5 - A ASTROLOGIA DA MÃE-TERRA - Astrologia da Mãe-Terra . Marcia Starck A Astrologia da Mãe-Terra

Embed Size (px)

Text of 5 - A ASTROLOGIA DA MÃE-TERRA - Astrologia da Mãe-Terra . Marcia Starck A Astrologia da Mãe-Terra

A Astrologia da Me-Terra

Marcia Starck

A Astrologia da Me-Terra

Traduo: HARRY MEREDIG

Ttulo do original: Earth Mother Astrology Ancient Healing Wisdom

Copyright @ 1989 by Marcia Starck Publicado por Llewellyn Publications.

Este livro dedicado a trs grandes Mes da Terra: minha av Rose Kaplan e minha querida amiga Frida Waterhouse, que j passaram para outro plano, e minha me Helen Cantor.

Edio 1-2-3-4-5-6-7-8-9

Ano 94-95-96-97-98-99

Direitos de traduo para a lngua portuguesa adquiridos com exclusividade pela EDITORA PENSAMENTO LTDA.

Rua Dr. Mrio Vicente, 374 - 04270-000 So Paulo, SP Fone: 272-1399 que se reserva a propriedade literria desta traduo.

Impresso em nossas oficinas grficas.

AGRADECIMENTOS

Agradeo a todos os meus amigos, que me inspiraram com seu conhecimento e sabedoria ao escrever este livro.

Agradeo especialmente a Richard e Patricia Katz, da Sociedade de Essncia Floral, de Nevada City, pelo seu conselho na edio do captulo sobre essncias florais; a Kathi Keville, uma maravilhosa herborista e amiga, pela sua ajuda no captulo das ervas; a lawrence "White Elk" Loving, por me levar s profundezas do misterioso reino dos cristais; a Gynne Stern, pela sua amizade, seu apoio e aconselhamento editorial; a Cari Weschcke, Nancy Mostad, Kathy Halgren, Terry Buske, e equipe da Llewellyn, pela sua orientao e ajuda; e linda Sierra Nevada, que manteve a minha viso durante grande parte do tempo da composio deste livro.

Sumrio

Prefcio .............................................................................................................6 Introduo .........................................................................................................8 No comeo elementos, qualidades, planetas, signos e casas......................... 11 Regncia planetria sobre vitaminas e minerais ............................................. 27 Ervas e signos astrolgicos ............................................................................. 38 Planetas e signos e o seu relacionamento com a msica e a cor ..................... 50 A cura planetria com cristais e pedras preciosas ...........................................59 Os remdios florais e os signos astrolgicos ................................................... 70 Aromaterapia e as correspondncias planetrias ............................................. 84 Rituais de unificao para luas cheias, equincios e solstcios ....................... 95 Casos verdicos usando as tcnicas da Me-Terra ........................................ 109 Apndices ......................................................................................................119 Bibliografia ...................................................................................................121 Capa - Contra-capa A Autora A Artista

Prefcio

Ilustraes da "Srie da Deusa", de Rohmana Harris, usadas neste livro:

A Me Exttica: Ar e ter A Grande Me: gua e Terra A Me Guerreira: Fogo e Terra A Musa do Encantamento: Terra e Ar

Ao ingressar na dcada de 90, reconhecemos a condio crtica em que a Terra se encontra. A maior parte dos nossos recursos naturais foi exaurida, muitas espcies de animais e pssaros j esto extintas; os padres climticos do globo se alteraram tanto, que tremendas secas assolam alguns pases, arrunam colheitas e provocam fome e desabrigo. Outros pases passam por inundaes violentas, devidas em parte aos grandes esquemas de desmatamento. Com a destruio das florestas tropicais, h menos oxignio disponvel no planeta, o que provoca o "efeito estufa", ou o aquecimento da superfcie terrestre. Ao compreender a hiptese de Gaia, que postula ser a Terra um organismo vivo que respira, sente e sofre a dizimao, a pilhagem e a violao do seu ser, ficamos sabendo que ela tambm reage atravs de inundaes, de erupes vulcnicas e de terremotos, os quais destroem ainda mais a face do planeta que amamos e no qual moramos.

Paralelamente ao desenvolvimento da hiptese de Gaia, est acontecendo o ressurgimento da antiga religio da Deusa, com uma forte cultura matriarcal que antecedeu a atual sociedade patriarcal e seu conceito de uma divindade masculina. Tem-se dado nfase ao retorno da acalentadora energia feminina a fim de equilibrar a agressiva energia masculina que tem dominado o nosso planeta. O conceito de cura e equilbrio da Me-Terra est atualmente arraigado na nossa psique e tem dado origem a uma onda de movimentos ecolgicos, de atividades de conscientizao sobre a Terra, e de interesse por culturas nativas que se desenvolvem em harmonia com o solo.

Para compreender essas novas energias no planeta, recorremos, com freqncia, astrologia, que nos proporciona informaes sobre os ciclos planetrios, revelando como eles se manifestaram historicamente medida que prognosticam para o futuro do planeta e da humanidade, medida que continuamos em nossa espiral evolucionria.

A Convergncia Harmnica, de 15-16 de agosto de 1987, serviu de

exemplo de como os alinhamentos planetrios se sincronizaram com o calendrio dos Maias e, particularmente, com as profecias dos Hopi, com muita sabedoria esotrica antiga. Nessa ocasio, sete planetas estavam sob os signos do fogo, simbolizando tanto os aspectos purificadores como os aspectos destruidores dos tempos que estavam se aproximando. Em 1988, tivemos a conjuno Saturno-Urano - um ciclo de 45 anos - trazendo nova energia e nova conscincia Terra. Saturno e Urano conjugaram-se trs vezes em Sagitrio, como primeiro alinhamento a poucos minutos do primeiro grau de Capricrnio; este um signo da terra e um signo cardeal. O primeiro grau dos signos cardeais, os quais esto associados aos equincios e solstcios e ao incio de cada estao, implica comeos totalmente novos. A conjuno anterior de Saturno-Urano ocorreu em Touro, igualmente um signo da terra; foi em princpios de 1940.

Em 1989, verificamos uma conjuno de Saturno com Netuno, tambm em Capricrnio. Enquanto Saturno representa estrutura e ordem, Netuno significa a dissoluo ou a desmaterializao da estrutura e da ordem, substituindo-as por uma vibrao energtica mais elevada. Com Netuno em Capricrnio tornamo-nos missionrios, a fim de espiritualizar a Terra e faz-la voltar a um estado de harmonia e equilbrio. Em 1989, igualmente, o planeta Pluto, o mais afastado no sistema solar, atinge o seu perilio, o seu ponto mais aproximado do Sol (e tambm da Terra), no seu ciclo de 284 anos. Pluto simboliza a morte, a destruio, a elevao da superfcie do globo, a atividade vulcnica; simboliza tambm a transformao, a limpeza e o renascimento. No seria essa a ocasio pra curar a Me-Terra, para regenerar e renovar as energias terrenas, e para o renascimento consciente da Astrologia da Me-Terra?

O que a Astrologia da Me-Terra? A Astrologia da Me-Terra baseada no equilbrio da energia entre a

Terra e o cu, entre a me e o pai, entre o feminino e o masculino. A Astrologia da Me-Terra relaciona-se com o Casamento Sagrado ou "Hierogamos", o equilbrio que tentamos alcanar com a polaridade masculino/feminina, a fim de harmonizar as energias no nosso interior. O casamento sagrado foi o ramo de conhecimento dos mistrios eleusinos da Grcia clssica, no qual Demter, a Me-Terra, se uniu a Zeus, o Pai Celestial. O produto dessa unio era simbolizado, nos rituais, por uma espiga de cereal, simbolizando a fertilidade da terra.

Esse casamento sagrado existe em trs nveis: est em cada um de ns, quando procuramos equilibrar nossos aspectos masculino e feminino; existe na sociedade, quando homens e mulheres trabalham em conjunto para criar harmonia e paz; e existe tambm no nvel csmico, no equilbrio entre a Me-Terra e o Pai Celestial. Quando esses trs nveis estiverem em harmonia, estaremos sintonizados com a lei natural. O modo de cuidarmos da Terra est em sintonia com o modo de cuidarmos dos nossos prprios veculos fsicos - os corpos no plano terrestre.

Para trabalhar no planeta Terra, cada um de ns escolheu um corpo fsico e a responsabilidade de alimentar esse veculo e de cuidar dele. Se cada um aceitar essa responsabilidade, iremos nos conciliar com a cura da Me-Terra e com o Pai Celestial e, por conseqncia, com o planeta inteiro.

Uma vez que o nosso veculo Pico influenciado pelos nossos corpos emocional e mental, necessitamos de muito instrumento para nos ajudar a manter o equilbrio. Alguns provm do reino vegetal: alimentos, ervas, remdios florais, aromas; outros so derivados do reino mineral: cristais e pedras preciosas; outros ainda so desenvolvidos atravs do cultivo de nossos sentidos, tais como o som e a cor.

Uma das maneiras de determinar quais desses instrumentos so neces-srios nos vrios perodos da nossa vida atravs do estudo do nosso mapa astrolgico ou horscopo natal, e das progresses e trnsitos em curso, que determinam os ciclos nos quais nos encontramos. Cada um de ns um ser nico, com o prprio campo energtico. Cada qual nasceu num determinado dia, numa certa hora, numa cidade e num pas especficos. As configuraes nos cus, nesse dia, nessa hora e nesse lugar, so smbolos das energias que

escolhemos para trabalhar durante nossa vida, e respondem por nossos traos de personalidade, nossas foras, fraquezas e sensibilidades tsicas.

Assim como cada ser humano regido por essas configuraes plane-trias, assim tambm o o reino vegetal. As plantas vicejam em certas estaes e definham e morrem em outras ocasies. A colheita de determinadas ervas efetuada em certas pocas do ano, e em momentos especficos do dia. Uma erva influenciada pelas energias planetrias, exatamente como ns; desse modo, algumas plantas e ervas constituem bons remdios para vrios indivduos. Isso tambm se aplica aos cristais e s pedras preciosas que se formam no interior da terra: so igualmente influenciados pelas vibraes pla