrador ?

OS NOVOS DESAFIOS

Page 40: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Revista Época Negócios, março 2007, pág. 170

Page 41: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Humm ......

Page 42: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

O profissional ? Criatividade Adaptabilidade Resiliência Conhecimento e voltado para prática Foco em metas Resolução de problemas Tomada de decisão Espírito de equipe Busca de oportunidades

Page 43: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Dados da importância das PMEs

6,5 milhões de PMEs no País; 50 mil Médias; 60% de todos os empregos com carteira;

19,6 milhões de trabalhadores

Page 44: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Cenário atual

Globalização dos negócios e em criseComplexidade e volume das variáveis em jogoGrande volume de dadosDisponibilidades de inúmeras informaçõesDecisões rápidasInconstância dos mercadosComplexidade das organizaçõesO cliente é mutante e infielCrescimento dos concorrentesAnálise complexa – questões

impossíveis de se prever.RESULTADO

Page 45: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

30 a 61% morrem no primeiro ano;

40 a 68% no segundo ano;

55 a 73% no terceiro ano.

Page 46: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Problemas das PME´s

A taxa de mortalidade das empresas até três anos após sua criação :

30 a 61% morrem no primeiro ano;

40 a 68% no segundo ano;

55 a 73% no terceiro ano.

Page 47: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

O Ambiente nas PME’s

Sobrevivência e Mortalidade das Empresas Paulistas de 1 a 5 anos :

      Falta de Capital de Giro;      Falta de crédito;      Problemas Financeiros;      Maus pagadores;      Falta de Clientes;      Concorrência muito forte;      Instalações inadequadas;      Ponto inadequado;      Carga tributária elevada;      Fala de mão-de-obra qualificada;      Falta de conhecimentos gerenciais;      Recessão econômica no país.

Page 48: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

1º Falta de Capital de Giro - 42 % 2º Falta de Clientes - 25 % 3º Problemas financeiros - 21 % 4º Maus Pagadores - 16% 5º Falta de Crédito - 14%

Fatores condicionantes e taxa de mortalidade de empresas no Brasil Sebrae - Relatório de Pesquisa Brasília Agosto 2004

Page 49: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

O Ambiente nas PME’s

56%

35% 35%31%

15%11%11%

8%

67%

28%28%27%

17%12%

5% 8%

0%

20%

40%

60%

80%

100%

Encerradas Em atividade

clientes semdinheiro (criseeconômica)sincroniz.caixa daempresafalta declientes

concorrênciamuito forte

acesso acrédito

problemaslegais (açõestrab., fiscaliz.)outras

nenhuma

Principais dificuldades na condução da empresa :

Page 50: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Houve redução de custos em sua empresa após a aplicação dos novos conhecimentos e informações?

APENAS AQUELES QUE LERAM E APLICARAM AS INFORMAÇÕES DA CARTILHA

Base: 97 respondentes

40%

38%

22%Sim

Não

Não Sabe

Page 51: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Em quanto por cento os custos da empresa foram reduzidos (média) ?

APENAS AQUELES QUE LERAM E APLICARAM AS INFORMAÇÕES DA CARTILHA E REDUZIRAM CUSTOS

13%Base: 39 respondentes

Page 52: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Como ?

Administração / Gestão

Page 53: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

GestãoAlocar recursos para atingir resultadosOrganizar com um propósitoFazer as coisas aconteceremConhecimento em resultadoTudo isso para atingir um objetivo

Page 54: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Antes de mais ...

O que é essa tal

De Gestão ?

Page 55: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

GestãoProcesso ou resultado?Alocar recursos para atingir resultadosOrganizar com um propósitoFazer as coisas aconteceremConhecimento em resultadoResultado, Resultado,Resultado ...

Page 56: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Então ...A melhor forma de organizar as pessoas e

recursos para maximizar a produtividade, a

inovação, a geração de valor.

Page 57: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Ciclo da GestãoPreverPlanejarOrganizar / liderar

ControlarAvaliar

Page 58: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Prever ...Planejar ...

Organizar ...Controlar ...

Avaliar ...Prever ...Planejar ...

Organizar ...Controlar ...

Page 59: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Uma viagem

Presente Futuro

Objetivos

Necessidades

Tomada de decisões

Page 60: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

O que temos que ser ?

Uma mistura de mãe Diná com MacGyver

O Gestor é um criador ...

Page 61: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Ou ...

P – PlanD – DoC – CheckA - Act

Page 62: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 63: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Gestão deExcelência

Classe Mundial

Page 64: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

PADRÕESPRODUTIVIDADE

QUALIDADECRITÉRIOSEFICIÊNCIA

EFICÁCIAEFETIVIDADEGERAR VALOR

Page 65: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 66: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

TUDO ISSO COM ....ÉticaMoralTransparênciaSatisfação dos colaboradores

Responsabilidade socialSustentabilidade

Page 67: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Critérios de Excelência na GestãoFundamentos

1. Pensamento sistêmico2. Cultura de inovação3. Geração de valor (resultado e cliente)4. Orientação por processos e informações5. Conhecimento sobre o cliente e mercado6. Aprendizado organizacional7. Liderança e constância de propósitos8. Visão do futuro9. Valorização das pessoas10. Desenvolvimento de parcerias11. Responsabilidade ética e social

Page 68: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Empresa como um Processo

Page 69: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 70: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Posicionamentos empresariais

Fase incial :Visão D/D - de dentro para dentro da empresa.

EFICIÊNCIA – Fazer as coisas bem feitas.

Posicionamento limitado:Visão D/F ou - de dentro para fora da empresa ou inverso.

F/D Concorrente, Fornecedor, Cliente.EFICÁCIA – Fazer bem feito só o que precisa ser feito.

Competetividade, visão estratégica :Visão F/F - de fora da empresa para fora da empresa.

EFETIVIDADE – Manutenção da Eficácia no tempo.

NECESSIDADE – Mudança de perfil conforme a evolução.

Page 71: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

ClientePercepção

EmpresaOferece

Preço Concorrência

Vantagem /Ação

Estratégia

NecessidadeAtendida

Produto Baixo AltaProcessoCustos

Controle eMelhoria

Conforto Solução Médio MédiaOrganização Treinamento

Atendi-mento

Realização de Sonhos Prazer

AcimaMédia

BaixaMercadoEficácia

Diferencia-ção

Ser Único Conceito Alto Muito baixaPesquisa &Desenvolv.

Inovação

Page 72: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

ESTRATÉGIAS SIGNIFICADO

Penetração de Mercado Exploração de produtos tradicionais em mercados tradicionais

Desenvolvimento de Mercado Produtos tradicionais em novos mercados

Desenvolvimento de Produto Produtos novos em mercados tradicionais

Diversificação Novos produtos em novos mercados

Diferenciação Identidade forte do produto

Liderança do custo Baixo custo e baixo preço do produto

Foco Atuação em nichos de mercado

Defesa Permanência no mesmo mercado

Prospecção Busca de novas oportunidades

Análise Atuação em dois tipos de mercados

Reação Incapacidade de fazer ajustes

Estabilidade Permanência no mesmo mercado

Crescimento Busca de novas oportunidades

Redução de despesas Eliminação de desperdícios

Alianças Estratégicas Parcerias com empresas, mesmo concorrentes, para explorar oportunidades

Page 73: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Missão

Visão

Valores

Estratégia

Metas

Pessoas

Processos

Page 74: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

De outra forma ...Toda a empresa ou indíviduo de sucesso se

alicerça em algumas coisas importantes:1. Missão2. Visão3. Roteiro4. Produto5. Processos6. Estratégia7. Pessoas

ALMA

TÉCNICA

HABILIDADES PESSOAIS

Page 75: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Vamos nos organizar

Page 76: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Processo de GestãoTomada de decisão que leve ao

resultado desejado.

Mais valor para a empresa através de mais valor para o

cliente.

Page 77: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Tomada de Decisão:

Para agregar Valor e

Gerar Vantagens

Competitivas.

Page 78: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Gerir é ...Tomar decisões !!

Programadas eNão programadas

Page 79: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Tomada de decisão

Problema

Diagnóstico

Alternativas

Decisão

Avaliação

Page 80: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Fases da tomada de decisãoFases do processo Detalhes Técnicas

5. Avaliação Confronto com os objetivos e metas

Análise das vantagens e desvantagensÁrvore de decisõesBIIndicadores

4. Decisão Fazer chegar a todos os níveis

Pesquisas de satisfação

3. Alternativas Definição dos cenários e consequências de cada um.

BrainstormingBrainwritingBusiness Intelligence

2. Diagnóstico Busca de entendimento Informações, Sistemas,Pareto, Ishikawa, etc.

1. Problema / Meta Resolução ou busca de objetivo

PlanejamentoResultados, Pesquisas

Page 81: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

+ Lucratividade+ Rentabilidade+ % de Mercado

A Gestão

É achar soluções mais criativas e diferentes que os concorrentes nas circunstâncias restritivas

dos mercados atuais. Mais valor por real.

Page 82: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Gerencial

Estratégico

Coleta e Controle dos Dados

Análise

Decisão

Operacional

Organização dos Dados

Informação

+ Lucratividade+ Rentabilidade+ % de Mercado

Page 83: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

A Gestão

É achar soluções mais criativas e diferentes que os concorrentes nas circunstâncias restritivas dos mercados atuais. Mais valor por real.

Lucratividade

Rentabilidade

Endividamento

Capital de Giro

Mercado

Patrimônio Líquido

Page 84: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

INDICADORESDESEMPENHO

METAS

CUSTO, EFICÁCIA, DESPERDÍCIO, ETC.

Lucratividade

Rentabilidade

Endividamento

Capital de Giro

Mercado

Patrimônio Líquido

Page 85: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

+ Lucratividade+ Rentabilidade+ % de MercadoINDICADORES

METAS

LUCRATIVIDADE : CUSTO, EFICÁCIA, DESPERDÍCIO, ETC.

Page 86: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Gerencial

Estratégico

Coleta e Controle dos Dados

Análise

Decisão

OperacionalOrganização dos Dados

Informação

+ Lucratividade+ Rentabilidade+ % de Mercado

INFORMAÇÕES

OBJETIVOS

Page 87: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

PermanecerViva !!

Page 88: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

SANTO

GRAAL

VIDA

ETERNA

Page 89: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

MODELO ORGANIZACIONAL

PROCESSOS

TECNOLOGIA INTELIGÊNCIA HUMANA

Foco nos produtos

Sistemas não Integrados

Estrutura funcional

MERCADO

Em busca do “Santo Graal”Em busca do “Santo Graal”

Page 90: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

• Gerir com técnica;

• Buscar informações;

• Usar as informações ao tomar decisões.

Page 91: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Sem dados não há gestão ...

Gestão – Prever, Planejar, Organizar, Controlar e Avaliar

Sem controle não há Gestão

Não existe controle sem medir

Page 92: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Quais Dados ? Dados que reflitam a atividade;

Dados que permitam prever o futuro;

Dados que permitam planejar;

Dados que permitam controlar a atividade.

Page 93: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Os desafios das empresas

Exemplo

Demanda por maior variedade de Demanda por maior variedade de

produtosprodutos

Mais serviços agregadosMais serviços agregados

Produtos customizadosProdutos customizados

Menor tempo de resposta e Menor tempo de resposta e

acuracidadeacuracidade

CaracterísticasCaracterísticas

6

20

32

15

2710

26

33

10

21Mesmo dia

24 horas

2 a 4 dias

1 semana

> 2 semanas

1998 2003

Lead Time esperadoLead Time esperado

Page 94: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Os desafios

Demanda por maior variedade de Demanda por maior variedade de

produtosprodutos

Mais serviços agregadosMais serviços agregados

Produtos customizadosProdutos customizados

Menor tempo de resposta e acuracidadeMenor tempo de resposta e acuracidade

Page 95: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Rapidez de resposta Atender a volatilidade da

demanda

Agilidade Adaptar a cadeia para prover custo /

serviço ótimo

Inteligência

Maximizar de toda informação disponível

Lean “enxuto”

Minimizar perdas e maximizar o uso de ativos

• Tempos menos de distribuição e Tempos menos de distribuição e entregaentrega• Embarques mais freqüentesEmbarques mais freqüentes• Tamanho de lotes e pedidos menoresTamanho de lotes e pedidos menores (make-to-order)(make-to-order)

• Acomodação de maior variabilidade de Acomodação de maior variabilidade de demandademanda• Suporte à rápida troca de mixSuporte à rápida troca de mix• Utilização de vários modos de distribuiçãoUtilização de vários modos de distribuição• Capacitação confiável de available-to-Capacitação confiável de available-to-promisepromise• Visibilidade da movimentação de produtosVisibilidade da movimentação de produtos• Acesso compartilhado de dadosAcesso compartilhado de dados

• Investimento otimizado em inventáriosInvestimento otimizado em inventários• Operação focadaOperação focada• Uso efetivo de parceirosUso efetivo de parceiros

Princípios Chave Princípios Chave Necessidades Necessidades

Princípios-Chave das indústrias

Page 96: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Então a situação é - empresasGlobalização dos negóciosComplexidade e volume das variáveis em jogo, grande volume de dadosVida pessoal agitada.Disponibilidades de inúmeras informaçõesDecisões rápidasInconstância dos mercadosComplexidade das organizaçõesO cliente é mutante e infielCrescimento dos concorrentesAnálise complexa – questões

impossíveis de se prever.

Page 97: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

A situação hoje -

Criatividade Adaptabilidade Resiliência Conhecimento e voltado para prática Foco em metas Resolução de problemas Tomada de decisão Espírito de equipe Busca de oportunidades

O perfil profissional exigido

Page 98: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Como resolver ???

Page 99: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Processo aprendizagemMapas mentais / resumos / esquemas5W3HPerguntas:

Definição? O que é? Para que serve?Porquê? Qual a causa? Como surgiu?Quais conseqüências?Pontos +, vantagens? Pontos -, desvantagens?Contribuições, aplicações práticas? Como faz?Mensuração?Como posso uso pessoalmente?

Fechar os conceitos

Page 100: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Para a próxima aula ...

• Pesquisar sobre Mapa mental e 5W3H.• Baixar o livro “O monge e o executivo”

• Decidir (prof.):• Material de apoio• Bibliografia selecionada• Disponibilizar

Page 101: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

Obrigado

Page 102: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA
Page 103: António Albano Baptista Moreira DIREÇÃO E LIDERANÇA

BOA NOITE

OBRIGADO !!!!