A Cova 2012.2

  • View
    226

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista do Centro Acadêmico Santos Dumont (CA dos alunos do ITA)

Text of A Cova 2012.2

  • LEITURA A brasilidade passada e contempornea de Os Sertes

    So Jos dos Campos, Julho de 2012.

    Te

    rc

    eir

    a E

    di

    o

    Atltica realiza

    Olimpadas Internas e

    Esquenta Junino

    T-85 patrocina

    reforma da

    Quadra do C

    Casdinho no pra

    de crescer e traa

    metas para 2012

  • Edio Geral

    Lamounier Soares, T14 lamounier.soares@gmail.com

    Projeto Grfico e

    Diagramao

    Alexandre Ferraz, T15 alexandreferoli@gmail.com

    Sarah Villanova, T16 villanovaborges@gmail.com

    Redao

    Diego Mamede, T12

    Editorial........................................................................

    E-mail do leitor.............................................................

    Iniciativas: Casdinho....................................................

    Iniciativas: AASD..........................................................

    Opinio: Onde ficam Os Sertes............................... Iniciativas: Frmula ITA..............................................

    Iniciativas: Atltica.......................................................

    Palavra do Presidente...................................................

    Iniciativas: RedeCASD..................................................

    Iniciativas: eITA............................................................

    Capa: O Encontro Musical 2012..................................

    Iniciativas: ITAndroids................................................

    Tartarugas Ninja: Dica.................................................

    Tartarugas Ninja: Rafael..............................................

    Tartarugas Ninja: Donatello.........................................

    Tartarugas Ninja: Michelangelo..................................

    Tartarugas Ninja: Leonardo.........................................

    Julho de 2012

    Coveiros

    NDICE

    Agradecemos a todos que contriburam para o sucesso desta

    edio, mesmo que no citados.

    3

    3

    4

    5

    6

    7

    8

    11

    12

    13

    14

    18

    20

    21

    22

    24

    26

    Bernardo Jacintho, T14 Casdinho

    Guilherme Cavalheiro e

    Rayssa Freitas, T15 AASD

    Daniel Sampaio, T14 Frmula ITA

    Rafael Macedo, T13

    Pedro Teruel, T15 Atltica

    Lara Diniz, T14

    Mrcio Ramos, T15 RedeCASD

    Renato Sanabria, T15 eITA

    Pedro Pacheco, T14 Encontro Musical 2012

    DepCult

    Tarcsio Gripp, T14 ITAndroids

    Colaboradores

  • Voc j ouviu falar do Baile do Tesouro? Ou do Tribunal Arata-

    ca? Trata-se de tradies iteanas

    que, por um motivo ou outro, aca-

    baram ficando no passado. Eu fico

    imaginando se enquanto essas tra-

    dies perdiam fora havia algum

    lutando para reergu-las, ou se elas

    simplesmente perderam seu senti-

    do de ser e foram largadas pelo H8

    da poca. Porque, com respeito a

    tradies, elas s valem ser perpe-

    tuadas enquanto seus propsitos

    so claros e vivos dentro da comu-

    nidade onde existem.

    No contexto atual do H8, a

    tradio mais fcil de lembrar so

    as famosas atividades de integra-

    o. A cada ano h discusses sobre

    a forma como elas so realizadas e

    se elas so sequer necessrias para

    transmitir os valores iteanos. H os

    radicais que as defendem a qual-

    quer custo, e os radicais que as des-

    prezam em qualquer situao. H

    os que desprezam todas as tradi-

    es, mas isso no chega a ser um

    problema. O problema ocorre

    quando a maioria de ns se torna

    indiferente a uma tradio e a dei-

    xa desaparecer sem notar sua im-

    portncia.

    Isso quase aconteceu com

    as Olimpadas Internas. O evento

    foi perdendo fora na comunidade

    num perodo em que a Atltica an-

    dava mal das pernas. Porm, a ini-

    ciativa retomou o flego e organi-

    zou uma excelente OI neste ano.

    Outra iniciativa que mandou bem

    foi o DepCult: realizou o Encontro

    Musical (a capa desta edio) no

    prprio H8, evitando transtornos e

    superando as expectativas. O que a

    Atltica e o DepCult nos mostra-

    ram que h tradies pelas quais

    sempre vale a pena lutar.

    Carta ao leitor

    3

    Pgina do leitor

    Parabns a todos que

    participaram da

    preparao da revista,

    ficou muito show!

    Alisson Felipe

    (Markito, T14)

    E-mail do leitor

    A edio passada teve como matria de capa uma anlise dos pensamentos econmicos

    da Escola Austraca

    Eu fico impressionado

    com o profissionalismo

    e a qualidade da revista.

    Parabns mesmo a

    todos os envolvidos.

    espetacular.

    Agnaldo Cunha (T15)

    Parabns s iniciativas

    tcnicas. Esto mandando

    bem pra caramba pelo

    visto.

    Homero Esmeraldo

    (T12)

    O Olaf cravou no texto dele, como diria o Paquita. Bom mesmo! Os Tartarugas tiraram o gosto amargo de alguns textos da

    ltima edio e melhoraram bastante o foco! Bom, tem o cara da mi-

    nha turma que jogou gasolina na fogueira no ltimo texto e vai ser

    linchado em pouco tempo, mas achei bacana o texto dele. Acho que

    desprovida de emoo, sem a influncia dos egos inchados e no v-

    cuo a discusso nesse sentido muito saudvel.

    Os outros textos tambm esto bem informativos e bem es-

    critos. O do Tain, na verdade, que no deu pra entender o objetivo

    dele. Ele vai e volta e volta de novo. Mas tambm acho que muito

    vlido discutir altrusmo e hipocrisia no H8, ento a bola foi bem

    levantada algumas vezes nessa edio.

    Em relao ao que falaram vrias vezes sobre as iniciativas,

    inrcia, altruismo, progresso etc, tenho visto uma boa movimentao

    dos bixos em relao a fazer coisas significativas no H8, estou muito

    contente! No precisa fundar a Tecsis pra fazer a diferena.

    Mauricio Moraes (Cobaia, T12)

    Bixaral, meus parabns pelo esforo e dedicao

    na elaborao deste

    excelente trabalho!!!

    Guilherme Queiroz

    (Jesus, T09)

  • Incentivo s Olimpadas

    Iniciativas: Casdinho

    4

    adquirem gosto pelos estudos,

    desenvolvendo habilidades e

    despertando interesses e, ainda,

    aproveitam as oportunidades

    que surgem de seu xito.

    Dessa forma, foram

    agregadas s agendas dos alunos

    do Casdinho aulas preparatrias

    para as Olimpadas, nas quais

    tambm se estimula o trabalho

    em grupo e a unio entre os

    Um dos sonhos do

    Casdinho promover a cultura

    da educao como fator de

    mudana social nas escolas de

    So Jos dos Campos. E foi

    pensando nisso que o Casdinho

    realizou palestras motivacionais

    e de incentivo s Olimpadas do

    Conhecimento. Elas so, para

    ns, um meio e um fim: atravs

    das Olimpadas, os alunos

    Neste ano estamos em

    nosso terceiro ano de existncia.

    E, embora to novos, j car-

    regamos em nossa bagagem

    muitas boas experincias. Expe-

    rincias que nos fizeram crescer

    e perceber que temos muito a

    melhorar e muito mais impacto

    a causar. O curso continua gra-

    as ao trabalho e esforo que

    cada membro e professor dedica

    a este empreendimento. A

    educao a motivao

    fundamental que renova os

    nimos a cada dia de trabalho,

    pois ela um instinto inerente

    ao homem, uma necessidade de

    saber, um requisito que

    identifica o ser humano.

    a partir desta motivao

    que todos trabalham arduamen-

    te, um estmulo que alimenta o

    Casdinho e o faz crescer. Repas-

    sar esse ideal e estimular desde

    cedo jovens com grande poten-

    cial sero sempre a meta

    primordial do Casdinho. Deseja-

    mos, portanto, continuar em

    2012 nosso esforo consciente e trabalho persistente para

    fazermos os adolescentes desta

    cidade se encantarem com os

    estudos!

    Expectativa 2012

    prprios alunos. Assim, feita

    uma forte preparao tanto para

    a prova da Embraer quanto para

    as provas de Olimpadas deste

    ano. E no final, esperamos no

    somente uma aprovao em

    uma escola de ensino mdio de

    qualidade, mas tambm um

    conjunto de medalhas olmpicas

    de alunos conscientes da

    importncia dos estudos.

    Casdinho faz apresentaes em escolas pblicas para incentivar a participao de crianas e adolescentes em Olimpadas do Conhecimento

    Alunos em preparao para o Exame de Admisso do Colgio Embraer

  • ramentas para atingir sucesso

    profissional.

    De pouco valeria perse-

    guir esse sonho, porm, se o

    descuidado logo inutilizasse os

    esforos. Por isso, contamos

    com a conscincia de toda o H8

    para preservar esse bem. Trata

    -se de um sinal de gratido em

    relao contribuio feita pe-

    los nosso veteranos e respeito

    por todos aqueles que se dedi-

    caram para realizar a reforma.

    Depois de pronta a obra, pode

    parecer ter sido fcil reformar

    a quadra, mas no foi assim to

    fcil para quem teve de correr

    atrs de mestre de obras, com-

    prar tabela de basquete, postes

    de vlei, holofotes, redes de

    gol.

    Falando em gratido,

    Para ns estudantes, jo-

    vens com vinte e poucos anos

    de idade, esta uma cena ines-

    perada, at difcil de imaginar:

    encontrar a prpria turma de

    faculdade, 27 anos dep