Visão Geral 2017 fevereiro

  • View
    817

  • Download
    1

Embed Size (px)

Text of Visão Geral 2017 fevereiro

  1. 1. __ Petrobras Viso Geral Fevereiro, 2017
  2. 2. PLANO ESTRATGICO PLANO DE NEGCIOS E GESTO 2017- 2021 Fevereiro 2017
  3. 3. 3 Avisos Estas apresentaes podem conter previses acerca de eventos futuros. Tais previses refletem apenas expectativas dos administradores da Companhia sobre condies futuras da economia, alm do setor de atuao, do desempenho e dos resultados financeiros da Companhia, dentre outros. Os termos antecipa", "acredita", "espera", "prev", "pretende", "planeja", "projeta", "objetiva", "dever", bem como outros termos similares, visam a identificar tais previses, as quais, evidentemente, envolvem riscos e incertezas previstos ou no pela Companhia e, consequentemente, no so garantias de resultados futuros da Companhia. Portanto, os resultados futuros das operaes da Companhia podem diferir das atuais expectativas, e o leitor no deve se basear exclusivamente nas informaes aqui contidas. A Companhia no se obriga a atualizar as apresentaes e previses luz de novas informaes ou de seus desdobramentos futuros. Os valores informados para 2016 em diante so estimativas ou metas. A SEC somente permite que as companhias de leo e gs incluam em seus relatrios arquivados reservas provadas que a Companhia tenha comprovado por produo ou testes de formao conclusivos que sejam viveis econmica e legalmente nas condies econmicas e operacionais vigentes. Utilizamos alguns termos nesta apresentao, tais como descobertas, que as orientaes da SEC nos probem de usar em nossos relatrios arquivados. Aviso aos Investidores Norte-Americanos: Adicionalmente, esta apresentao contm alguns indicadores financeiros que no so reconhecidos pelo BR GAAP ou IFRS. Esses indicadores no possuem significados padronizados e podem no ser comparveis a indicadores com descrio similar utilizados por outras companhias. Ns fornecemos estes indicadores porque os utilizamos como medidas de performance da companhia; eles no devem ser considerados de forma isolada ou como substituto para outras mtricas financeiras que tenham sido divulgadas em acordo com o BR GAAP ou IFRS.
  4. 4. NOSSA VISO Uma empresa integrada de energia com foco em leo e gs que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade tcnica nica Uma empresa integrada de energia com foco em leo e gs que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade tcnica nica Uma empresa integrada de energia com foco em leo e gs que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade tcnica nica Uma empresa integrada de energia com foco em leo e gs que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade tcnica nica Uma empresa integrada de energia com foco em leo e gs que evolui com a sociedade, gera alto valor e tem capacidade tcnica nica 4
  5. 5. NOSSOS VALORES tica e transparncia Orientao ao mercado ResultadosSuperao e confiana 5 Respeito vida, s pessoas e ao meio ambiente
  6. 6. Principais mtricas do Plano Estratgico (PE) e do Plano de Negcios e Gesto (PNG) SEGURANA FINANCEIRA Reduo de 36%da Taxa de Acidentados Registrveis (TAR*) Reduo da ALAVANCAGEM Dvida Lquida/EBITDA * TAR = Taxa de Acidentados Registrveis por milho de homens-hora PARA 2,5 at 2018 DE 5,3 em 2015 PARA 1,4 em 2018 DE 2,2 em 2015 6
  7. 7. Destaques do Plano 2mtricas principais orientam a estratgia Instrumento unificado Novo sistema de gesto com metas at superviso Disciplina na execuo: acompanhamento sistemtico de metas e correo de desvios Novas ferramentas para gesto de custos Meritocracia (PE e PNG) 7 Envolvimentode toda a liderana
  8. 8. EVOLUO 8
  9. 9. Principais variveis do cenrio de referncia 48 Preos do Brent (US$/bbl - ano-base 2016) Taxa de cmbio nominal (R$/US$) 56 68 71 0 40 80 120 2016 2017 2018 2019 2020 2021 Fonte: Petrobras/Estratgia; IHS, PIRA, AIE, Boletim Focus Faixa dos previsores (IHS, PIRA e AIE) 71 45 3,48 3,55 3,71 3,72 3,74 3,78 2,20 2,70 3,20 3,70 4,20 4,70 2016 2017 2018 2019 2020 2021 Intervalo Focus Petrobras 9 Petrobras
  10. 10. Mercado brasileiro de derivados volta a crescer 10 0 500 1000 1500 2000 2500 2017 2021 917 997 529 476 863 956 Mercado brasileiro de derivados (milhes bpd) Diesel OutrosGasolina 2,3 2,4 +5,2%
  11. 11. Reduo de custos 142 126 PNG 2015-2019 Estimativa 2017-2021 PNG 2017-2021 -18% 53% 37% 10% E&P RGN Demais reas Gastos operacionais gerenciveis* (US$ bilhes) 11 153 * Gastos operacionais gerenciveis (GOG): custos de extrao, refino, logstica, distribuio, overhead, entre outros
  12. 12. Parcerias e desinvestimentos 2015-2016 2017-2018 19,5 15,1 Valor em US$ bilhes 12 Benefcios das parcerias Compartilhamento de riscos Desonerao de investimentos Aumento da capacidade de investimento na cadeia Intercmbio tecnolgico Fortalecimento da governana corporativa O programa de parcerias e desinvestimentos da Petrobras alavanca investimentos adicionais que podem superar US$ 40 bilhes* nos prximos 10 anos. *No considera investimentos de fornecedores no aumento da capacidade produtiva
  13. 13. Volume de investimentos prprios 13 Capex 2017 US$ 19,2 bilhes 0,00 10,00 20,00 30,00 40,00 50,00 60,00 70,00 80,00 90,00 100,00 PNG 2015-2019 (reviso JAN 2016) PNG 2017-2021 81% 82% 17% 17% 2% 1% Comparativo de investimentos totais (US$ bilhes) Explorao e Produo (E&P) Demais reasRefino e Gs Natural (RGN) 98,4 74,1 -25%
  14. 14. 72iniciativas Grandes temas das iniciativas 21estratgias Implantao do Oramento Base Zero Fortalecimento dos Controles Internos Gesto de desempenho baseada em meritocracia Fortalecimento da cultura de segurana Melhoria do processo decisrio Reforo preveno contra a corrupo Aprimoramento da gesto de riscos 14
  15. 15. EXPLORAO & PRODUO 15
  16. 16. Pr-sal Ps-sal 34% 66% Desenvolvimento de produo + explorao Total E&P US$ 60,6 bilhes Concesso Cesso Onerosa Partilha (Libra) Investimentos planejados em explorao e produo Suporte Operacional Explorao 13% 11% 76% Desenvolvimento da produoExplorao Suporte operacional 16
  17. 17. 17 Maior produtividade dos poos das concesses Experincia adquirida na construo de poos Menos poos para atingir a mxima capacidade da plataforma Construo cerca de 3 vezes mais rpida Menor tempo de construo dos poos nas concesses 2016 2010 26 20 2016 2010 6 8 Poos produtoresMbpd/poo At 2016 At 2010 124 3 Poos construdos (perfurados + completados) 2016 2010 89 310 Dias de construo por poo Ganhos de eficincia: experincia no polo Pr-sal da Bacia de Santos Produtividade 30% maior 25% menos poos 204 poos perfurados Menor necessidade de Capex para uma mesma produo
  18. 18. Campo de Lula: construo e interligao de poos mais rpida 2010 2016 60% reduo no tempo de construo e interligao de poos 6 unidades Angra dos Reis Paraty Itagua Mangaratiba Maric Saquarema 1 unidade Angra dos Reis 18
  19. 19. Aumento da participao do Pr-sal na carteira, que tem menor custo de extrao Ganhos com renegociaes contratuais Gesto de ociosidade de sondas Otimizao da frota de embarcaes de apoio logstico Reduo de gastos com pessoal Custo de extrao (US$/boe) 0 2 4 6 8 10 12 14 16 2014 2015 2016 2017-2021* 14,6 12 11 9,6 Reduo de custos operacionais 19 * Mdia do perodo
  20. 20. 0 250 500 750 1000 1250 1500 1750 2000 2001 2003 2005 2007 2009 2011 2013 2015 2017 2019 2021 Produo de leo na Bacia de Campos (Mbbl/d) Declnio estvel, em torno de 9%* Oportunidades na Bacia de Campos nfase em parcerias estratgicas para aumentar o potencial de produo Extenso de concesses Revitalizao de Marlim Bacia de Campos *Abaixo da mdia da indstria para guas profundas (12%) 20
  21. 21. 21 Produo da Petrobras 0 1 2 3 4 2017 2021 Produo leo, LGN e Gs leo + LGN Brasil leo + Gs Exterior 2,52 3,34 2,07 2,77 Gs Natural Brasil 2,62 3,41 Produo de leo, LGN e gs (milhes de boed)
  22. 22. Entrada das unidades de produo 2017 2018 2019 2020 2021 LEGENDA CONCESSO PARTILHA CESSO ONEROSA TARTARUGA VERDE E MESTIA LULA NORTE LULA SUL TLD DE LIBRA BZIOS 2 BZIOS 1 BZIOS 3 BZIOS 4 BZIOS 5 PILOTO LIBRA REVIT. DE MARLIM MD. 1 REVIT. DE MARLIM MD. 2 LIBRA 2 NW ITAPU INTEGRADOPARQUE DASBALEIAS 22 BERBIGO LULA EXT. SUL ATAPU 1 SPIA
  23. 23. REFINO & GS NATURAL 23
  24. 24. 33% 25% 11% 24% 7% RTC - Continuidade operacional RTC - Investimento de capital G&E - Continuidade operacional G&E - Investimento de capital Outros (Petrobras Distribuidora, PBIO e P&D) Total RGN U$S 12,4 bilhes Investimentos planejados em Refino e Gs Natural (RGN) 24 RTC: Refino, Transporte e Comercializao; G&E: Gs & Energia; PBIO: PetrobrasBiocombustvel; P&D: Pesquisa & Desenvolvimento.
  25. 25. 2014 2015 2016 2017-2021 0,49 0,37 0,31 0,29 Integrao das atividades comuns e interdependentes entre as refinarias. Utilizao dos recursos de apoio de forma otimizada Otimizao do consumo de energia, catalisadores e qumicos Otimizao de gastos de manuteno Reduo de custos operacionais Custo de Refino (US$ mil/UEDC1) 25 1 Unidade Equivalente de Capacidade de Destilao; 2 Mdia do perodo 2
  26. 26. Principais projetos Em busca de parceria 100 kbpd 130 kbpd Unidade SNOX (em contratao) 1 conjunto de refino (Trem I) 2 conjunto de refino (Trem II) RNEST (Abreu e Lima) COMPERJ Em busca de parceria Em conclusoUPGN Refinaria 26 Ampliao da UTGCA em estudo Rota 1 Escoamento Pr-sal Gasoduto e UPGN em implantao Rota 3 SNOX: Unidade de Abatimento de Emisses; UPGN: Unidade de Processamento de Gs Natural; UTGCA: Unidade de Tratamento de Gs Monteiro Lobato. 26
  27. 27. Reduo de custos com pessoal empregados j se desligaram, dos quais 2.470 j no PIDV 2016 9.670 empregados previstos para desligamento at meados de 2017, dos quais 400 do PIDV 2014 9.270 27 Reduo de empregados prprios (Planos de Incentivo ao Desligamento Voluntrio 2014-2016) Reduo dos prestadores de servios 114.000 desligaram-se desde dezembro de 2014* * Prestadores de servios de obras e montagens, administrativos, de opera